Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20275
Título: Argumentação em foco: a perspectiva de avaliação do ENEM
Autor(es): Cortez, Joilza Xavier
Palavras-chave: Argumentação;Avaliação;ENEM
Data do documento: 21-Ago-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: CORTEZ, Joilza Xavier. Argumentação em foco: a perspectiva de avaliação do ENEM. 2015. 83f. Dissertação (Mestrado em Estudos da Linguagem) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: Nowadays ENEM is the main large-scale evaluation instrument of Brazilian education. Universities also often use it in order to select their candidates. Reading exam seeks to evaluate student’s capacity of producing argumentative and dissertation prose writing about a social, scientific, cultural or political theme. This paper is located in this context: we want to discuss the evaluation of ENEM’s Writing Exam argumentation. Our startpoint is presuppose that the capacity to develop a well-argued text evaluation goes through several specific skills, which cover different aspects of what is understood about argumentation process. Therefore, considering argumentation as an object of different theoretical approaches and covers different concepts, we intend to verify not only the approaches, but also subjacent concepts and how they were converted into skills and competences established on the ENEM Writing Exam’s matrix of correction. With regard to the nature, it is a theoretical paper, in other words, we intend to offer only a discussion about the theme, not necessarily offering a practical application. Concerning to the goals, it has an exploratory character as we intend to offer a problem treatment, in order to make it more explicit and them construct some hypotheses. In these terms, we surveyed some theoretical approaches about argumentation and presented three conceptions: rhetorical argumentation, textual argumentation and linguistics argumentation. At next, we analyzed the participant’s guide (ENEM’s 2013 Writing Exam ) and how each one of these conceptions are mobilized in the writing evaluation, beginning from how they are considered on the description of competences and skills up to used on correction. This analysis shows that is not assumed a very well established theoretical base, which can contribute to a certain fragility on the Writing Exam evaluation process.
metadata.dc.description.resumo: O ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) é, atualmente, um dos principais instrumentos de avaliação em larga escala da educação brasileira. É também bastante utilizado pelas universidades para selecionar os estudantes às vagas de cursos superiores. A prova de redação do ENEM tem como objetivo avaliar a capacidade do estudante de produzir um texto em prosa do tipo dissertativo-argumentativo sobre um tema de natureza social, científica, cultural ou política. Este trabalho se situa nesse contexto: queremos discutir a avaliação da argumentação na prova de redação do ENEM. Partimos do pressupondo de que a avaliação da capacidade de desenvolver um texto bem argumentado passa por uma série de habilidades específicas que recobrem diferentes aspectos do que se entende por processo de argumentação. Considerando, portanto, que a argumentação é objeto de diferentes abordagens teóricas e pode recobrir diferentes conceitos, nosso objetivo é verificar quais são as abordagens e os conceitos subjacentes e como são mobilizados nas competências e habilidades da matriz de correção da prova de redação do ENEM. Quanto a sua natureza, trata-se um trabalho teórico, ou seja, pretendemos oferecer apenas uma discussão acerca do tema, sem necessariamente oferecer aplicação prática. Quanto aos objetivos, o trabalho tem caráter exploratório já que pretendemos oferecer um tratamento do problema, com vistas a torná-lo mais explícito e assim construir algumas hipóteses. Nesse sentido, realizamos um levantamento de algumas abordagens teóricas sobre a argumentação e constamos três concepções: argumentação retórica, argumentação textual, argumentação linguística. Em seguida, analisamos no Guia do Participante (A redação do ENEM-2013) como cada uma dessas concepções é mobilizada na avaliação da redação a partir da forma como são consideradas na descrição das competências e habilidades a serem corrigidas. Essa análise nos mostrou que não se assume nessas competências e habilidades um viés teórico balizador bem situado, o que pode contribuir para uma certa fragilidade do processo de avaliação da redação.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20275
Aparece nas coleções:PPGEL - Mestrado em Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JoilzaXavierCortez_DISSERT.pdf560,6 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.