Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21781
Título: A construção transitiva no PB: uma abordagem funcional centrada no uso
Autor(es): Lucena, Nedja Lima de
Palavras-chave: Construções de estrutura argumental;Construção transitiva;Protótipo;Elos de polissemia;Linguística funcional centrada no uso
Data do documento: 26-Fev-2016
Citação: LUCENA, Nedja Lima de. A construção transitiva no PB: uma abordagem funcional centrada no uso. 2016. 153f. Tese (Doutorado em Estudos da Linguagem) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: This thesis examines a type of construction belonging to the argument structure construction subclass: the transitive construction. The work assumes that in the transitive construction, form and meaning pairings, there are syntactic-semantic aspects of such construction that cannot be attributed to the other. This way, the instances of the transitive construction are examined, composed by simple clauses formed syntactically of Subject – Verb – Object, arising from speaking and writing modalities, and collected from varied corpora. The research is oriented by the theoretical board of usage-based linguistics which holds the conception that the languages are shaped by the complex interaction of cognitive and functional principles. These develop a basal role in the manifestation of linguistic phenomenon. Thus, the thesis anchors itself fundamentally in the construction grammar model and prototypes model to explain the configuration of the transitive construction. At the light of this board, this work starts from the principle that the discourse manifestation of different instances of construction is directly connected to the conceptualization of the human experience, that is, to the way human beings apprehend the world and speak about it. It is assumed that distinct semantic types of verbs and their participant roles interact with the transitive construction, in a way that such interaction may motivate the emerging of new connotations attributed to the instances. In turn, these instances are linked amongst themselves through polysemy links, which may justify a hierarchic organization of the transitive construction in subschemas and microconstructions. Moreover, domain-general processes are subjacent to the discourse manifestations of the construction in screen and, therefore, are examined in the research. The work has concluded that the transitive construction is highly schematic and productive, as much in terms of types as in tokens, which justifies the high number of verbs licensed by this construction, as well as it attests the proximity and/or distancing amongst the instances are especially motivated by semantic properties. The proposition of investigating how the transitive construction manifests itself in the interactive use of language has by finality to contribute to the description of constructions of Portuguese language.
metadata.dc.description.resumo: Esta tese examina um tipo de construção pertencente à subclasse das construções de estrutura argumental: a construção transitiva. O trabalho assume que a construção transitiva - pareamento entre forma e significado - é uma construção do português, de maneira que há aspectos sintáticos-semânticos dessa construção que não podem ser atribuídos a outra. Desse modo, são examinadas as instanciações da construção transitiva, compostas por orações simples formadas sintaticamente por Sujeito - Verbo - Objeto, oriundas das modalidades de fala e de escrita, e coletadas de corpora diversos. A pesquisa é orientada pelo quadro teórico da Linguística Funcional Centrada no Uso, que abriga a concepção de que as línguas são moldadas pela complexa interação de princípios cognitivos e funcionais que desempenham um papel basilar na manifestação dos fenômenos linguísticos. Sendo assim, a tese ancora-se fundamentalmente no modelo da gramática de construção e no modelo dos protótipos para explicar a configuração da construção transitiva. À luz desse quadro, este trabalho parte do princípio de que a manifestação discursiva das diferentes instanciações da construção está diretamente ligada à conceptualização da experiência humana, isto é, ao modo como os seres humanos apreendem o mundo e falam sobre ele. Parte-se da hipótese de que distintos tipos semânticos de verbos e seus papéis participantes interagem com a construção transitiva, de maneira que essa interação pode motivar a emergência de novos sentidos atribuídos às instanciações. Por sua vez, essas instanciações estão ligadas entre si por meio de elos de polissemia, o que pode justificar uma organização hierárquica da construção transitiva em subesquemas e microconstruções. Além disso, processos cognitivos de domínio geral são subjacentes à manifestação discursiva da construção em tela e, por isso, são examinados na pesquisa. O trabalho conclui que a construção transitiva é altamente esquemática e produtiva, tanto em termos de types quanto de tokens, o que justifica o alto número de verbos licenciados por essa construção, bem como atesta que a aproximação e/ou afastamento entre as instanciações são motivados preponderantemente por propriedades semânticas. A proposta de investigar como a construção transitiva se manifesta no uso interativo da língua tem por finalidade contribuir para a descrição das construções do português.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21781
Aparece nas coleções:PPGEL - Doutorado em Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
NedjaLimaDeLucena_TESE.pdf1,51 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.