Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21328
Título: Os efeitos da política de valorização do salário mínimo sobre o emprego e a distribuição de renda: simulações computacionais para análise de resultados teóricos
Autor(es): Araújo, Marilia Medeiros de
Palavras-chave: Salário mínimo;Simulações computacionais;Emprego;Distribuição de renda
Data do documento: 29-Fev-2016
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: ARAÚJO, Marilia Medeiros de. Os efeitos da política de valorização do salário mínimo sobre o emprego e a distribuição de renda: simulações computacionais para análise de resultados teóricos. 2016. 150f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: This research aimed at evaluating the effects of Minimum Wage Enhancement Policy of employment and long-term income distribution. Based on the theories of Keynes and Kalecki, the effects of salary raise on employment and on income distribution were discussed as well as the channels and factors from which these effects may relate to the variables involved. The methodology of this dissertation consisted of generation of computer simulations based on the multisectorial macroeconomic MKS model developed by Cavalcanti Filho (2002) to test the effects of Minimum Wage Enhancement Policy and check whether the keynesian and kaleckian channels and factors and were valid. For a set of economic policy parameter combinations (tax rates, rules for the expansion of public spending and the determination of interest rates by the Central Bank), the analysis of the simulations generated results that correspond to the ones mentioned by the theoretical basis. The conclusion is that for different combinations of fiscal and monetary simulated policies, the Minimum Wage Enhancement Policy is effective to expand employment and improve income distribution in workers favor.
metadata.dc.description.resumo: Esta dissertação consistiu em avaliar os efeitos da Política de Valorização do Salário Mínimo sobre o emprego e a distribuição de renda no longo prazo. Com base nas teorias de Keynes e Kalecki foram discutidos os efeitos de um aumento do salário sobre o nível de emprego e sobre a distribuição de renda, e os prováveis canais e fatores a partir dos quais esses efeitos podem incidir sobre as variáveis em questão. A metodologia da dissertação apoiou-se no uso de simulações computacionais, no modelo macroeconômico multissetorial MKS, de Cavalcanti Filho (2002). Para um conjunto de combinações de parâmetros de políticas econômicas, a análise das simulações gerou resultados, que correspondem aos efeitos apontados pelos fundamentos teóricos. Conclui-se que, para as diferentes combinações de políticas fiscal e monetária simuladas, a Política de Valorização do Salário Mínimo se mostrou eficaz para os objetivos a que se propõe a regra de reajuste.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/21328
Aparece nas coleções:PPGECO - Mestrado em Economia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MariliaMedeirosDeAraujo_DISSERT.pdf6,69 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.