Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22156
Título: Projeções e tendências da mortalidade por câncer de pulmão, traqueia e brônquios no Brasil
Autor(es): Barbosa, Maria Helena Pires Araújo
Palavras-chave: Neoplasias pulmonares;Previsões;Registros de mortalidade
Data do documento: 29-Ago-2016
Citação: BARBOSA, Maria Helena Pires Araújo. Projeções e tendências da mortalidade por câncer de pulmão, traqueia e brônquios no Brasil. 2016. 67f. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: Neoplasms represent the second cause of death worldwide. Among them, lung cancer stands out as the most common of all malignant tumors and a major cause of death among men and women in developed countries. The aim of this study is to analyze the trend of mortality from lung cancer from 1998 to 2012 and to realize prediction of mortality by the year 2032. This is an ecological study of mixed type that evaluated the mortality rate lung cancer noting the age of the population, as well as the place of residence of these deaths considering a historical series of 15 years. The predictions of each period were calculated using the model age - period - cohort Nordpred program in software R. The mortality trend analysis was performed using the Joinpoint Regression Program software. The Annual Percentage Chance (APC) was used to assess the trend of each segment analyzed and estimating statistically significant values considering a 95% confidence level. In addition, we evaluated whether changes in the number of deaths are related to the population or the risk of developing lung cancer. In Brazil 2,237,346 deaths were due to cancer in the period from January 1 1998 to December 31, 2012 and 273,357 (12.21%) were from lung cancer. The age group with the highest number of deaths in both men and women, was understood by persons aged greater than or equal to 60 years. The analysis by Joinpoint showed significant reduction in the standardized mortality rate for the entire Brazilian territory, as well as in all regions for men. For women, the North tended to stability with subsequent joinpoint in 2015 and a significant reduction trend. But the analysis revealed that both Brazil and to other regions, except the North, there was a trend of significant increase and presence of joinpoint with subsequent period of stability. However, these changes in men and women will be related to the size or to change the age of the population. We conclude that in the period investigated, considering men and women, there will be differences in mortality from lung cancer in Brazil and the Brazilian regions. And, among other factors, this change will have regard to the size and age of the study population.
metadata.dc.description.resumo: As neoplasias representam a segunda causa de morte no mundo. Entre elas, o câncer de pulmão destaca-se como o mais comum de todos os tumores malignos e uma das principais causas de mortalidade entre homens e mulheres nos países desenvolvidos. O objetivo deste trabalho é analisar a tendência de mortalidade por câncer de pulmão no período de 1998 a 2012 e realizar projeção da taxa de mortalidade até o ano de 2032. Trata-se de um estudo ecológico do tipo misto que avaliou a taxa de mortalidade por câncer de pulmão observando a faixa etária da população, assim como o local de residência desses óbitos considerando uma série histórica de 15 anos. As projeções de cada período foram calculadas utilizando o modelo idade – período – coorte do programa Nordpred, no software R. A análise de tendência de mortalidade foi realizada por meio do software Joinpoint Regression Program. Foi utilizado o Annual Percentage Change (APC) para avaliar a tendência de cada seguimento analisado e estimando os valores estatisticamente significativos considerando um nível de confiança de 95%. Ademais, avaliou se alterações no número de mortes estão relacionadas à população ou ao risco de desenvolver o câncer de pulmão. No Brasil 2.237.346 óbitos foram decorrentes de neoplasia no período de 1° de janeiro de 1998 a 31 de dezembro de 2012 e 273.357 (12,21%) foram por câncer de pulmão. A faixa etária com maior número de óbitos, tanto em homens quanto em mulheres, foi a compreendida pelos indivíduos com idade maior ou igual a 60 anos. A análise por meio de Joinpoint apontou redução significativa na taxa de mortalidade padronizada para todo o território brasileiro, assim como em todas as regiões para os homens. Para as mulheres, a região Norte apresentou tendência à estabilidade com posterior joinpoint em 2015 e tendência à redução significativa. Mas, a análise revelou que tanto para o Brasil quanto para as demais regiões, com exceção da região Norte, houve tendência de aumento significativo e presença de joinpoint com posterior período de estabilidade. Contudo, essas mudanças em homens e mulheres estarão relacionadas ao tamanho ou às mudanças estrutura etária da população. Conclui-se que no período investigado, considerando homens e mulheres, haverá diferenças na mortalidade por câncer de pulmão no Brasil e nas regiões brasileiras. E, entre outros fatores, essa mudança terá relação com o tamanho e a faixa etária da população investigada.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22156
Aparece nas coleções:PPGSCOL - Mestrado em Saúde Coletiva

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MariaHelenaPiresAraujoBarbosa_DISSERT.pdf1,96 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.