Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21409
Título: Histórias de vida de pessoas em situação de rua em Natal/RN / fotografias do trabalho de construção identitária individual
Autor(es): Costa Júnior, João Batista da
Palavras-chave: Lingüística aplicada;Análise crítica do discurso;Abordagem sociológica e comunicacional do discurso;População em situação de rua;Identidade individual
Data do documento: 18-Abr-2016
Citação: COSTA JÚNIOR, João Batista da. Histórias de vida de pessoas em situação de rua em Natal/RN / fotografias do trabalho de construção identitária individual. 2016. 200f. Tese (Doutorado em Estudos da Linguagem) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: The scientific debate concerning the population phenomenon on the streets has permeated the research agendas of some areas of human knowledge, especially the study of arenas of human and social sciences. Some national researches show that the phenomenon is complex, mixed by social, psychological, objective and subjective processes ( ROSA , 2005) and comprises a synthesis of multiple determinations inherent in capitalist society (SILVA, 2009). Therefore, this thesis aims to present a critical- discursive analysis of individual identity construction work of people who have lived or are living on the streets in the city of Natal / RN, based on their own life stories, set by narratives of "I " . To build the analysis, we focus on three specific objectives: a) to discuss the representative socialization networks of individual identity construction work; b ) to characterize the perceptions of each individual concerning the population phenomenon on the streets, and c ) To examine the identification and characterization that each individual makes of his relations with the population phenomenon on the streets. In order to achieve our goals, we followed the theoretical postulates of Critical Discourse Analysis - ACD (Fairclough, 2001, 2006), specifically in its Sociological and Communicational Approach to Speech - ASCD (PEDROSA, 2014, 2015), which covers the sociology for Social Change (BAJOIT , 2006, 2008 , 2013) and Systemic Functional Linguistics, the latter, considering the Transitive system (HALLIDAY , 1985 , 1994; Halliday and Mathiessen , 2004 and CUNHA and SOUZA, 2011). Methodologically, it is a qualitative research (descriptive and interpretative), anchored on Applied Linguistics (CELANI, 1992; SIGNORINI and Cavalcanti, 1998; SIGNORINI 1998; MOITA LOPES, 1990 , 1996, 1998 , 2006 and 2013 ). The corpus is based on five life stories which were recorded during the Language and Identity Workshop : " Letters on the streets " , applied during the II Population Potiguar Seminar on the homeless and through the access to the Hidden Natal virtual community. In light of a context of social apartheid, set up by experienced hardships and jettisoning of human rights, the results point out that the individual identity construction of people who have lived or are on the streets in Natal / RN comprises a work of the individual as the subject himself in light of the construction of identity resistance, and design policy. These identities reveal an ontological will directed to the emancipation of the subjects on the streets, a politically conscious subject of rights and duties that works towards one's citizen empowerment, demanding effective promotion of public policies aimed at their social reintegration. Once the individual identities are constructed by ideological positions that underpin voices counterhegemonic and contribute to overcoming social inequalities, it appears that the subject, to build their identities, can promote social and cultural change, once delegitimizes the negative social stigmas associated with the homeless in Natal/RN.
metadata.dc.description.resumo: O debate científico sobre o fenômeno população em situação de rua tem permeado as agendas de investigação de algumas áreas do conhecimento humano, sobretudo, as arenas de estudo das ciências humanas e sociais. Algumas pesquisas nacionais apontam que o fenômeno é complexo, mesclado por processos sociais, psicológicos, objetivos e subjetivos (ROSA, 2005) e compreende uma síntese de múltiplas determinações inerentes à sociedade capitalista (SILVA, 2009). Diante disso, esta tese objetiva apresentar uma análise crítico-discursiva do trabalho de construção identitária individual de pessoas que viveram ou estão em situação de rua na cidade de Natal/RN, consoante suas próprias histórias de vida, configuradas por narrativas do “eu”. Para construir a análise, tomamos como foco três objetivos específicos: a) identificar redes de socialização representativas do trabalho de construção identitária individual; b) apontar as percepções de cada indivíduo diante do fenômeno população em situação de rua, e c) Discutir a identificação e a caracterização que cada indivíduo faz diante de suas relações com o fenômeno população em situação de rua. A fim de alcançarmos nossos objetivos, ancoramo-nos nos postulados teóricos da Análise Crítica do Discurso - ACD (FAIRCLOUGH, 2001, 2006), especificamente em sua Abordagem Sociológica e Comunicacional do Discurso - ASCD (PEDROSA, 2014, 2015), que abrange a Sociologia para a Mudança Social (BAJOIT, 2006, 2008, 2013) e a Linguística Sistêmico-Funcional, esta última, contemplando o Sistema de Transitividade (HALLIDAY, 1985, 1994; HALLIDAY e MATHIESSEN, 2004 e CUNHA e SOUZA, 2011). Metodologicamente, trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa (descritiva e interpretativa), ancorando-se na Linguística Aplicada (CELANI, 1992; SIGNORINI e CAVALCANTI, 1998; SIGNORINI, 1998; MOITA LOPES, 1990, 1996, 1998, 2006 e 2013). O corpus está organizado por cinco histórias de vida. As histórias foram constituídas por meio da oficina Linguagem e Identidade: “Letras nas ruas”, aplicada durante o II Seminário Potiguar de População em Situação de Rua e por meio do acesso à comunidade virtual Natal Invisível. Ante um contexto de apartação social, configurado pelas agruras vividas e alijamento de direitos humanos, os resultados salientam que a construção identitária individual de pessoas que viveram ou estão em situação de rua em Natal/RN compreende um trabalho do indivíduo enquanto sujeito de si mesmo frente à construção de identidade de resistência, de projeto e de política. Essas identidades revelam uma vontade ontológica direcionada à emancipação do sujeito em situação de rua, um sujeito politicamente consciente de seus direitos e deveres que caminha em direção ao seu empoderamento cidadão, reclamando promoção efetiva de políticas públicas destinadas a sua reinserção social. Uma vez que as identidades individuais são construídas por meio de posicionamentos ideológicos que alicerçam vozes contra-hegemônicas e contribuem para a superação de assimetrias sociais, infere-se que os sujeitos, ao construir suas identidades, podem promover mudança social e cultural, posto que deslegitimam os estigmas sociais negativos associados às pessoas em situação de rua em Natal/RN.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21409
Aparece nas coleções:PPGEL - Doutorado em Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JoaoBatistaDaCostaJunior_TESE.pdf2,28 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.