Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21947
Título: As práticas socioeducativas nos empreendimentos econômicos solidários da cidade de João Pessoa, PB: sentidos e significados sob a perspectiva da formação humana para a emancipação
Título(s) alternativo(s): The socio-educational practices in the economic solidary enterprises of João Pessoa, PB: senses and meanings from the perspective of human development for the emancipation
Autor(es): Oliveira, Alysson André Régis
Palavras-chave: Movimento de economia solidária;Empreendimentos econômicos solidários;Educação emancipatória;Práticas socioeducativas;Formação humana
Data do documento: 19-Ago-2016
Citação: OLIVEIRA, Alysson André Régis. As práticas socioeducativas nos empreendimentos econômicos solidários da cidade de João Pessoa, PB: sentidos e significados sob a perspectiva da formação humana para a emancipação. 2016. 237f. Tese (Doutorado em Educação) - Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: The objective of this thesis was to analyze the socio-educational practices in Solidary Economical Enterprises (SEE) in João Pessoa, PB, its senses and meanings, enquiring about its emancipatory character, on the assumption that the educational process in the solidary economy is be able to create new meanings and strategic policy directions, seeking to go beyond its own economic sphere, reaching broader fields in politics and culture. In this thesis, to the discussion of emancipation and its guiding elements, intellectuals who have education as the object of their philosophical concerns were highlighted. So, we appropriated, mainly, the Italian Antonio Gramsci‘s and the Brazilian Paulo Freire‘s ideas. The size of the study that harbored this thesis was the Social History, facing a history of crowds or a history of social groups, ie what would be relevant to be studied was certainly not the history of great men, or even the political history of the large states and institutions, but the history of the relations among the various social groups present in a society, particularly in their conflict situations. Methodologically, the work consisted of a multiple case study with qualitative approach that aimed to provide, within the cognitive stage of knowledge, an act or effect of knowing the object under study, describing the characteristic of the phenomenon studied and establishing relationships among variables. The social analysis unit consists of five SEE located in João Pessoa city, Paraíba, having as object of study their socio-educational practices, their senses and meanings, highlighting the emancipatory character. Data was collected through documents, focus groups and semi-structured individual interviews, generating display elements through qualitative analysis. Regarding the strategies of data treatment, we used the technique described as Discourse Analysis, establishing the relationship between the speech language / subject / story or language / ideology. It is worth pointing that the analysis of the data allowed us to understand that the social and educational practices in the SEE must be emphasized as playing field at the construction of men and women who have needs to be formed as human beings with dignity, not only as productive machines. Therefore, it was possible to affirm that education promote thelearning of emancipatory knowledge that contribute and enable the individual to consciously act, engaging in the struggle for transformation of perverse conditions, unfair and deniers human dignity. In short, it allowed us to conclude that, for this particular study, the socio-educational practices in the SEE collaborate with the perspective of human development for the emancipation considering these non-school spaces as an ideological development barn counterhegemonic.
metadata.dc.description.resumo: O objetivo desta tese foi analisar as práticas socioeducativas nos Empreendimentos Econômicos Solidários (EES) na cidade de João Pessoa, PB, seus sentidos e significados, indagando sobre seu caráter emancipatório, partindo do pressuposto de que o processo educativo na economia solidária seja capaz de criar novos significados e orientações políticas estratégicas, buscando ir além da própria esfera econômica, alcançando campos cada vez mais amplos da política e da cultura. Nesta tese, para a discussão da emancipação e seus elementos norteadores, deu-se destaque a intelectuais que têm a educação como objeto de suas preocupações filosóficas. Assim, nos apropriamos, principalmente, das ideias do italiano Antônio Gramsci e do brasileiro Paulo Freire. A dimensão de estudo que abrigou esta tese foi o da História Social, voltada para uma história das massas ou para uma história dos grupos sociais, ou seja, o que haveria de relevante a ser estudado não era certamente a história dos grandes homens, ou mesmo a história política dos grandes Estados e das instituições, mas sim a história das relações entre os diversos grupos sociais presentes em uma sociedade, particularmente nas suas situações de conflito. Metodologicamente, o trabalho consistiu em um estudo de caso múltiplo com enfoque qualitativo, que visou a proporcionar, dentro do estágio cognitivo de conhecimento, um ato ou efeito de conhecer o objeto em estudo, descrevendo as características do fenômeno estudado e estabelecendo relações entre variáveis. A unidade social de análise compõe-se de cinco EES localizados na cidade de João Pessoa, Paraíba, tendo como objeto de estudo as suas práticas socioeducativas, seus sentidos e significados, destacando o caráter emancipatório. Os dados foram coletados por meio de documentos, grupos focais e entrevistas individuais semiestruturadas, gerando elementos indicadores por meio da análise qualitativa. Em relação às estratégias de tratamento dos dados, utilizamos a técnica descrita de Análise de Discurso, estabelecendo a relação existente no discurso entre língua/sujeito/história ou língua/ideologia. Convém ressaltarmos que a análise dos dados nos permitiu entender que as práticas socioeducativas nos EES devem ser enfatizadas como campo de atuação ante a construção de homens e mulheres que têm as necessidades de ser formados como seres humanos com dignidade, e não apenas máquina produtiva. Sendo assim, foi possível afirmarmos que a educação promove a aprendizagem de conhecimentos emancipatórios, que contribuam e possibilitem o indivíduo a agir conscientemente, engajando-se na luta por transformações das condições perversas, injustas e negadoras da dignidade humana. Em suma, isso nos permitiu concluir que, para este estudo específico, as práticas socioeducativas nos EES colaboram com a perspectiva da formação humana para a emancipação, considerando estes espaços não escolares como um celeiro de desenvolvimento ideológico contra-hegemônico.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21947
Aparece nas coleções:PPGED - Doutorado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AlyssonAndreRegisOliveira_TESE.pdf5,26 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.