Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21343
Title: Esporte de aventura na escola: possibilidades de diálogo com a mídia-educação
Other Titles: Adventure sport in school: possibilities of dialogue with the media-education
Authors: Sousa, Dandara Queiroga de Oliveira
Keywords: Educação física escolar;Ensino médio;Esporte de aventura
Issue Date: 23-Mar-2016
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SOUSA, Dandara Queiroga de Oliveira. Esporte de aventura na escola: possibilidades de diálogo com a mídia-educação. 2016. 198f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: A presente dissertação, parte do olhar curioso sobre a materialização do esporte de aventura, nosso objeto de estudo, vislumbrado-o enquanto conteúdo de ensino da Educação Física Escolar - EFE, mediado metodologicamente pela mídia-educação. Essa problemática tem início a partir da inquietação da autora enquanto praticante de modalidades esportivas de aventura, não vê-las presentes no cotidiano escolar durante sua graduação em Educação Física. A culminância se dá com a escrita de seu TCC (Sousa, 2013), trazendo uma prática pedagógica que materializou o esporte de aventura na escola. E, a partir de proposições dos estudantes que participaram desta pesquisa-ação, vistas como novas problemáticas, reformulou-se esta pesquisa, que tem como objetivo geral compreender como o esporte de aventura pode se materializar no âmbito da EFE a partir da mídia-educação como metodologia de ensino. Diante deste objetivo geral, se delimitam nossos objetivos específicos, que serão trazidos ponto a ponto a seguir. Para tanto, seguimos utilizamos a metodologia da pesquisa-ação, com os pressupostos de Michel Thiollent (2004) para balizar nossa intervenção pedagógica realizada no Campus Parnamirim do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - IFRN, a fim de concretizar nosso primeiro objetivo específico, no qual problematizamos os limites e possibilidades do conteúdo esporte de aventura - no contexto da EFE - balizada pelos momentos pedagógicos de mídia-educação. Durante a realização desta intervenção, coletamos dados que foram analisados respondendo aos nossos outros dois objetivos específicos, a saber, analisamos como os estudantes se apropriam do conhecimento de uma modalidade dos esportes de aventura, enquanto manifestação da cultura de movimento, a partir da análise de discursos dos alunos sobre a vivência final e das apresentações dos seminários ao final da unidade didática. Essa análise se baseou no referencial teórico de Laurence Bardin (2011), a partir dos textos supracitados. Selecionamos 12 textos de relatos de vivência e 11 relativos a apresentação do seminário final (considerando como corpus, os textos dos 3 alunos melhor avaliados de cada uma das 4 turmas que foram partícipes de nossa pesquisa-ação, sendo que um estudante não apresentou seminário). Desta análise, tivemos 3 categorias de conteúdos: fatos destacados durante a aventura vivida, sentimento de pertencimento a experiência vivida e aprendizados autodeclarados da aventura vivida. E por fim, com a categoria dos aprendizados autodeclarados, dialogadas com alguns exemplos de conteúdos midiáticos construídos pelos estudantes, verificamos que os alunos expressam em suas criações de conteúdo midiático, elementos ou temas, que atestam a ampliação do conhecimento sobre o esporte de aventura escolhido e desenvolvido na unidade didática, sendo este nosso último objetivo específico. Citamos como principais resultados alcançados, a partir do entrelaçamento desses três objetivos, a constatação de que os estudantes ampliaram, por meio de uma aprendizagem significativa, seus conhecimentos sobre o esporte de aventura experienciado, demonstrado tanto pelos conteúdos midiáticos construídos e apresentados pelos mesmos, quanto ancorados pelo referencial teórico especializado que dialogamos; Percebemos que a mídia-educação, diante das possibilidades de uso por nós exploradas, nos trouxeram um panorama de ampliação do espaço-tempo de convivência e aprendizagem, bem como diversas formas de expressão do conhecimento adquirido, agindo de forma crítica, reflexiva e criativa, sendo fundamental no processo de aprendizagem da modalidade estudada.
Abstract: This dissertation, have curious look about the materialization of the adventure sport, our object of study, understanding it as a content of physical education - EFE, methodologically mediated by media education. This problem starts through the unrest of the author while practicing of modalities of adventure sports, and don’t see them in daily school life during her graduation in Physical Education. The acme of this process was the writing of the monograph, bringing a pedagogical practice that materialized the adventure sport in school. And with the propositions of the students who participated in this action research, seen as new problems, we reformulated to this research, which has as general objective to understand how the adventure sport can be materialized on ambit of EFE through media education as teaching methodology. Given this general objective, we draw our specific objectives, which will be brought below. We use the methodology named “action research”, based in Michel Thiollent to mark our intervention pedagogic accomplished on Federal Institute of Education, Science and Technology (IFRN - Campus Parnamirim) to concretize our first specific objective, in which we question the limits and possibilities of content adventure sports - in the context of physical education in school – based on the moments pedagogics of media education. During the realization of this intervention, we reapded informations that were analyzed answering our other two specific objectives, namely: we analyzed how the students made the appropriation of knowledge of a modality of adventure sports, as a manifestation of the culture of movement, based on the analysis of speeches of the students about the final experience and about presentations realized by students (seminar) in the end of the didactic unit. We selected 12 texts of experience reports and 11 concerning the presentation of the final seminar. From this text selection, we discussed three guidelines: events detached during the adventure experienced, feeling of belonging to lived experience and self-reported learnings of lived adventure. And, from this last dialogued with some examples of media content built by the students, we founded that students express in their creations of media content, elements or themes, that indicate the expansion of knowledge about the adventure sport chosen and developed on the didactic unit, which is our laste goal specific. We cited as main results from the interaction between these three objectives, the confirmation that students increased, by a meaningful learning, their knowledge about the adventure sport experienced, demonstrated by the media content built and presented by them, and based on theoretical reference specialized that we dialogue; We realized that media education, inside of the possibilities of use for us explored, brought us a panorama of expansion of space-time of interaction and learning, as well as various forms of expression of the knowledge acquired, acting in a critical, reflective and creative way, being fundamental in the learning process of the modality studied.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21343
Appears in Collections:PPGEF - Mestrado em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DandaraQueirogaDeOliveiraSousa_DISSERT.pdf4,34 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.