Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20925
Título: Avaliação do planejamento de prótese parcial removível em modelos recebidos por laboratórios de João Pessoa-PB
Título(s) alternativo(s): Evaluation of the Planning of Removable Partial Denture in Plaster Models Received from Prosthodontic Laboratories of the City of João Pessoa, PB, Brazil
Autor(es): Batista, André Ulisses Dantas
Sales, João Paulo Lima Araújo
Farias Neto, Arcelino
Carreiro, Adriana da Fonte Porto
Palavras-chave: Prótese parcial removível;Planejamento de prótese dentária;Modelos dentários;Removable partial denture;Dental prosthesis design;Dental models
Data do documento: 2011
Citação: BATISTA, André Ulisses Dantas et al. Avaliação do planejamento de prótese parcial removível em modelos recebidos por laboratórios de João Pessoa-PB. Pesquisa Brasileira em Odontopediatria e Clínica Integrada, v. 11, n. 1, p. 55-58, 2011.
Resumo: Objective: To evaluate the planning and quality of plaster models for fabricati on of removable parti al dentures received from three commercial prosthodonti c laboratories located in the city of João Pessoa, PB, Brazil, which perform the casting procedures in their facilities. Methods: Forty 40 plaster models were photographed per laboratory, totalizing 120 models. The evaluation was performed using two questi onnaires, one designed for the dental prosthesis technicians, and another applied by the investigator for the visual evaluati on of the models. Data were analyzed using the SPSS soft ware version 13.0. Results: Ninety-two (76.7%) models did not present planning. In addition, no model presented references of insertion plane or guide pins. Calculati on of the mouth preparati on index (MPI) to evaluate the distribution of the oclusal and cingulum abutments or rests showed that 86 (71.7%) models were classifi ed as poor, 23 (19.2%) models as good and only 11 (9,.2%) models as acceptable. Defects were found in 102 (85%) models. Conclusion: The prosthodontists are not preparing the mouth of their pati ents, neglecti ng the planning of removable partial dentures, and passing this responsibility to the dental prosthesis technicians. In addition, the quality of the models sent to the laboratories was unsatisfactory.
metadata.dc.description.resumo: Objetivo: Avaliar o planejamento e a qualidade dos modelos destinados à confecção de prótese parcial removível recebidos por três laboratórios comerciais situados na cidade de João Pessoa (PB) e que realizam a etapa da fundição em suas dependências. Método: Foram fotografados 40 modelos por laboratório, num total de 120 modelos de trabalho. A avaliação foi realizada através de dois questionários, um destinado ao técnico em prótese dentário, e outro, aplicado pelo pesquisador na avaliação visual dos modelos. Os dados obtidos foram submeti dos ao programa SPSS versão 13.0. Resultados: 92 modelos (76,7%) não apresentaram planejamento. Além disso, nenhum apresentou referências de plano de inserção ou presença de pinos guias. O cálculo do Índice de Preparo de Boca (IPB) para a avaliação da distribuição dos nichos ou descansos, oclusais e de cíngulo mostrou que 86 modelos (71,7%) foram classificados como Pobre, 23 modelos (19,2%) como Boa e apenas 11 modelos (9,2%) como Aceitável. Na avaliação da presença de defeitos, em 102 modelos (85%) foi encontrado algum tipo de defeito. Conclusão: O clínico não está realizando o preparo de boca em seus pacientes, negligenciando o planejamento da prótese parcial removível, e deixando que o técnico em prótese dentária o faça. Além disso, a qualidade dos modelos enviados mostrou-se insatisfatória.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20925
Aparece nas coleções:CCS - DOD - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Avaliação do planejamento de prótese parcial removível_2011.pdf234,54 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.