Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21215
Título: Integração ensino e serviço: dizer e fazer saúde na atenção básica
Autor(es): Aguiar Neta, Anízia
Palavras-chave: Educação;Saúde;Integração ensino e serviço;Educação permanente em saúde;Preceptoria
Data do documento: 28-Fev-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: AGUIAR NETA, Anízia. Integração ensino e serviço: dizer e fazer saúde na atenção básica. 2014. 90f. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: The current discussion on Education and Health has shown the need for greater integration between health services and academia, and this issue has been addressed by researchers in the area as being of great importance. How do we say what we need to do? The National Policy on Education Permanent Health proposes the dissemination of pedagogical skills at SUS, so that the public health clearance to constitute an area of teaching and learning in work performance. This study aimed to know how is the process of integration between education and health services in primary health care, from the knowledge on the role of mentors in the training of undergraduate students in the healthcare field in UFRN. Qualitative Methodology possible, from the use of the techniques of Semi-Structured Interview and Direct Observation of achieving this goal. The analysis of data taken from the Hermeneutic-Dialectic Approach, taking as mediators knowledge of the areas of Education, Health Education and Public Health, showed that the performance of preceptors constitutes an important strategy to enable the integration of teaching and service, and the professionals involved in the preceptorship educate themselves while they educate. The educational process is permeated by knowledge and experiences heterogeneous, highly favorable to the training of students and professionals factor. Innovative educational practices proven capable of starting the mediation of preceptors and other professionals involved in the Work Programme Education for Health, extend learning. The curriculum components Integrated Activity of Health, Education and Citizenship, and Tutorial Program for Integrated Health Work chosen as the basis for this experiment set, for preceptors, the need to seek new knowledge, allowing each actor transcend its specific area of academic training and interact with other areas, which makes learning interesting, enjoyable and meaningful.
metadata.dc.description.resumo: A formação dos estudantes de graduação da área da saúde, os quais são acompanhados pelos preceptores em saúde, apresenta-se como um tema de importância reconhecida pelos estudiosos da área de Educação em Saúde. A Política Nacional de Educação Permanente em Saúde propõe a disseminação de capacidade pedagógica no SUS, de modo que a rede pública de saúde passe a constituir-se num espaço de ensino-aprendizagem no exercício do trabalho, o que significa que a formação dos estudantes e profissionais deve acontecer dentro do próprio serviço, em situações reais. A discussão atual sobre Educação e Saúde tem mostrado que ainda é tênue na formação dos profissionais a apropriação do Sistema Único de Saúde. Há a necessidade de maior integração entre os serviços de saúde e a academia. Objetivos: conhecer a atuação dos preceptores, em serviço, no que diz respeito à sua participação no processo de formação dos estudantes dos cursos de graduação da área da saúde na UFRN; e estudar a atividade de preceptoria em sua complexidade, considerando sua importância para a formação dos estudantes. A Metodologia qualitativa nos possibilitou, a partir do uso das técnicas de Entrevista Semi Estruturada e Observação Direta, alcançar estes objetivos. A análise dos dados, feita a partir da Abordagem Hermenêutica-Dialética, tendo como mediadores os conhecimentos das áreas da Educação, Educação em Saúde e da Saúde Coletiva, mostrou que os preceptores em saúde educam-se enquanto educam. O processo educativo é permeado por saberes e experiências heterogêneas, fator altamente favorável à formação dos estudantes e profissionais. Práticas educacionais inovadoras revelaram-se capazes de, a partir da mediação dos preceptores e demais profissionais atuantes no Projeto PET Saúde, ampliar o aprendizado. Os componentes curriculares Saúde e Cidadania - SACI e Programa de Orientação Tutorial Integrado para o Trabalho em Saúde - POTI, escolhidos como base para esta experiência estabeleceram, para os preceptores, a necessidade de buscar novos conhecimentos, possibilitando a cada ator extrapolar sua área específica de formação acadêmica e interagir com as demais áreas, o que torna o aprendizado mais interessante, prazeroso e significativo.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/21215
Aparece nas coleções:PPGSCOL - Mestrado em Saúde Coletiva

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AniziaAguiarNeta_DISSERT.pdf983,33 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.