Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20765
Título: As ações em saúde mental nos Núcleos de Apoio à Saúde da Família - NASF
Autor(es): Felix, Shenia Maria Felicio
Palavras-chave: Saúde pública;Atenção básica;NASF;Saúde mental;Matriciamento
Data do documento: 20-Dez-2013
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: FELIX, Shenia Maria Felicio. As ações em saúde mental nos Núcleos de Apoio à Saúde da Família - NASF. 2013. 148f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Resumo: The National Police for Basic Care (PNAB), regulated by ordinance nº2488 from October 2011, restates the Family Health Strategy (ESF) as a priority to the expansion, consolidation and qualification of basic attention to health matters in Brazil. In order to bring it about, city counsellors along with other federal entities ought to ordinate their work process deepening principals, directions and fundaments of Basic Care (AB). Besides ESF, the new PNAB expatiates on the Family Health Support Centres (NASF), reaffirming their role on broadening the scope of basic care actions and their improvements, ratifying their ability to share knowledge and support Basic Care professionals. All this considered, the purpose of this work is to investigate how NASF is currently structured in João Pessoa and what has been achieved by it on what concerns to mental health. Its main objectives are to analyse the practices of mental health professionals that are part of NASF teams and if they differ from what has been developed by the other members of the teams; to discuss the articulation of NASF in managing mental health measures on what concerns to internal organisatio n and to the city health network; to identify strategies used to organise such measures on mental health in Basic Care. To reach such goals, individual interviews have taken place two city health managers and four of NASF professionals that participated on the Mental Health Office as representatives of their sanitary districts. Also a focal group formed by various supporters of NASF was created, contemplating the diversity of professional categories involved with the teams and sanitary districts. It was possible to identify in NASF, in João Pessoa, an organisation based by the matrix support in which both management and basic care demands reflect a series of actions developed alongside with ESF. Amongst such actions, matrixing, home visits and the Singular Therapeutic Project (PTS) stand out. These activities have been discussed on the focal group and integrate the daily work of all NASF supporters despite their professional categories. NASF presents itself as a powerful strategy to SUS proper qualification and support to strengthen Basic Care and broaden family health teams‟actions.
metadata.dc.description.resumo: A Política Nacional da Atenção Básica (PNAB), regulamentada pela portaria Nº 2488 de outubro de 2011 reafirma a Estratégia de Saúde da Família (ESF) como estratégia prioritária de expansão, consolidação e qualificação da atenção básica à saúde no Brasil; para isso, os municípios, com cooperação dos demais entes federativos, devem reorientar seu processo de trabalho aprofundando os princípios, diretrizes e fundamentos da Atenção Básica (AB). Além da ESF, a nova PNAB dispõe sobre os Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF), reafirmando seu papel de ampliar o escopo das ações da atenção básica, e de sua resolutividade, ratificando seu caráter de compartilhar saberes e de ser apoio junto aos profissionais da AB. Frente a isso, o objetivo deste trabalho é investigar como o Núcleo de Apoio a Saúde da Família - NASF está estruturado em João Pessoa e quais as ações por ele desenvolvidas no âmbito da Saúde Mental, e tem como objetivos específicos: analisar as práticas desenvolvidas pelos profissionais de Saúde Mental que compõem as equipes NASF e se elas se diferenciam das realizadas pelos demais membros das equipes; discutir a articulação do NASF na operacionalização das ações em saúde mental, no que se refere a sua organização interna e na rede de saúde municipal; e identificar as estratégias utilizadas para organização das ações em saúde mental na Atenção Básica. Para o alcance dos objetivos, foram realizadas entrevistas individuais com duas gestoras municipais e quatro trabalhadoras do NASF que participavam do colegiado de saúde mental como representantes dos seus distritos sanitários, além disso, foi realizado um grupo focal com diferentes apoiadores NASF, contemplando a diversidade de categorias profissionais que trabalham nas equipes e nos diferentes distritos sanitários. Foi possível identificar no NASF em João Pessoa, uma organização pautada pelo apoio matricial na qual as demandas da gestão e do cuidado assistencial refletem um conjunto de práticas desenvolvidas junto às ESF. Dentre as ações realizadas pelo NASF, e no âmbito da saúde mental, destaca-se o matriciamento, as visitas domiciliares e o Projeto Terapêutico Singular; essas atividades foram descritas e dialogadas no grupo focal e faz parte do cotidiano de trabalho de todos dos apoiadores do NASF, independente de sua categoria profissional. Com vistas ao fortalecimento da AB frente à ampliação das ações das equipes de saúde da família, o NASF se apresenta como uma potente estratégia de qualificação e apoio no SUS.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20765
Aparece nas coleções:PPGPSI - Mestrado em Psicologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
SheniaMariaFelicioFelix_DISSERT.pdf1,04 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.