Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20484
Title: Biologia reprodutiva e demografia do Sabiá-barranco Turdus leucomelas (aves: turdidae) no extremo norte da Mata Atlântica
Authors: Ruiz, Nicolas Luciano
Keywords: Sucesso reprodutivo;Taxas de sobrevivência;Dinâmica populacional;Predação de ninhos;Turdus leucomelas;Cormack-Jolly-Seber;Desenho robusto;MARK
Issue Date: 16-Apr-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: RUIZ, Nicolas Luciano.Biologia reprodutiva e demografia do Sabiá-barranco Turdus leucomelas (aves: turdidae) no extremo norte da Mata Atlântica. 2015. 102 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) – Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2015.
Portuguese Abstract: Fornecer informações sobre aspectos de história de vida das espécies neotropicais é de fundamental importância devido à grande lacuna de conhecimentos que existe para essa região, e é através do estudo desses aspectos que verdadeiramente se conhece um organismo e se inspiram respostas às mais diversas teorias das ciências biológicas. Dessa forma, o presente estudo, realizado no extremo norte da Mata Atlântica, divide-se em dois capítulos complementares com foco na espécie Turdus leucomelas (Vieillot 1818), cuja família é amplamente conhecida por serem excelentes modelos para estudos ecológicos devido a sua ocorrência e distribuição. O primeiro capítulo aborda a biologia reprodutiva, onde estimamos o sucesso reprodutivo através do protocolo de Mayfield em 7,2 % para 2013 e 4,5 % para 2014, evidenciando uma elevada taxa de predação; analisamos sucesso e predação, nas fases de incubação e ninhego, em função de variáveis ambientais coletadas; descrevemos padrão dos ovos e ninhos, triando os materiais que os compõem; e acompanhamos o desenvolvimento dos filhotes, desde a eclosão até a saída do ninho. O segundo capítulo traz informações sobre a sua dinâmica populacional acompanhada por quatro anos e analisada através dos modelos Cormack-Jolly-Seber e Desenho Robusto com o uso do programa MARK; estimamos sobrevivência, detectabilidade e tamanho populacional em função de co-variáveis externas (tempo, ciclo reprodutivo, chuva e presença de congênere migratório) e diferenciando indivíduos adultos residentes daqueles transitórios e juvenis. As sobrevivências estimadas através da análise CJS para os adultos residentes foram sempre maiores (76,01-93,41%) que os transitórios (65,47-87,16%) e os juvenis sempre intermediários (72,00-91,43). Identificamos o período reprodutivo como sendo a variável que mais influencia a sobrevivência, enquanto que a densidade do migrante Turdus amaurochalinus influenciou inversamente proporcional as taxas de recapturas. Estimamos valores similares de sobrevivência e taxas de detectabilidade através do DR e estimamos tipo de movimento, dispersão temporária e tamanhos populacionais. Verificamos também que esse último parâmetro manteve uma relação inversa com o período reprodutivo. Nossos resultados estimam as sobrevivências mais altas para o gênero Turdus e confirmam os padrões de baixas taxas de recaptura e elevada dispersão e cuidado parental estendido das regiões tropicais. Porém contestam a pluviosidade como principal fator influenciando a sobrevivência, enquanto se reforça o trade off entre reproduzir e sobreviver nessas latitudes.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20484
Appears in Collections:PPGCB - Mestrado em Ciências Biológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BiologiaReprodutivaDemografia_Ruiz_2015.pdf1,91 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.