Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21729
Título: O corpo alienígena no entre-lugar mídias e artes: uma análise das personagens de Jornada nas Estrelas
Autor(es): Freire, Rafael Leite
Palavras-chave: Corpo alienígena;Corpo monstruoso;Trek in the Park;Jornada nas Estrelas;Entre-lugar;Gestual;Vulcano
Data do documento: 28-Mar-2016
Citação: FREIRE, Rafael Leite. O corpo alienígena no entre-lugar mídias e artes: uma análise das personagens de Jornada nas Estrelas. 2016. 123f. Dissertação (Mestrado em Artes Cênicas) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: This study aims to understand the continuities and discontinuities in the historical representation of the monstrous / alien bodies in the dialogue among the television, theatrical and cinematic language, seeking thus the betweenplace distance that goes along the body in a transversal direction in the spaces between these languages based on the Star Trek television series of the 1960s, the street theater project "Trek In The Park" (2009-2013), and the eponymous to the show, the film of (2009). These three artistic-media objects have been a change in the perception of the monstrous body. Down through history, this body was seen in various artistic productions as representing the ugly and producer of fear of felt, embarrassment and laughter. The analysis corpus presupposes a change to look at these bodies in contemporary times, because it is a period in which we are witnessing a major role of minorities, such as gays, blacks and women, and greater visibility of the monstrous body - now a generator of positive identification - in the areas of performance and the overall scene. Therefore, the specific objectives are: to go historically through the monstrous body of conceptions, to relate the concepts of body in contemporary times, and to analyze the production of senses and political investment in alien bodies. Thus, the theoretical and methodological path is constituted through intericonic movement proposed by Courtine (2013), which refers to images that are linked to the internal memory (memories) and external (various images viewed). As the concept of device, of Foucault (1979), understood as the network that interconnects speeches, institutions, philosophical or moral propositions, scientific statements, etc. As well as the expanded and updated concept by Agamben (2009). Thus, I analyze, two episodes of Star Trek also staged by the Theatre Company "Trek in the Park: Amok Time" and "Journey to Babel", looking in depth to debate about the body of Vulcan and his gestual. Finally, I conclude the character Spock as controversial and with anti-hero characteristics.
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho tem como objetivo geral compreender as continuidades e descontinuidades históricas na representação dos corpos monstruosos/alienígenas no diálogo entre a linguagem televisiva, teatral e cinematográfica. Procuro, assim, o entre-lugar que o corpo transversaliza nos espaços acerca dessas linguagens com base no seriado Jornada nas Estrelas dos anos 1960, no projeto de teatro de rua “Trek in The Park” (2009-2013), e no filme homônimo ao seriado (2009). Nesses três objetos artísticos-midiáticos se verificou uma mudança na percepção ao corpo monstruoso. No decorrer da história, esse corpo foi visto em produções artísticas variadas, como a representação do feio, e produtor dos sentidos de medo, constrangimento e riso. No corpus de análise pressuponho uma mudança ao olhar esses corpos na contemporaneidade, por se tratar de um período no qual se assiste a um maior protagonismo de minorias, a exemplo de gays, negros e mulheres, e ainda maior visibilidade do corpo monstruoso - agora gerador de identificação positiva - nos âmbitos da performance e da cena em geral. Portanto, os objetivos específicos são: percorrer historicamente as concepções de corpo monstruoso, relacionar as concepções de corpo na contemporaneidade, analisar a produção de sentidos e o investimento político nos corpos alienígenas. Para tanto, o trajeto teórico-metodológico se constitui por meio do movimento intericônico proposto por Courtine (2013), o qual se refere a imagens que estão ligadas à memória interna (lembranças) e externa (diversas imagens visualizadas). Tal como ao conceito de Dispositivo, de Foucault (1979), entendido como a rede que interliga discursos, instituições, proposições filosóficas ou morais, enunciados científicos, etc. Assim como o conceito ampliado e atualizado por Agamben (2009). Analiso, pois, dois episódios de Jornada nas Estrelas encenados também pela companhia Teatral “Trek in the Park: Tempo de Loucura” e “A Caminho para Babel”, procurando de forma aprofundada debater a respeito do corpo dos Vulcanos e seu gestual. Por fim, concluo o personagem Spock como controverso e com ares de anti-herói.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21729
Aparece nas coleções:PPGAC - Mestrado em Artes Cênicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
RafaelLeiteFreire_DISSERT.pdf5,45 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.