Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21519
Título: Os efeitos do programa de intervenção da psicomotricidade relacional com a criança autista na construção das interações sociais
Autor(es): Simeão, Débora Lima de Oliveira
Palavras-chave: Psicomotricidade relacional;Autismo;Relações afetivas;Objeto;Psicomotricista e pares
Data do documento: 22-Mar-2016
Citação: SIMEÃO, Débora Lima de Oliveira. Os efeitos do programa de intervenção da psicomotricidade relacional com a criança autista na construção das interações sociais. 2016. 50f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: The educational and therapeutic interventions with autistic person gained spaces in academic discussions, especially in the field of promoting social interaction, as well as being fundamental in the mediation of the learning process. Scientific research discuss to what extent the lack of social interaction, the contact with the other, can interfere with the development and training of the individual with autism. This lack evaluated is part of the autism spectrum, and note that it is necessary to create opportunities to autistic individuals mechanisms that make it possible to overcome the difficulties. In this understanding, the proposed study evaluated the benefits of intervention program in Psychomotor Relational with autistic children aged four years, reaching an audience of early childhood or pre-school age, male sex, in the aspect of affective relationships with the object, the relationship with the psychomotor and their peers. In the collection of the raw material research, medical records were used to history records, stating the registration of Psychiatry professional to confirm the diagnosis of autism and its stage of development, research inclusion criteria; using methodology as the description of the evolution of the child focus of research in the affective contact, through observations of photographs and videos made the case study, based on Lapierre theory and followers of qualitative cutting descriptive methodology. The research took place at the Psychosocial Care Center - CAPSi/Christmas-RN, an institution with peculiar characteristics, which works with individuals with intellectual, mental disorders and autistic individuals, the latter focus of research, which has the scope to seek circumstances can confirm or extend the approach of Psychomotor Relational through continuity or development of similar research. The results were encouraging in the field of affective relationships with the psychomotor. The child in focus established a link body communication and trust, as the object was found that the relational function had significant advances, which allowed us to establish contact with adults and with peers, and in this respect there was the game imitation, leading to a closer in building the perception of the other. In this dissertation we note that the approach Psychomotor Relational is a viable method in the work of autistic children in the building of personal relationships, and thus corroborating the proposed objectives.
metadata.dc.description.resumo: As intervenções pedagógicas e terapêuticas no campo do autismo ganharam espaços nas discussões acadêmicas, principalmente no campo da promoção da interação social, além de ser fundamental na mediação de todo processo de aprendizagem. No campo científico se discute até que ponto a ausência da interação social, do contato com o outro pode interferir no desenvolvimento e formação do indivíduo com autismo. Esta carência avaliada faz parte do espectro do autismo e nota-se que é preciso oportunizar aos indivíduos autistas mecanismos para lhe dar com essa dificuldade. Nesta acepção a proposta de pesquisa avaliou os benefícios do programa de intervenção em Psicomotricidade Relacional com criança autista na faixa etária de 4 anos, atingindo um público da primeira infância ou em idade pré-escolar, sexo masculino, no aspecto das relações afetivas junto ao objeto, a relação com o psicomotricista e seus pares. Um estudo de caso, de corte qualitativo com metodologia descritiva. Para coleta de dados foi utilizado prontuário com dados da anamnese e registro do profissional de Psiquiatria para confirmar o diagnóstico de autismo e estágio de desenvolvimento, critérios de inclusão da pesquisa, dados do campo afetivo e para análise dos dados foi baseado na observação de fotografias e vídeos. A pesquisa aconteceu no Centro de Atenção Psicossocial - CAPSi/Natal-RN, uma instituição com características peculiares, que trabalha com indivíduos com comprometimento intelectual, patologias mentais e indivíduos autistas, este último foco da pesquisa, o qual tem o escopo de buscar circunstâncias que podem confirmar ou ampliar a abordagem da Psicomotricidade Relacional. Os resultados foram encorajadores no campo das relações afetivas junto ao psicomotricista, a criança em foco estabeleceu um elo de comunicação corporal e de confiança, quanto ao objeto verificou-se que a função relacional teve avanços significativos, o qual permitiu estabelecer o contato com o adulto e com os pares, e nesta relação observou-se o jogo de imitação, o qual conduziu a uma maior aproximação e na construção da percepção do outro. Neste estudo nota-se que a abordagem em Psicomotricidade Relacional é um método alternativo considerável no trabalho junto às crianças autista na construção das relações afetivas, e assim, corroborando com os objetivos propostos.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21519
Aparece nas coleções:PPGEF - Mestrado em Educação Física

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DeboraLimaDeOliveiraSimeao_DISSERT.pdf3,28 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.