Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20433
Título: Estudo da sinterização de resíduo odontológico microparticulado do sistema cerâmico ZrO2-Y2O3
Autor(es): Silva, Larissa Bezerra da
Palavras-chave: Zircônia;Resíduo;Uniaxial;Isostática;Resistência mecânica;Sinterização
Data do documento: 22-Ago-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SILVA, Larissa Bezerra da. Estudo da sinterização de resíduo odontológico microparticulado do sistema cerâmico ZrO2-Y2O3. 2014. 90f. Dissertação (Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: The actual use of natural resources on accelerated economic growth, resulting in continuous increase of industrial waste, and to remove these residues, a recycling process is preferably na attractive solution. During the machining of blocks of zirconia to several types of dental implants, most of the material is loosened as a powder, which is subsequently discarded. The stabilized tetragonal zirconia with 3% yttria (Y-TZP) mol boasts a variety of applications in engineering, and biomedical, because of its great combination of strength, fracture toughness, ionic conductivity and low thermal conductivity. Besides the damage to the environment wasting of the material resulting in financial loss, reflecting the high final cost of medical treatment for patients. The starting materials used in this work were two different powders ZrO3-Y2O3ceramic system: commercial zirconia nanoparticulate and microparticulate zircônia residue. The powder was uniaxially and isostatically pressed and then sintered at 1500, 1550 and 1600 ° C for 1 hour. The techniques of laser granulometry, X-ray diffraction (XRD) and dilatometry were used for powder characterization. After sintering were performed density and porosity tests, X-ray diffraction (XRD), Flexural strength, microhardness and fracture toughness analysis, and scanning electron microscopy (SEM). Samples compacted via isostatic pressing showed values less than 0.78% porosity and demonstrated greater effectiveness compared to uniaxial compression. Was observed in X-ray diffra ction, that with increasing temperature, the intensity of the peaks of monoclinic phase is decreased. The sintering temperature moderately has influenced on the microhardness of samples, showing small increases in hardness to temperature of 1600 ° C. The flexural strength of zirconia residue increases with increasing sintering temperature for both routes of compression, showing the best values for isostatic compression.
metadata.dc.description.resumo: A efetiva utilização dos recursos naturais diante o acelerado crescimento econômico resulta no aumento contínuo de resíduos industriais, e para suprimir estes resíduos, um processo de reciclagem é de preferência uma solução atraente. Durante a usinagem dos blocos de zircônia para diversos tipos de implantes odontológicos, grande parte do material é desprendida na forma de pó, que posteriormente é descartado. A zircônia tetragonal estabilizada com 3% em mol de ítria (Y-TZP) possui uma variedade de aplicações na área de engenharia e biomédica devido à sua ótima combinação de resistência, tenacidade à fratura, condutividade iônica e baixa condutividade térmica. Além do dano para o meio ambiente, o desperdício deste material resulta em prejuízo financeiro, refletindo em elevado custo final no tratamento para os pacientes. Os materiais de partida utilizados neste trabalho foram dois diferentes pós do sistema cerâmico ZrO3-Y2O3: zircônia comercial nanoparticulada e resíduo de zircônia microparticulado. Os pós foram conformados por prensagem uniaxial e isostática e em seguida sinterizadas a 1500, 1550 e 1600 °C, durante 1 hora. As técnicas de granulometria a laser, difração de raios X (DRX), e dilatometria foram utilizadas para caracterização do pó. Após sinterizados, foram realizados ensaios de densidade e porosidade, difração de raios X (DRX), resistência mecânica à flexão, microdureza Vickers e análise de tenacidade à fratura, e microscopia eletrônica de varredura (MEV). As amostras compactadas via prensagem isostática apresentaram valores de porosidade inferiores a 0,78% e demostraram maior efetividade de compactação comparada à via uniaxial. Foi observado nos difratogramas de raios X, com o aumento da temperatura, a intensidade dos picos da fase monoclínica diminuiu. A temperatura de sinterização influenciou de forma moderada a microdureza das amostras, demostrando pequenos acréscimos da dureza até a temperatura de 1600°C. A resistência à flexão do resíduo de zircônia aumenta com o aumento da temperatura de sinterização, para ambas as vias de compactação, apresentando melhores valores por via isostática.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20433
Aparece nas coleções:PPGCEM - Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LarissaBezerraDaSilva_DISSERT.pdf3,59 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.