Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21738
Título: As práticas do cooperativismo no território sertão do Apodi (RN): potencialidades e limitações para agricultura familiar
Autor(es): Lima, Jéssica Samára Soares de
Palavras-chave: Agricultura familiar;Cooperativas;Território Sertão do Apodi
Data do documento: 16-Jun-2016
Citação: LIMA, Jéssica Samára Soares de. As práticas do cooperativismo no território sertão do Apodi (RN): potencialidades e limitações para agricultura familiar. 2016. 76f. Dissertação (Mestrado em Estudos Urbanos e Regionais) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: The practice of cooperativism it has been presented as an important tool to organize initiatives from participatory foundations, although the development of this cooperative in Brazil has occurred more effectively in the southern and south center of the country. In general, this model has developed in the country in a contradictory manner, seeking to balance between the socio-economic and structural issues that plague most cooperative producers. In the Northeast, as the territory Hinterland Apodi, Rio Grande do Norte, this process occurred with many ambiguities. This study aimed to analyze the factors that promoted the cooperative practices in the Territory Hinterland Apodi (RN), the potential and limitations to the recent development of cooperatives of family farming. The method used in this research was the study of multiple cases of qualitative and quantitative approach, using different data collection mechanisms, such as questionnaire, semi-structured interviews and unstructured interviews, analyzing cooperatives traditional and family agriculture in the Territory Hinterland Apodi (RN). The research universe consisted of the identification of 10 cooperatives and 04 cooperatives with traditional molds and 06 cooperatives of family farmers in 04 municipalities of the territory: Apodi, Caraúbas, Itaú and Umarizal. To achieve results were interviewed presidents, board members and founders. As a result it was possible to verify that the actors influenced cooperative practices in the Hinterland Apodi territory in the same way that the Catholic Church, evangelical churches, other cooperatives, the incentive of government programs. The emergence of family farming cooperatives also suffered due influences from traditional cooperativism, often caused by debt and frustrations of associative expectation, made the people afraid to try another experiment. So even recognizing that the action of cooperatives of farmers over the years, has become one of the most important instruments to trigger the process of economic dynamism in the territory. We conclude that the cooperative is a fundamental activity in the municipalities of Hinterland Apodi territory, where most beneficiaries are the municipalities headquarters of cooperatives. Even if the difficulties of competition, associated with problems to access to credit and the lack of legalization of processing units hindered the development of agricultural cooperatives of family farming at the local level, institutional learning factors also motivate producers to organize themselves, particularly when they are supported by public policies.
metadata.dc.description.resumo: A prática do cooperativismo tem-se apresentado como importante ferramenta para organizar iniciativas a partir de fundamentos participativos. No entanto, na região a nordestina, em particular o Território Sertão do Apodi (RN), as práticas do cooperativismo se contrasta entre as práticas tradicionais que possuem caraterísticas empresariais, onde a maioria dos integrantes da diretoria é composto por grupos de poder local, onde a ampla maioria dos cooperados eram pessoas com um baixo nível instrução se deixam ser influenciados. E práticas da agricultura familiar onde a partir da mobilização na base começaram a surgir cooperativas sob outro viés, com a finalidade de suprir a necessidade de organizar a produção e comercialização dos produtos da agricultura familiar. Nesse sentido, este trabalho objetivou analisar os fatores que promoveram as práticas do cooperativismo no Território Sertão do Apodi (RN), as potencialidades e limitações para o desenvolvimento recente das cooperativas da agricultura familiar. O método utilizado nesta pesquisa foi o estudo do caso múltiplos de caráter quali-quantitativo, no qual o objetivo foi analisar as cooperativas tradicionais e da agricultura familiar, no Território Sertão do Apodi (RN). O universo da pesquisa consistiu na identificação de 10 cooperativas, sendo 04 cooperativas com moldes tradicionais e 06 cooperativas da agricultura familiar, em 04 municípios do território: Apodi, Caraúbas, Itaú e Umarizal. Para alcance dos resultados foram aplicados formulários junto aos primeiros presidentes, presidentes atuais e sócios fundadores. Como resultados foi possível verificar que os fatores que influenciaram as práticas do cooperativismo no território Sertão do Apodi, foram a igreja católica, igrejas evangélicas, a influencias de outras cooperativas, o incentivo de programas. As cooperativas da agricultura familiar apresentam algumas características que difere das cooperativas ditas tradicionais ou até com algumas tradições/práticas. Mas há de se reconhecer que, as cooperativas se voltaram quase sempre ao predomínio do capital e acabaram por pender em direção a empresas com características comerciais e pouco se importando com os interesses de seus cooperados e das estruturas desiguais. No qual, o único ou quase único seja manter-se no mercado. Os que diferenciam são evidências concretizadas nas práticas de gestão democráticas e solidárias identificadas no nosso trabalho, contribuir para ampliar e aprofundar os conhecimentos sobre o cooperativismo rural potiguar e apontar alguns indicadores que posteriormente poderão ser usados em outras pesquisas que visem analisar experiências deste tipo, ou mesmo compará-las com outras que se autodenominam de solidária. Assim, o cooperativismo constitui-se importante instrumento para promover o desenvolvimento rural e para geração de renda. Consiste numa atividade fundamental nos municípios do território Sertão do Apodi, onde os mais beneficiados são os municípios sedes das cooperativas. Porém as dificuldades de competição, associado às dificuldades de créditos, e falta de legalização das unidades de beneficiamento dificultaram o desenvolvimento das cooperativas agropecuárias da agricultura familiar do Território Sertão do Apodi.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21738
Aparece nas coleções:PPGEUR - Mestrado em Estudos Urbanos e Regionais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JessicaSamaraSoaresDeLima_DISSERT.pdf2,37 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.