Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20961
Título: Análise da imunoexpressão da podoplanina e da triptase em carcinoma epidermóide de língua e sua relação com parâmetros clinicopatológicos
Autor(es): Mafra, Rodrigo Porpino
Palavras-chave: Carcinoma de células escamosas;Linfangiogênese;Mastócitos;Imuno-histoquímica
Data do documento: 16-Fev-2016
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: MAFRA, Rodrigo Porpino. Análise da imunoexpressão da podoplanina e da triptase em carcinoma epidermóide de língua e sua relação com parâmetros clinicopatológicos. 2016. 107f. Dissertação (Mestrado em Patologia Oral) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: Oral tongue squamous cell carcinoma (OTSCC) has an aggressive biological behavior, with a high propensity for the development of lymph node metastases. In this context, lymphangiogenesis is considered an important phenomenon for the spread of tumor cells and may be influenced by microenvironmental stimuli. Mast cells have been implicated in tumor progression, although their influence in the formation of lymphatic vessels is not well established. The aim of this study was to analyze, in a case series of OTSCC (n=50), possible correlations between lymphatic vessel density (LVD), mast cell count and clinicopathological features, including tumor-node-metastasis (TNM) stage, histological grade of malignancy (Bryne, 1998), and nodal metastasis. LVD was established as the mean number of lymphatic vessels immunostained by anti-podoplanin (D2-40) antibody, identified in five microscopic fields (200x). For the analysis of mast cells, tryptase-immunoreactive cells were quantified in five fields (400x). Both immunostainings were analyzed in the tumor center and invasion front. Intratumoral lymphatic density (ILD) was higher in cases in advanced clinical stages (III-IV), compared to those in initial stages (I-II), as well as in metastatic cases in respect of non-metastatic (p<0,05). There were no statistically significant differences between low-grade and high-grade malignancy cases with respect to ILD (p>0,05). Peritumoral lymphatic density (PLD) and mast cell counts showed no significant relations with any of the clinicopathological parameters evaluated (p>0,05). Also there were no significant correlations between LVD and mast cell counts, whether in intratumoral (r = -0,004; p=0,977) or peritumoral region (r = -0,154; p=0,285). The results of the present study suggest that intratumoral lymphatic vessels may contribute in part to the progression of OTSCC, although PLD may be insufficient to justify differences in biological behavior. This supports the hypothesis of involvement of other mechanisms in metastatic spread of malignant cells, which could complement the effects of lymphangiogenesis. Although mast cells perform several pro- and antitumoral functions, they do not appear to directly influence aggressiveness of OTSCC. In addition, the quantity of these cells may not be essential for lymphatic vessel formation.
metadata.dc.description.resumo: O carcinoma epidermóide de língua oral (CELO) apresenta um comportamento biológico agressivo, com elevada propensão ao desenvolvimento de metástases nodais. Nesse contexto, a linfangiogênese é considerada um fenômeno importante para a disseminação das células tumorais e pode sofrer influência de estímulos do microambiente. Os mastócitos têm sido relacionados à progressão de neoplasias malignas, no entanto o seu papel na formação de vasos linfáticos ainda não está bem estabelecido. O propósito desta pesquisa foi avaliar possíveis correlações entre a densidade linfática, a contagem de mastócitos e o perfil clinicopatológico em casos de CELO, incluindo o estadiamento clínico TNM, a gradação histológica de malignidade (Bryne, 1998) e a presença/ausência de metástases nodais. A amostra foi constituída por 50 casos de CELO, dos quais 26 apresentavam metástase nodal, e os 24 restantes eram isentos de metástases. A densidade linfática foi estabelecida como a média de vasos linfáticos imunomarcados pelo anticorpo anti-podoplanina (D2-40), identificados em cinco campos microscópicos (200x). Para a análise dos mastócitos, foram quantificadas as células imunorreativas ao anticorpo anti-triptase, em cinco campos (400x). Destaca-se que ambas as imunomarcações foram analisadas no centro tumoral e no front de invasão. A densidade linfática intratumoral (DLI) foi superior nos casos em estágios clínicos avançados (III-IV), quando comparados àqueles em estágios iniciais (I-II), assim como nos casos metastáticos em relação aos não-metastáticos (p<0,05). Não houve diferenças estatisticamente significativas entre os casos de baixo grau e alto grau de malignidade no tocante à DLI (p>0,05). De outro modo, a densidade linfática peritumoral (DLP) e as contagens de mastócitos não demonstraram relações significativas com nenhum dos parâmetros clinicopatológicos avaliados (p>0,05). Também não foram encontradas correlações significativas entre as densidades linfáticas e as contagens de mastócitos, seja na região intratumoral (r = -0,004; p=0,977) ou na peritumoral (r = -0,154; p=0,285). Os resultados do presente estudo sugerem que os vasos linfáticos intratumorais contribuem na progressão do CELO. Por sua vez, a DLP pode não ser suficiente para justificar diferenças no comportamento biológico do CELO, o que sustenta a hipótese de envolvimento de outros mecanismos na disseminação metastática das células malignas, que complementariam os efeitos da linfangiogênese. Os mastócitos, ainda que realizem diversas funções pró- e antitumorais, parecem não influenciar diretamente o potencial de agressividade do CELO. Adicionalmente, é possível que a quantidade destas células não seja um fator determinante para a formação de vasos linfáticos.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20961
Aparece nas coleções:PPGPO- Mestrado em Patologia Oral

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
RodrigoPorpinoMafra_DISSERT.pdf2,87 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.