Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22151
Title: Rearranjos cromossômicos, evolução genômica e diversificação cariotípica em tetradontiformes
Authors: Bezerra, Juliana Galvão
Keywords: Tetraodontiformes;Evolução cromossômica;Rearranjos;Sítios intersticiais;Genomas compactos
Issue Date: 3-Mar-2016
Citation: BEZERRA, Juliana Galvão. Rearranjos cromossômicos, evolução genômica e diversificação cariotípica em tetradontiformes. 2016. 60f. Dissertação (Mestrado em Sistemática e Evolução) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: A ordem Tetraodontiformes se destaca por exibir características morfológicas e genéticas bastante singulares, representando um dos principais ramos derivados da diversificação dos teleósteos. Alguns dos seus grupos constituem os vertebrados com os genomas mais compactos, qualificando-os como modelo de estudo da evolução do genoma. Esta característica genômica parece ser o resultado de perdas evolutivas de DNA. Com vistas a realizar comparações citogenômicas entre espécies de alguns grupos de Tetraodontiformes foram realizadas análises citogenéticas nas espécies Cantherhines pullus e Monacanthus chinensis (Monacanthidae), Sphoeroides testudineus (Tetraodontidae) e Melichthys Níger (Balistidae). As análises foram ralizadas utilizando as metodologias clássicas (coloração pelo Giemsa, bandamento C, Ag-RONs), coloração com fluorocromos base-específicos e mapeamento cromossômico através da hibridação in situ fluorescente (FISH) de sequências ribossomais 18S e 5S e teloméricas. As espécies C. pullus e M. niger revelaram cariótipos compostos de 40 cromossomos, todos acrocêntricos. Ambas possuem apenas um par de RONs e heterocromatinas, em maior parte, pericentroméricas, contudo, o mapeamento de sequências teloméricas em C. pullus mostrou marcações teloméricas intersticiais, resultado da dinâmica de rearranjos cromossômicos que ocorre no grupo. Comparações citogenéticas entre as espécies S. testudineus (2n=46; NF=74) e M. chinensis (2n=34; NF=34) revelaram cariótipos díspares em relação ao número diploide e de braços cromossômicos, bem como quanto ao diminuto tamanho dos cromossomos de S. testudineus, em relação ao grandes cromossomos acrocêntricos presentes em M. chinensis. A marcante divergência no tamanho dos cromossomos, estrutura cariotípica e distribuição de heterocromatina evidencia a elevada dinâmica cromossômica e as múltiplas tendências carioevolutivas presentes em Tetraodontiformes. Em vista do interesse sobre a evolução genômica na ordem, novas contribuições ao conhecimento dos seus genomas e cariótipos são fornecidos e discutidos sob perspectivas citogenômicas e evolutivas.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22151
Appears in Collections:PPGSE - Mestrado em Sistemática e Evolução

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JulianaGalvaoBezerra_DISSERT.pdf2.08 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.