Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20295
Título: Aplicação de nanoemulsão ácida em acidificação de poços de petróleo
Título(s) alternativo(s): Acid nanoemulsions applied in oilwell acidizing
Autor(es): Sousa, Talles Nóbrega
Palavras-chave: Acidificação;Dano à formação;Wormholes;Nanoemulsão
Data do documento: 29-Mai-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SOUSA, Talles Nóbrega. Aplicação de nanoemulsão ácida em acidificação de poços de petróleo. 2015. 95f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
metadata.dc.description.resumo: A constante busca da indústria de petróleo pelo aumento de produção à um baixo custo operacional faz necessário o desenvolvimento de tecnologias que una as duas necessidades. A Acidificação de matriz é um método de estimulação frequentemente empregado para aumentar produção de um poço de petróleo com um custo menor se comparado a um fraturamento. O objetivo deste trabalho é estudar a obtenção de nanoemulsões ácidas para aplicação em acidificação de matriz. As nanoemulsões são capazes de retardar reações, por diminuir a difusão do ácido no meio, possibilitando a acidificação em reservatórios com baixa permeabilidade. Os reagentes utilizados para formar os sistemas nanoemulsionados foram UNT L90/OMS e RNX 110 como tensoativos, Sec-butanol como cotensoativo, Xileno e Querosene como fase óleo e Solução de HCl como fase aquosa. As nanoemulsões foram obtidas a partir da diluição de microemulsões com água ou solução de HCl. Foi realizado estudo das tensões superficiais, estudo das cinéticas de reação, avaliação da injeção em rocha carbonática e remoção de borra asfáltica. As nanoemulsões apresentaram tensão superficial menor que suas microemulsões de origem. As nanoemulsões tiveram êxito em retardar a reação entre CaCO3 e HCl, onde o sistema mais eficiente é composto por UNT L90/OMS, Secbutanol, Querosene e solução de HCl. As nanoemulsões foram eficientes em formar wormholes em plugs de carbonato calcitico com baixa permeabilidade natural. As wormholes proporcionaram incremento de permeabilidade alcançando valores de até 390 mD. O sistema ácido apresentou bom resultado de remoção de borra asfáltica, mostrando o potencial das nanoemulsões em remover esse tipo de dano. Conclui-se que os sistemas nanoemulsionados têm grande potencial de aplicação em acidificação de matriz.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20295
Aparece nas coleções:PPGEQ - Mestrado em Engenharia Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TallesNobregaSousa_DISSERT.pdf16,2 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.