Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20985
Título: (Re)criando (mini)contos de terror: uma experiência de ensino de leitura e escrita de gênero multimodal
Autor(es): Cabral, Adriana Rosa da Silva
Palavras-chave: Multiletramentos;Ensino de leitura e de escrita;Gênero discursivo multimodal;Miniconto de terror;Sequência didática
Data do documento: 12-Ago-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: CABRAL, Adriana Rosa da Silva. (Re)criando (mini)contos de terror: uma experiência de ensino de leitura e escrita de gênero multimodal. 2015. 228f. Dissertação (Mestrado Profissional em Letras - Profletras/NAT) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: Given the multiplicity of languages and media present in contemporary texts, the work with digital genres characterizes itself as essential for teaching, reading and writing. Virtual media is already present in many dayly activities that require the use of language. This shows that the globalized world brings new demands of literacy and various reading practices. Given this perspective, we propose to work the multiliteracies present in the new texts from the enunciative discourse Bakhtinian assumptions. For this, we chose to be as the object of research / intervention, the horror flash fiction multimodal discursive genre, because it is a multissemiótico digital statement of virtual circulation. In this context, this study aimed to understand how the teaching of this kind can contribute to the development of knowledge related to reading and text production, required by multiliteracies, by performing a Didactic Sequence in the classroom, specifically for two classes of elementary school, 7th and 8th grades of public school. The research was based on Bakhtin's theory and the Circle (2009, 2011) on gender perspective in a dialogic and the proposed Dolz and Schneuwly (2004) for the text of teaching through sequences Teaching. We also use the precepts of multiliteracies focused on Rojo (2012, 2013). The methodology used was based on a qualitative approach. We consider the analysis of minicontos produced by students, it's own hibridism of multiliteracies, the discursive characteristics such as composition, style and subject content, in addition to relations dialogicity present in these statements. At the end of the study, we realized that our intervention contributed to the expansion of knowledge of the subjects involved related to reading and multimodal genre production.
metadata.dc.description.resumo: Tendo em vista a multiplicidade de linguagens e mídias presentes nos textos contemporâneos, o trabalho com os gêneros digitais caracteriza-se essencial para o ensino de leitura e escrita. Os meios virtuais já estão presentes em várias atividades cotidianas que requerem o uso da língua. Isso mostra que o mundo globalizado traz novas exigências de letramento e diversas práticas de leitura. Considerando essa perspectiva, propomos trabalhar os multiletramentos presentes nos novos textos a partir dos pressupostos enunciativos discursivos bakhtinianos. Para isso, optamos por constituir como objeto de investigação/intervenção o miniconto de terror, gênero discursivo multimodal, por se tratar de um enunciado multissemiótico de circulação digital/virtual. Nesse contexto, o presente trabalho teve o objetivo de compreender como o ensino desse gênero pode contribuir para o desenvolvimento dos saberes relacionados à leitura e à produção textual exigidas pelos multiletramentos, através da execução de uma Sequência Didática, em sala de aula, especificamente para duas turmas do Ensino Fundamental, 7º e 8º anos, de escola pública. A pesquisa se fundamentou na teoria de Bakhtin e o Círculo (2009, 2011) sobre gêneros numa perspectiva dialógica e na proposta de Dolz e Schneuwly (2004) para o ensino de texto por meio de Sequências Didáticas. Recorremos, ainda, aos preceitos dos multiletramentos enfocados em ROJO (2012, 2013). A metodologia utilizada assentou-se numa abordagem qualitativa dos dados. Consideramos na análise dos minicontos produzidos pelos alunos o hibridismo próprio dos multiletramentos, as características discursivas tais como composição, estilo e conteúdo temático, bem como as relações de dialogicidade presentes nesses enunciados. Ao final da pesquisa, percebemos que a nossa intervenção contribuiu para a ampliação dos saberes dos sujeitos envolvidos relacionados à leitura e produção de gênero multimodal.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20985
Aparece nas coleções:PROFLETRAS - NATAL - Mestrado Profissional em Letras

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AdrianaRosaDaSilvaCabral_DISSERT.pdf34,85 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.