Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21815
Título: Interdisciplinariedade na reforma curricular do ensino médio maranhense: limites e possibilidades
Autor(es): Pinto, Conceição de Maria Pereira Serra
Palavras-chave: Interdisciplinaridade;Ensino médio;Currículo;Trabalho
Data do documento: 25-Fev-2016
Citação: PINTO, Conceição de Maria Pereira Serra. Interdisciplinariedade na reforma curricular do ensino médio maranhense: limites e possibilidades. 2016. 133f. Tese (Doutorado em Educação) - Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: In this research we analyze the principle of interdisciplinarity in the Curricular Reform of Secondary Education, in legal documents and University College Maranhão (COLUN). For this, we seek: to investigate, in a critical perspective, the proposed adoption of interdisciplinarity as the centerpiece of the reform, which is supported by Law nº 9.394/96, the Opinion nº 15/98 Resolution nº 03/98 and Resolution nº 02/2012 and reflect on the conditions of its effectiveness in the State of Maranhão reality. From this perspective, the survey incorporated a review of the legal provisions and review of educational literature that contributed to the historical analysis and critical discourse present in legal documents. Thus, the procedures adopted were built from the Curriculum Reform analysis. We showed that the Reformation, when drawing the high school curriculum is based on concepts of work, a prospect that workers can adapt flexibly to the new conditions imposed by the productive restructuring. We believe that the lack of theoretical clarity on the principle of interdisciplinarity, as well as the contradictions that occur within the social relations of capitalist production, contribute to the formulation of educational policies and pedagogical proposals little enlightening in relation to this principle, the main result ambiguous and idealized representations. We found that, historically, the relationship between curriculum and work in Brazil has been fluctuating between the artificial scholarship and narrow professionalization. We conclude that the work in an interdisciplinary perspective, is located within a complex network of mediations and tensions between the different spheres of society. This work constitutes an activity at the same time theoretical and practical. We emphasize that the construction of empirical research has been a limiting and reductionist process because the conditions for implementing the Dinter, leaving therefore gaps that may still be deleted.
metadata.dc.description.resumo: Nessa pesquisa analisamos o princípio da interdisciplinaridade na Reforma Curricular do Ensino Médio, nos documentos legais e no Colégio Universitário Maranhense (COLUN). Para isso, procuramos: investigar, numa perspectiva crítica, a proposta de adoção da interdisciplinaridade como eixo central da Reforma, a qual está amparada pela Lei nº 9.394/96, pelo Parecer nº 15/98, Resolução nº 03/98 e Resolução nº 02/2012 e, refletir sobre as condições de sua efetividade na realidade do Estado do Maranhão. Nessa perspectiva, a pesquisa realizada incorporou a revisão dos dispositivos legais e revisão da literatura educacional que contribuiu para a análise histórica e crítica do discurso presente nos documentos legais. Dessa forma, os procedimentos adotados se construíram a partir da análise da Reforma Curricular. Evidenciamos que a Reforma, ao desenhar o currículo do Ensino Médio, toma por base conceitos sobre o trabalho, numa perspectiva de que o trabalhador possa se adaptar com flexibilidade às novas condições impostas pela reestruturação produtiva. Consideramos que a falta de clareza teórica sobre o princípio da interdisciplinaridade, bem como as contradições que se dão no âmbito das relações sociais de produção capitalista, contribuem para a formulação de políticas educacionais e propostas pedagógicas pouco esclarecedoras em relação a esse princípio, tendo como principal consequência representações ambíguas e idealizadas. Identificamos que, historicamente, a articulação entre currículo e trabalho, no Brasil, tem oscilado entre o academicismo artificial e a profissionalização estreita. Concluímos que o trabalho numa perspectiva interdisciplinar, situa-se dentro de uma complexa rede de mediações e tensões entre as diferentes esferas da sociedade. Esse trabalho se constitui uma atividade ao mesmo tempo teórica e prática. Ressaltamos que a construção da pesquisa empírica, foi um processo limitador e reducionista devido as condições de realização do Dinter, deixando, portanto, lacunas que podem ainda ser suprimidas.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21815
Aparece nas coleções:PPGED - Doutorado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ConceicaoDeMariaPereiraSerraPinto_TESE.pdf560,93 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.