Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22109
Título: Construção dos componentes do diagnóstico de enfermagem atraso no desenvolvimento
Autor(es): Delgado, Millena Freire
Palavras-chave: Deficiência no desenvolvimento;Crescimento e desenvolvimento;Adolescente;Enfermagem
Data do documento: 24-Out-2016
Citação: DELGADO, Millena Freire. Construção dos componentes do diagnóstico de enfermagem atraso no desenvolvimento. 2016. 100f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: The adolescence represents a vital phase on the human’s development process, tagged by biosocial, cognitive and psychosocial transformations. Those changes are shaped by biological and social means. Therefore, the study’s objective is to build a nursing diagnostic regarding the teenagers’ developmental delay based on the literature. An analysis of concept was made, according to the referential of Walker and Avant, of which was operationalized by an integrative review. The used database were: SCOPUS, Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature, National Library of Medicine and National Institutes of Health, Latin – American and Caribbean Literature in Health Science, Web of Science and Science Direct and the Journal of Human Growth and Development. The crossing of the following descriptors, Developmental Disabilities, Growth and Development and Adolescent with the keywords, cognitive development, physical development, sexual maturity, delay and delayed puberty allowed to obtain an initial sample of 20,402 references that passed through three stages of evaluation, to know: Reading of title and summary, consensus with the research group and full reading of the selected references. The final sample resulted on a total of 51 references, which were precisely analyzed for the identification of four attributes; 15 antecedents and 16 consequents; this last was distributed on the biosocial, cognitive and psychosocial domains. The proposed structure for the nursing diagnostic is: Title – Teenagers’ development delay; domain – 13; class – 2; definition – Development below the expected for individuals between 10 and 19 years, caused by a delay on one or more of the following fields: cognition, behavior, social and pubertal; Defining characteristics – Biosocial domain – Low Self–esteem; dissatisfaction with its own image and delayed sexual maturity; Cognitive domain – Low scholar development; harmed daily activities; impaired oral communication; deficit on the executive and hyperactivity function; Psychosocial domain – behavior’s externalization; behavior’s internalization; difficult to express emotions; passive or dependent confrontation; emotional uncertainty and eating disorders; relate factors – abuse of psychotropic substances, unfavorable family environment, obstetric maternal conditions and neonatal, malnutrition, genetic disorders, chronic illness, adverse effects of medicine, exposure to toxic substances, infections, brain damage, social exclusion, non – acceptance of the body changes on puberty, obesity, emotional deprivation and physical trauma. This way, it is possible to conclude that the teenagers’ development delay is wide and involves relevant aspects that can contribute for the nurses’ clinical practices. In addition to this, it is believed that studies of this nature are an important base for the growth of nursing’s scientific body, subsidizing the development of proprietary technologies on the field.
metadata.dc.description.resumo: A adolescência constitui uma fase crítica do processo de desenvolvimento humano, marcada por transformações biossocial, cognitiva e psicossocial. Essas transformações são influenciadas pelos meios biológico e social. Assim, objetiva-se, neste estudo, construir o diagnóstico de enfermagem Atraso no desenvolvimento em adolescentes com base na literatura. Realizou-se uma análise de conceito, segundo o referencial de Walker e Avant, a qual foi operacionalizada por uma revisão integrativa. As bases de dados utilizadas foram: SCOPUS, Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature, National Library of Medicine and Nattional Institutes of Health, Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, Web of Science e Science Direct e o periódico Journal of Human Growth and Development. O cruzamento dos descritores Developmental Disabilities, Growth and Development e Adolescent e das palavras-chave Desenvolvimento cognitivo, Desenvolvimento físico, Maturação sexual, Atraso e Atraso na puberdade permitiu a obtenção de uma amostra inicial de 20.402 referências que passaram por três etapas de avaliação, a saber: leitura de título e resumo, consenso com o grupo de pesquisadores e leitura na íntegra das referências selecionadas. A amostra final resultou em um total de 51 referências, que foram minuciosamente analisadas para identificação dos atributos, antecedentes e consequentes do conceito Atraso no desenvolvimento em adolescentes. Os resultados mostram a identificação de quatro atributos; 15 antecedentes e 16 consequentes; este último distribuído nos domínios biossocial, cognitivo e psicossocial. A estrutura proposta para o diagnóstico de enfermagem é: título – Atraso no desenvolvimento em adolescente; domínio – 13; classe – 2; definição – Desenvolvimento abaixo do esperado para indivíduos entre 10 e 19 anos, ocasionado por atraso em uma ou mais das seguintes áreas: cognição, comportamento, social e puberal; Características definidoras - Domínio biossocial – Baixa autoestima; insatisfação com a própria imagem e maturação sexual atrasada; Domínio cognitivo – baixo desempenho escolar; atividade de vida diária prejudicada; comunicação verbal prejudicada; déficit de função executiva e hiperatividade; Domínio psicossocial – comportamento de externalização; comportamento de internalização; dificuldades de expressar emoções; enfrentamento passivo ou dependente; insegurança emocional e transtornos alimentares; fatores relacionados - abuso de substâncias psicotrópicas, ambiente familiar desfavorável, condições obstétricas maternas e neonatais, desnutrição, distúrbios genéticos, doença crônica, dor crônica, efeitos adversos de medicamentos, exposição a substâncias tóxicas, infecções, lesão cerebral, marginalização social, não aceitação das transformações corporais da puberdade, obesidade, privação emocional e trauma físico. Dessa forma, conclui-se que o conceito Atraso no desenvolvimento em adolescentes é amplo e envolve aspectos relevantes que contribuem para a prática cínica dos enfermeiros. Acredita-se ainda que estudos dessa natureza é uma base importante para o crescimento do corpo científico da enfermagem, subsidiando o desenvolvimento de tecnologias próprias da área.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22109
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MillenaFreireDelgado_DISSERT.pdf1,47 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.