Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20459
Título: O cotidiano da formação de professores/as da Campanha de Pé no Chão Também se Aprende a Ler
Autor(es): Aquino, Fernanda Mayara Sales de
Palavras-chave: Campanha;Formação docente;Memória;Narrativa
Data do documento: 23-Fev-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: AQUINO, Fernanda Mayara Sales de. O cotidiano da formação de professores/as da Campanha de Pé no Chão Também se Aprende a Ler. 2015. 160f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: The following work was born in the context of academic Works and discussions that I have joined in the “Núcleo de História e Memória da Educação de Jovens e Adultos do Rio Grande do Norte” (NUHMEJA-RN). In this research, I aim understand how was the everyday teacher training in the Campaign “De Pé no Chão Também Se Aprende a Ler” (1961-1964). Based on studies with daily life and in the epistemology of complexity the research with the daily training of teachers of the campaign was held proposing visualize its complexity and multidimensionality, in dialogue with the current discussions about teacher training. Therefore this could happen I also used studies about memory and narrative. The methodological approach of this research was conducted through interviews with teachers of the Campaign. Their narratives were intertwined to memory discussions, because I understand that at the time of reconstitution of narrated memories of teachers the everyday training of the teacher during the Campaign “De Pé no Chão Também Se Aprende a Ler” it was reconstituted. The multiplicity of formative spacestime; the power relations that guided the offer and participation of the teachers in in continuing education courses inside the Campaign; a complex of theories underlying the training of teachers in the Campaign; the existence of two groups of teachers with diferente experiences and training contexts, which echoed in the daily training practices and contributed to visualize the relationships of power / knowledge that guided these practices; monitoring carried out by the “CFP” team, through planning and work units, revealing continuing education and control of teachers at work; the not passivity of teachers, making other use of what was proposed to them; the proposition and execution of training practices that sought to integrate the political and pedagogical were perceived in the narratives and discussed in this study. I understand this study as a contribution to reflect about the teacher training education nowadays.
metadata.dc.description.resumo: Esta dissertação nasceu no contexto dos trabalhos e discussões dos quais participei no Núcleo de História e Memória da Educação de Jovens e Adultos do Rio Grande do Norte (NUHMEJA-RN). Nesta pesquisa, busco compreender como se dava o cotidiano da formação docente da Campanha De Pé no Chão Também Se Aprende a Ler (1961-1964). Com base nos estudos com o cotidiano e na epistemologia da complexidade, a investigação com o cotidiano da formação dos professores e professoras da Campanha foi realizada com o propósito de visibilizar sua complexidade e multidimensionalidade, em diálogo com as discussões atuais sobre formação docente. Para isso recorri, também, aos estudos sobre memória e narrativa. O percurso metodológico desta pesquisa foi realizado a partir de entrevistas com professores e professoras da Campanha. Suas narrativas foram entrelaçadas a discussões sobre memória, pois entendo que, no momento de reconstituições das memórias narradas dos docentes foi reconstituído o cotidiano da sua formação durante a Campanha De Pé no Chão. A multiplicidade de espaçostempos formativos; as relações de poder que nortearam a oferta e participação dos docentes da Campanha nos cursos de formação continuada; um complexo de teorias que fundamentam a formação de professores e professoras na Campanha; a existência de dois grupos de docentes com experiências e contextos de formação distintos, o que repercutia nas práticas formativas cotidianas e contribuiu para visibilizar as relações de poder/saber que norteavam essas práticas; o acompanhamento realizado pela equipe do CFP, mediante o planejamento e as unidades de trabalho, revelando formação continuada e controle dos docentes em exercício; a não passividade dos docentes, fazendo outro uso do que lhes foi proposto; a proposição e efetivação de práticas formativas que buscavam integrar o político e o pedagógico foram percebidas nas narrativas e discutidas neste estudo. Entendo este estudo como contribuição para uma reflexão sobre formação docente nos dias hodiernos.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20459
Aparece nas coleções:PPGED - Mestrado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
FernandaMayaraSalesDeAquino_DISSERT.pdf1,57 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.