Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20435
Título: Nanopartículas de prata conjugadas com hiclato de doxiciclina: síntese, caracterização e avaliação da atividade antimicrobiana contra Escherichia coli
Autor(es): Silva, Heloiza Fernanda Oliveira da
Palavras-chave: Nanopartículas de prata;Hiclato de doxiciclina;Efeito antimicrobiano
Data do documento: 20-Jul-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SILVA, Heloiza Fernanda Oliveira da. Nanopartículas de prata conjugadas com hiclato de doxiciclina: síntese, caracterização e avaliação da atividade antimicrobiana contra Escherichia coli. 2015. 90f. Dissertação (Mestrado em Química) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: Silver nanoparticles, AgNPs have been used to combat bacterial resistance. The approach for associate the drug to stabilizing agent is completely new. It is focus area on nanometerials necessity of removing the particle stabilizing agent because it consumes other sites active for adsorption. However, in the present study shows that the presence of the stabilizing agent is extremely beneficial as observed in antimicrobial results. The goal was to combine Doxycycline hyclate to NPsAg and evaluate the antimicrobial effect. The spectroscopy in the UV-Vis region showed bathochromic shift in the absorption band of free NPsAg for NPsAg-HDOX indicating the possible existence of different species from the others. The Fluorescence Spectroscopy provided the information that the HDOX acted as a suppressor of issuing NPsAg, from these data we determined the Stern-Volmer relationship that indicated the presence of HDOX in the sphere of action, it is very close to the particle. The Spectroscopy in Time Resolved Fluorescence HDOX showed that has no interacted with the surface of the particle. The Spectroscopy Infrared Attenuated Total Reflectance, FTIR-ATR showed a shift of the amide carbonyl stretching band of 1680 cm-1to 1672 cm-1, showing that there is an interaction between the HDOX and NPsAg stabilized by PVP. The scattering curves in small angle x-ray scattering, SAXS showed that within the first 3 hours after addition of the HDOX NPsAg. In the other hand, Transmission Electron Microscopy indicated that after 72 hours the particles suffer na increase in distribution size. Thus providing a basis regarding the aging combined. The assessment of the antimicrobial effect was performed using the diffusion method. The inoculum used was standard strains of Escherichia coli. The results indicated that all NPsAg-HDOX combined had antimicrobial effect which was greater than the free HDOX (95% confidence level).
metadata.dc.description.resumo: Nanopartículas de prata, NPsAg têm sido utilizadas no combate à resistência bacteriana. A abordagem de se associar um fármaco ao agente estabilizador é completamente nova. É uma tônica na área de nanomateriais a necessidade de se remover o agente estabilizador da superfície da partícula porque o mesmo consome sítios ativos para outras adsorções. No entanto, no presente trabalho, mostraremos que a presença do agente estabilizante é extremamente benéfica, como observado nos resultados antimicrobianos. O objetivo deste trabalho foi combinar Hiclato de Doxiciclina às NPsAg e avaliar o efeito antimicrobiano. A Espectroscopia na região do UV-Vis mostrou deslocamento batocrômico na banda de absorção das NPsAg livre para as NPsAg-HDOX evidenciando a possível existência de espécie diferente das demais. A Espectroscopia de Fluorescência forneceu a informação que o HDOX atuava como um supressor da emissão das NPsAg, a partir desses dados determinou-se a relação de Stern-Volmer que indicou a presença de HDOX na esfera de ação, ou seja, muito próximo da partícula. A Espectroscopia de Fluorescência Resolvida no Tempo evidenciou que o HDOX não interagiu com a superfície da partícula. A Espectroscopia de Infravermelho por Reflectância Atenuada Total, FTIR-ATR mostrou um deslocamento da banda de estiramento da carbonila de amida de 1680 cm-1 para 1672 cm-1, mostrando que há uma interação entre o HDOX e as NPsAg estabilizadas pelo PVP. As curvas de Espalhamento de Raios-X em baixo ângulo, SAXS mostraram que nas primeiras 3 horas após a adição do HDOX às NPsAg não houve desestabilização das mesmas, já a Microscopia Eletrônica de Transmissão indicou que após 72 horas as partículas sofriam um aumento na distribuição de tamanho. Fornecendo assim, uma base a respeito do envelhecimento do combinado. A avaliação do efeito antimicrobiano foi realizado utilizando o Método de Difusão (variação poço). Os inóculos utilizados foram amostras padrão de Escherichia coli e a Staphylococcus aureus. Os resultados indicaram que todos os combinados NPsAg-HDOX apresentaram efeito antimicrobiano. Entretanto o diferencial foi o efeito contra E. coli que foi maior do que para HDOX livre.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20435
Aparece nas coleções:PPGQ - Mestrado em Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
HeloizaFernandaOliveiraDaSilva_DISSERT.pdf2,72 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.