Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21043
Title: Obtenção e caracterização de um compósito de matriz polimérica com carga de resíduos vegetal proveniente do sabugo de milho
Authors: Oliveira, Mariana Lima de
Keywords: Compósitos poliméricos;Sabugo de milho;Fabricação de estruturas
Issue Date: 29-Dec-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: OLIVEIRA, Mariana Lima de. Obtenção e caracterização de um compósito de matriz polimérica com carga de resíduos vegetal proveniente do sabugo de milho. 2015. 66f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: Foi estudada a viabilidade do uso do farelo do sabugo de milho para a obtenção de um compósito de matriz polimérica. Foram utilizadas três granulometrias e algumas formulações entre os elementos constituintes do compósito, resina poliéster e farelo do sabugo de milho e determinada qual a formulação mais adequada levando-se em conta parâmetros mecânicos e térmicos. Para a obtenção do farelo, o sabugo passou pelo processo de secagem em secador solar e posteriormente foi triturado numa forrageira, obtendo-se diferentes granulometria através de peneiramento. Para a caracterização do compósito serão determinadas propriedades térmicas e mecânicas. A principal vantagem do compósito proposto foi sua baixa densidade, abaixo da relativa a resina, em torno de 1,06 Kg/m³ para a formulação com Pó Grosso. O compósito apresentou comportamento mecânico inferior ao da resina para todas as granulometrias e formulações estudadas. Apresentou resultados melhores para a flexão, alcançando 25,3 MPa para o Pó Grosso. O compósito também se demonstrou viável para aplicações térmicas, com condutividade térmica inferior a 0,21 W/m, classificando-se como isolante térmico. Em termos de homogeneidade da mistura a granulometria mais viável é a PF 20%, que também apresentou melhor estética e uma melhor processabilidade. Tal compósito pode ser utilizado para a fabricação de estruturas que não requeiram significativa resistência mecânica, como por exemplo, mesas, cadeiras, pranchas, e protótipos solares e eólicos, como fornos e fogões solares e pás de aero geradores.
Abstract: The feasibility of using the corn cob to obtain a polymer matrix composite was studied. To obtain the bran, corncob passed the drying process in a solar dryer, and was subsequently triturated in forage and to obtain the different particle sizes, by sieving. Three different grain sizes were used: fine particles (FP) size between 0,10 and 2mm; sized particles (PM) with sizes between 2,10 and 3,35 mm; large particles (PG) sizes between 3,45 and 4,10 mm. Using 20% of residue relative to the resin, the test samples were constructed for characterization of the composite, taking into account thermal and mechanical parameters. The main advantage of the proposed composite is that it has a low density, below the relative resin, about 1.06 kg / m³ for the PG. The composite showed a mechanical behavior less than of the resin to the grain sizes and for all formulations studied. Showed better results for the bending, reaching 25.3 MPa for the PG. The composite also showed be feasible for thermal applications, with thermal conductivity less than 0.21 W / m, ranking as insulation. In terms of homogeneity of the mixture, the most viable grain size is the PF, which also showed improved aesthetics and better processability. This composite can be used to make structures that do not require significant mechanical strength, such as tables, chairs, planks, and solar and wind prototypes, such as ovens and cookers and turbines blades.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/21043
Appears in Collections:PPGEM - Mestrado em Engenharia Mecânica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MarianaLimaDeOliveira_DISSERT.pdf1.41 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.