Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20581
Título: Relação entre a biodiversidade de plantas e os serviços do ecossistema na caatinga
Autor(es): Manhães, Adriana Pellegrini
Palavras-chave: Land use effects;Vegetation cover;Conservation;Trade-offs;Opportunity costs;Priority areas
Data do documento: 13-Mar-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: MANHÃES, Adriana Pellegrini. Relação entre a biodiversidade de plantas e os serviços do ecossistema na caatinga. 2015. 130f. Tese (Doutorado em Ecologia) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
metadata.dc.description.resumo: Muito tem se discutido na literatura sobre o papel da biodiversidade no funcionamento e serviços do ecossistema, que são benefícios essenciais para o bem-estar humano, derivados de processos ecológicos. Muitos experimentos em escala local já evidenciaram a importância da biodiversidade de plantas sobre o funcionamento do ecossistema, mas pouco se conhece ainda de como esta relação se desenvolve em sistemas naturais antropizados. Assim, o objetivo do primeiro capítulo desta tese foi avaliar como a biodiversidade de plantas e cobertura vegetal media os efeitos do uso da terra sobre as propriedades do ecossistema. Evidenciou-se a importância da diversidade (funcional e taxonômica) de plantas nas propriedades do ecossistema, como biomassa, fertilidade do solo e retenção de água no solo, além do efeito negativo do uso da terra. Já em uma escala maior, o entendimento da relação espacial dos serviços com a biodiversidade tem dado suporte às pesquisa na área de conservação da natureza. O segundo capítulo objetivou analisar a associação espacial entre biodiversidade de plantas e serviços e como estão distribuídos nas unidades de conservação do bioma Caatinga. Mostrou-se que as unidades de conservação não estão incluindo importantes áreas com alta biodiversidade de plantas e a maioria dos serviços do ecossistema (total de nove). Complementarmente, o capítulo 3 objetivou selecionar áreas prioritárias para conservação utilizando biodiversidade de plantas e serviços do ecossistema como alvos, assim como incluir custos socioeconômicos. Como resultado, a inclusão dos custos modificou a distribuição das áreas prioritárias, diminuindo a porcentagem protegida de principais serviços porém, com pouca influência na proteção da biodiversidade. Concluindo, esta tese contribui para o entendimento da relação entre biodiversidade de plantas e serviços do ecossistema no bioma Caatinga, e recomendações podem ser feitas para práticas de manejo em uma escala local, assim como, aplicações para conservação em uma escala importante para tomadores de decisões.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20581
Aparece nas coleções:PPGE - Doutorado em Ecologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AdrianaPellegriniManhaes_TESE.pdf3,03 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.