Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20683
Título: Vida privada e mídias sociais: impressões da pós-modernidade
Autor(es): Trindade, Liane Ferreira da
Palavras-chave: Sociabilidades;Rede social Facebook;Pós-modernidade;Capitalismo tardio
Data do documento: 24-Ago-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: TRINDADE, Liane Ferreira da. Vida privada e mídias sociais: impressões da pós-modernidade. 2015. 162f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: This thesis starts from the proposition that postmodernity is the very cultural manifestation of Late Capitalism. The research was concerned with the publication of privacy that gives us news feeds of Facebook online social network. We used netnography, which is considered a construction method in action that combines study skills to immersion of the researcher in the investigated field. Netnography is an alternative methodology for the study of communication threads in cyber environments. We note that there is an exhibition of themselves in a related environment that reproduces the properties of the spectacle society, with an emphasis on the fact that this exhibition be made and want to be made by the individual himself, allegorically, window dresser and with spectacle. The subject is revealed by itself, shown and is induced to show and display at the same time. It is a large-scale exhibition of the private life events; it is more than spectacle, surpassing debordian sense, approaching the exhibitionism in the Freudian sense. It is a subject in a new way of existence. At the time of posting in public, the person violates their privacy. It is the desecration of stardom intimacy. We found that these new behavioral forms sharing of human experiences, under the mediation of typical technologies informationalism era, appear as a major brand of sociability, meshing the ongoing technological revolution.
metadata.dc.description.resumo: Essa tese parte da proposição de que a pós-modernidade é a manifestação cultural própria do Capitalismo Tardio. A pesquisa preocupou-se com a publicitação da vida privada que se dá nos Feeds de notícias da rede social digital Facebook. Utilizou-se a netnografia, por ser considerado um método de construção na ação que associa técnicas de estudo à imersão do pesquisador no campo investigado. A netnografia é uma alternativa metodológica para o estudo dos encadeamentos de comunicação em ambientes cibernéticos. Constatamos que há uma exposição de si num ambiente conexo que reproduz as propriedades da sociedade do espetáculo, com um destaque para o fato de essa exposição ser feita e querer ser feita pelo próprio indivíduo, de forma alegórica, vitrinista e espetaculoísta. O sujeito se desvela por si mesmo, se mostra e é induzido a se mostrar e se exibir ao mesmo tempo. É uma exposição em grande escala dos eventos da vida privada, é mais do que espetáculo, ultrapassando o sentido debordiano, aproximando-se do exibicionismo no sentido freudiano. É um sujeito em uma nova forma de existência. No ato de postar em público a pessoa viola sua própria privacidade. É o estrelato de profanação da intimidade. Verificamos que essas novas formas comportamentais de compartilhamento de experiências humanas, sob a mediação de tecnologias típicas da era do informacionalismo, se mostram como uma das marcas principais das sociabilidades que engrenam a revolução tecnológica em curso.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20683
Aparece nas coleções:PPGCS - Doutorado em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LianeFerreiraDaTrindade_TESE.pdf4,11 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.