Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20472
Título: Condições de trabalho dos/as assistentes sociais no SUAS: um estudo nos CRAS de Mossoró/RN
Autor(es): Cunha, Thanúsia Hensel da
Palavras-chave: Precarização do trabalho;Condições de trabalho;Serviço Social;Assistência social
Data do documento: 3-Jul-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: CUNHA, Thanúsia Hensel da. Condições de trabalho dos/as assistentes sociais no SUAS: um estudo nos CRAS de Mossoró/RN. 2015. 85f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: This study presented here, focuses on analysis of working conditions / social workers placed in foster care policy, and its locus empirical research Reference Centers of Social Assistance (CRAS), located in the municipality Mossoro-RN. The reality of materialization of the work / social workers we perceive in the capital crisis context, brought inflections professional work to the extent that this is permeated by determinations within the sociability in the capitalist system. We live in a situation of structural crisis since the 1970s, we observe the precarious process of the working class, where the / social workers are not exempt. In Brazil, this situation of crisis, under the dictates of international bodies, has resulted in the advent of neoliberal ideas and processes of state reforms, directly rebutting the framework of social protection systems, particularly expressed by the commodification and privatization of social policies. In addition, we observe the process of expanding social assistance in Brazil anchored in social relations built in feature of this policy, a reflection of a social formation based on the favor of culture and patronage, with direct implications in ensuring the rights socially conquered by the working class. In these terms, this research has the general objective: To analyze the working conditions / social workers entered in CRAS Mossoró / RN forward to the expansion of social assistance policy in contemporary Brazil, and has the following objectives: To understand the conditions with which materializes the work of the / a social worker (ethical, technical, physical and human) in CRAS Mossoró / RN; analyze the design of / social workers about their conditions and labor relations in social welfare policy; identify the challenges and possibilities of professional practice in the process of expansion of social welfare policy. To achieve the proposed objectives of this qualitative research, the methodological approach to the seizure of elucidated object of study and the data analysis involved: the bibliographic and documentary research; the completion of six (06) semi-structured interviews with social workers of 06 (six) CRAS, located in the four county areas; the use of systematic observation technique as a way to seize elements of daily work (systematized through a previously prepared script) as well as the use of image registration technique of the physical and structural conditions of the institutions which are part of the / social workers interviewed / as.
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo que ora apresentamos, tem como foco de análise, as condições de trabalho dos/as assistentes sociais inseridos na política de assistência social, e tem como lócus empírico de investigação os Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), localizados no município de Mossoró-RN. A realidade da materialização do trabalho dos/as assistentes sociais que percebemos no contexto de crise do capital, trouxe inflexões ao trabalho profissional na medida em que este é permeado por determinações dentro da sociabilidade no sistema capitalista. Vivemos em uma conjuntura de crise estrutural desde os anos de 1970, em que observamos os processos de precarização da classe trabalhadora, donde os/as assistentes sociais não estão isentos. No Brasil, essa conjuntura de crise, sob os ditames dos organismos internacionais, tem provocado o advento do ideário neoliberal e os processos de reformas estatal, rebatendo diretamente o quadro dos sistemas de proteção social, expressos principalmente pela mercadorização e privatização das políticas sociais. Ademais, observamos o processo de expansão da assistência social no Brasil ancorado nas relações sociais construídas na particularidade desta política, reflexo de uma formação social baseada na cultura do favor e clientelismo, com diretas implicações na garantia dos direitos socialmente conquistados pela classe trabalhadora. Nesses termos, esta pesquisa tem como objetivo geral: Analisar as condições de trabalho dos/as assistentes sociais inseridos nos CRAS de Mossoró/RN frente à expansão da política de assistência social no Brasil contemporâneo e, tem como objetivos específicos: Apreender as condições com as quais se materializa o trabalho do/a assistente social (éticas, técnicas, físicas, humanas) nos CRAS de Mossoró/RN; analisar a concepção dos/as assistentes sociais sobre as suas condições e relações de trabalho na política de assistência social; identificar os desafios e possibilidades do exercício profissional no processo de expansão da política de assistência social. Para alcançarmos os objetivos propostos desta pesquisa de natureza qualitativa, o percurso metodológico para a apreensão do objeto de estudo elucidado e para a análise dos dados coletados envolveu: a pesquisa bibliográfica e documental; a realização de 06 (seis) entrevistas semiestruturadas com assistentes sociais de 06 (seis) CRAS, localizados nas quatro zonas do município; a utilização da técnica de observação sistemática, como forma de apreensão de elementos do cotidiano profissional (sistematizados através de um roteiro previamente elaborado) assim como, o emprego da técnica do registro de imagens das condições físicas e estruturais das instituições as quais estão inseridos os/as assistentes sociais entrevistados/as. Pretendemos através deste estudo, diante do não-esgotamento da discussão apresentada, aliar à outras pesquisas e contribuir para dar maior visibilidade às condições em que se efetiva o exercício profissional dos/as assistentes sociais nos CRAS, bem como instigar aos sujeitos dessa pesquisa, aos discentes, e leitores em geral, a refletir e propor ações estratégicas de enfrentamento/embate à precarização do trabalho no SUAS.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20472
Aparece nas coleções:PPGSS - Mestrado em Serviço Social

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ThanusiaHenselDaCunha_DISSERT.pdf1,7 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.