Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21559
Título: Letramento e trabalho: um estudo sobre práticas de letramento de profissionais da saúde no curso de formação para maternidade
Autor(es): Medeiros, Lindneide Dannyelle Maria Luzziara Araújo de Melo
Palavras-chave: Estudos de letramento;Formação para maternidade;Linguística aplicada
Data do documento: 29-Fev-2016
Citação: MEDEIROS, Lindneide Dannyelle Maria Luzziara Araújo de Melo. Letramento e trabalho: um estudo sobre práticas de letramento de profissionais da saúde no curso de formação para maternidade. 2016. 111f. Dissertação (Mestrado em Estudos da Linguagem) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: The literacy practices are materialized through written texts that reflect the way in which we make use this writing that establishes itself in literacy events whether implemented at school or in other places also responsible for human development. Thereby, Literacy Studies conquered visibility of spaces in recent years by addressing discussions focused on the actual use of language in different situations of interaction. Therefore, let us take as a research subject the literacy events promoted by ministrant professionals classes that make up the curriculum of the training course for motherhood, this is destined to pregnant women assisted by the Centro de Referência e Assistência Social - CRAS. In these terms, we have adopted as main objective to analyze the literacy practices of the Professional‟s team who teach the course, from proposing the categories proposed by Hamilton (2000), which comprise: participants, domain, artifacts and activities. The proposed research is situated within the Applied Linguistics to establish a focus on the intelligibility of social issues that include the use of language (MOITA LOPES, 2006). In theory, we anchor to the theoretical postulates of the Studies of literacy, especially those presented of Hamilton (2000); Heart (1993); Street (1995); Barton (1993); Oliveira (2010) which conceive the literacy as a social practice. In the scope of the labor literacy we based in Studies of PAZ (2008) and with regard to the theory of Genres, elected on grounds the contributions offered by Bakhtin (1997). In terms of methodology follows a qualitative approach to ethnographic data base Bogdan and Biklen (1994); Erickson (1986) and Chizzotti (2006). The corpus of the research was generated from the participant observation, semi-structured interviews, and questionnaires with open and closed questions and conversations wheels. The employees are professionals who teach classes and pregnant women are participants of the course. The analysis indicates a significant contribution of literacy practices promoted by the professional‟s team when it comes to collaborating with maternal education of pregnant women, both with regard to precautions to be taken during the pregnancy, and after childbirth and during the early stages of baby development. The relevance of this research reside in the provided subsidies for the expansion of issues relating to language studies as a social practice with a focus on literacy in labor spheres and even in the fact of addressing thematic little contemplated by contemporary publications that deal with the Literacy Studies.
metadata.dc.description.resumo: As práticas de letramento materializam-se através de textos escritos que refletem a maneira como fazemos uso da escrita, estabelecidas em eventos de letramento, sendo eles implementados na escola ou em outros espaços responsáveis também pela formação humana. Desse modo, os Estudos do Letramento conquistaram espaços de visibilidade nos últimos anos por abordarem temáticas voltadas para o uso real da linguagem nas mais diversas situações de interação. Diante disso, tomamos como objeto de pesquisa os eventos de letramento promovidos pelos profissionais ministrastes de aulas que constituem o currículo do Curso de Formação para Maternidade, destinado a mulheres grávidas assistidas pelo Centro de Referência e Assistência Social (CRAS). Nesses termos, adotamos como principal objetivo analisar as práticas de letramento efetivadas pela equipe de profissionais que ministra o referido Curso, a partir do que propõem as categorias propostas por Hamilton (2000), que compreende: participantes, domínio, artefatos e atividades. A pesquisa proposta situa-se no âmbito da Linguística Aplicada por estabelecer como foco a inteligibilidade de questões sociais referentes ao uso da linguagem (MOITA LOPES, 2006). Teoricamente, ancoramo-nos nos postulados teóricos dos Estudos de Letramento, especialmente nos apresentados por Hamilton (2000), Heart (1993), Street (1995), Barton (1993) e Oliveira (2010), que concebem o letramento como prática social. No âmbito do letramento laboral, apoiamo-nos nos estudos de Paz (2008) e, no que diz respeito à teoria dos Gêneros, elegemos com fundamentos os aportes oferecidos por Bakhtin (1997). Em termos metodológicos, a investigação segue uma abordagem de dados qualitativa, com traços de base etnográfica (BOGDAN; BIKLEN, 1994; ERICKSON, 1986; CHIZZOTTI, 2006). O corpus da pesquisa foi gerado a partir da observação participante, das entrevistas semiestruturadas, dos questionários constituídos por perguntas abertas e fechadas e das rodas de conversas. Colaboraram com a pesquisa os profissionais que ministraram as aulas do Curso e as gestantes que participaram da formação. As análises apontam para uma significativa contribuição das práticas de letramento promovidas pela equipe de profissionais no que se refere à formação para a maternidade das participantes, tanto no que diz respeito aos cuidados a serem tomados no âmbito da saúde física e psicológica no decorrer do período gestacional quanto após o parto e durante as fases iniciais do desenvolvimento do bebê. Os conteúdos abordados no Curso ajudam as mulheres grávidas a entenderem e enfrentarem as mudanças emocionais e corporais que a gestação acarreta. O trabalho desenvolvido pelos ministrantes reflete o letramento para o trabalho que abrange a construção de artefatos materiais para subsidiar sua atividade laboral e, ainda, favorece a constituição de uma postura agentiva nos profissionais e nas cursistas. A relevância desta pesquisa reside nos subsídios fornecidos para expansão de questões referentes aos estudos da linguagem como prática social, com foco no letramento em esferas laborais e ainda no fato de abordar temática pouco contemplada pelas publicações contemporâneas que versam sobre os Estudos de Letramento.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21559
Aparece nas coleções:PPGEL - Mestrado em Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LindneideDannyelleMariaLuzziaraAraujoDeMeloMedeiros_DISSERT.pdf1,3 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.