Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20652
Título: “Todo caboclo é parente”: espacialidades, história e parentesco entre os Potiguara
Autor(es): Vieira, José Glebson
Palavras-chave: Socialidade;Parentesco;Política;Espacialidades;Potiguara
Data do documento: 2015
Citação: VIEIRA, José Glebson. Todo caboclo é parente: espacialidades, história e parentesco entre os Potiguara. Revista de Antropologia, São Paulo, v. 58, n. 1, p. 285-317, 2015.
metadata.dc.description.resumo: Este artigo analisa a organização social, a produção e articulação do parentesco com a forma social potiguara expressa nos ideais de “viver bem”, que traduzem a possibilidade de “viver nas aldeias” e entre parentes, demarcando a centralidade do parentesco no processo de socialidade. Trata-se de compreender as espacialidades e os regimes de territorialidade através da intersecção entre parentesco e política deslindada pela descrição dos usos da terra, da ocupação dos espaços e da temporalidade, da configuração das aldeias e dos padrões de habitação. O estudo é conduzido pelo entendimento da história (e do parentesco), da gestão política de relações e da efetivação da vida social. Assim, entendemos a composição e organização das famílias e dos círculos de aliança e cooperação, que se estabelecem na observância dos critérios de proximidades de parentesco (ou genealógicos) ou de residência como parte significativa do jogo de forças políticas.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20652
Aparece nas coleções:CCHLA - DANT - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Todo caboclo é parente_2015.pdf205,77 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.