Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21949
Título: Teorias de aprendizagem em matemática: um estudo comparativo à luz da Teoria da Objetificação
Autor(es): Gomes, Severino Carlos
Palavras-chave: Teoria da objetificação;Teorias de aprendizagem em matemática;Pedagogia freireana;Elementos de uma teoria de aprendizagem
Data do documento: 10-Ago-2016
Citação: GOMES, Severino Carlos. Teorias de aprendizagem em matemática: um estudo comparativo à luz da Teoria da Objetificação. 2016. 119f. Tese (Doutorado em Educação) - Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: This work has as object of study theories of learning and their implications for the process of teaching and learning of mathematics. It is motivated by the search for characteristic elements of a theory of learning and, also, by the analysis of the possible consensus in the researcher’s community of the area regarding the elements that constitute these theories. We cannot deny the importance of the Learning Theories for the development of various elements of the educational process in contemporary schools – it is not different either in the case of Mathematics Education. There is a considerable amount of research involving Learning Theories and their implications for practicing in classroom, each one of them, we can say, pursues different objectives and emphasizes different aspects of learning. In a certain way, even the definition of learning itself varies from one theory to another. In this sense, this work is a presentation and analysis of the similarities and differences between some theories in Mathematics Education, with special attention to the fundamental concepts of The Theory of Knowledge Objectification or, simply, Theory of Objectification, and to Paulo Freirean Pedagogy within its implications for the learning process. Because of the theoretical nature of this research – and the extensive list of articles, books, dissertations about the theories here involved – we have decided for a bibliographical research in which the act of reading is the main tool for analysis and interpretation of data. Finally, our thesis focuses on the fact that learning theories can differ both as a structural manner conceptual mode. For structural difference we understand that fundamental notions of a theory does not necessarily exist or are considered another theory; or, when considered may have or not the same importance. On the conceptual distinction we understand same verbal formulation with different meanings in competing theories. Still, theories can save significant similarities in their basic concepts.
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho tem como objeto de estudo teorias de aprendizagem e suas implicações no processo de ensino e de aprendizagem de matemática. Além disso, este estudo é motivado pela busca de elementos característicos de uma teoria de aprendizagem e pela análise se há consenso na comunidade de pesquisadores da área sobre estes elementos constituintes das teorias. É inegável a importância das teorias de aprendizagem para o desenvolvimento de diversos elementos do processo educacional na escola contemporânea. Não é diferente no caso particular da Educação Matemática. Há uma quantidade considerável de pesquisas envolvendo teorias de aprendizagem e suas implicações para a prática da sala de aula. Cada uma delas persegue diferentes objetivos e enfatiza diferentes aspectos da aprendizagem. De certo modo, até mesmo o que é aprendizagem em si varia de uma teoria para outra. Neste sentido, este trabalho constitui-se em uma apresentação e análise das semelhanças e diferenças entre algumas teorias em voga na Educação Matemática, com atenção particular aos conceitos fundamentais da The Theory of Knowledge Objectification ou, simplesmente, theory of objectification (Teoria da Objetificação) e da Pedagogia Freireana e suas implicações para a aprendizagem dos indivíduos. Devido ao cunho teórico da pesquisa e a extensa produção de artigos, livros, dissertações e teses sobre estas duas teorias optamos pela metodologia da pesquisa bibliográfica no qual a leitura é a ferramenta principal para análise e interpretação dos dados. Por fim, nossa tese concentra-se no fato de que teorias de aprendizagem podem diferir entre si tanto de modo estrutural quanto de modo conceitual. Por diferença estrutural, entendemos que noções fundamentais de uma teoria não obrigatoriamente existem ou são consideradas em outra teoria; ou, quando são consideradas, podem ter ou não a mesma relevância. Por distinção conceitual, entendemos mesma formulação verbal com significados distintos nas teorias concorrentes. Mesmo assim, teorias podem guardar semelhanças significantes em suas noções fundamentais.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21949
Aparece nas coleções:PPGED - Doutorado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
SeverinoCarlosGomes_TESE.pdf2,64 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.