Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21099
Title: Modelos flexíveis de sobrevivência com fração de cura: implementação computacional
Authors: Silva, Rumenick Pereira da
Keywords: Análise de dados de sobrevivência;Estudo de simulação e aplicação;Modelos flexíveis com fração de cura;R-pacote;Flexcure
Issue Date: 23-Oct-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Rumenick Pereira da. Modelos flexíveis de sobrevivência com fração de cura: implementação computacional. 2015. 120f. Dissertação (Mestrado em Matemática Aplicada e Estatística) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: Em análise de sobrevivência a variável em estudo é o tempo até a ocorrência de um determinado evento de interesse. Este tempo é denominado de tempo de vida ou tempo até a falha. A teoria usual assume que, se observado por um longo período de tempo todos os indivíduos irão experimentar o evento em algum momento. Mas, em algumas situações uma proporção da população pode não estar mais sujeita à ocorrência deste evento, por mais longo que seja o tempo de observação. Neste sentido, alguns modelos foram propostos e são conhecidos na literatura como modelos com fração de cura ou de longa duração. Ao considerar o aumento do interesse no ajuste desses modelos, percebe-se a importância da existência de rotinas amigáveis e capazes de obter de forma precisa as estimativas de máxima verossimilhança. Neste contexto, o objetivo principal deste trabalho foi a implementação de um pacote em linguagem R com um conjunto de rotinas amigáveis (de forma didática e de fácil utilização) para analisar dados de sobrevivência com fração de cura, a partir do uso de alguns modelos paramétricos flexíveis. Neste programa, denominado de flexcure, foram considerados os modelos de tempo de falha acelerado log-gama generalizado, log-F generalizado e Weibull na forma estendida de Marshall-Olkin, para modelar os tempos dos indivíduos susceptíveis e, para a fração de curados foram considerados os modelos usuais de mistura padrão e de tempo de promoção. O desempenho destas implementações foi avaliado através de um extensivo estudo de simulação, considerando diferentes cenários. Além disso, o uso deste pacote foi ilustrado em algumas aplicações.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/21099
Appears in Collections:PPGMAE - Mestrado em Matemática Aplicada e Estatística

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RumenickPereiraDaSilva_DISSERT.pdf39.62 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.