Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22240
Title: Indicadores de sustentabilidade para campos petrolíferos em terra (ISPETRO): uma proposta metodológica de sistematização
Authors: Nicodemo, Leonardo Pivôtto
Keywords: Campos petrolíferos em terra;Seleção participativa de indicadores de sustentabilidade;Sistematização de indicadores de sustentabilidade
Issue Date: 17-Aug-2016
Citation: NICODEMO, Leonardo Pivôtto. Indicadores de sustentabilidade para campos petrolíferos em terra (ISPETRO): uma proposta metodológica de sistematização. 2016. 220f. Tese (Doutorado em Desenvolvimento e Meio Ambiente) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Abstract: The tessitura of the contemporary discussion about the sustainability of the oil industry becomes increasingly evident while at environmental aspects of this activity presents, mainly in oil fields situated on land, a potential significant for the generation of environmental impacts. The general objective of the thesis was to propose a selection methodology, adaptation, validation, prioritization and systematization of sustainability indicators in oil fields on land (ISPETRO). Thus, the following specific objectives were defined, analyze the perception of social actors directly affected by oil activity as a tool for participative selection of sustainability indicators; analyze the scientific positioning of a network of specialists, through the adoption the Delphi method as a tool for selecting sustainability indicators; propose a participatory methodology of selection of sustainability indicators guided in the relation of perception of integrated social actors at scientific opinion from a network of specialists; propose the validation, prioritization and systematization of a set of indicators to evaluate the sustainability of oil fields on land. The methodology it was structured into four parts, for the first hypothesis we used the methodology applied to the communities where it was considered the exploratory and descriptive category as the types of most suitable research. Were conducted standardized or structured interviews in order to aggregate the perception of residents of different oil fields. For data analysis, was performed the correspondence analysis that consists of a multivariate statistical technique which provides tools to analyze the association between rows and columns of a contingency table. The quantitative data analysis proceeded with multivariate statistical technique of correspondence (AC) through the construction of contingency tables with determined variables described, as well as was used the multinomial proportions test for the categorization of the influence of the groups analyzed over each indicator. In this test, are evaluated proportions pairwise in the two levels of data contingency table between the multinomial. To evaluate the qualitative data was performed with the aid of Content Analysis, using the "analytical description which operates according to systematic and objective procedures of message content". Thus, it was necessary the proposal of a consistent methodology scientifically and to allow the crossing of the perception of the communities with scientific positioning of specialists, were thus established and systematized the criteria for inclusion and exclusion of indicators. After the adaptation of the indicators based on the participation of specialists and population, proceeded to the principal component analysis (PCA) which is one of the most used statistical analyzes to describe patterns of variation of the data in a multivariate set. Were performed two distinct stages for the selection of relevant variables for the construction of sustainability indexes of the oil fields and Gas of Rio Grande do Norte: (1) an initial PCA was performed for inspection of data weighting of the Analytical Hierarchy Process (AHP) and to indicate qualitative and quantitatively which sustainability indicators suitable for their respective dimensions and, (2) a posteriori, PCAs for each dimension, separately, to select the most relevant indicators. Were selected 23 indicators that were analyzed according to the discrepancy informed by specialists about the dimensions of sustainability and were reordered at indicators of economic dimension E1, E2, E12, E13, E17 and S15; indicators of social dimension S4, S5, S14, S17 and S19; indicators of environmental dimension E3, A1, A7, A8, A10, A19 and A28; indicators of institutional dimension E19, E20, S20 and A29. It was concluded that sustainability can be measured by a set of indicators defined as priorities able to indicate the status of sustainability of oil fields on land, can be implemented the complementary indicators to the purpose of refinement of evaluation. Are pointed out as the state of sustainability most favorable the oil fields with smaller interface with communities and who did not have a Permanent Protection Areas near their installations.
Portuguese Abstract: A tessitura da discussão contemporânea acerca da sustentabilidade da indústria petrolífera torna-se cada vez mais notória ao passo em que os aspectos ambientais desta atividade apresentam, principalmente em campos petrolíferos situados em terra, um significativo potencial para geração de impactos ambientais. Portanto, o objetivo geral da tese foi o de propor uma metodologia de seleção, adaptação, validação e priorização e sistematização de indicadores de sustentabilidade campos petrolíferos em terra (ISPETRO). Assim, foram definidos os seguintes objetivos específicos, analisar a percepção dos atores sociais diretamente afetados pela atividade petrolífera como ferramenta para seleção participativa de indicadores de sustentabilidade; analisar o posicionamento científico de uma rede de especialistas, mediante a adoção do método Delphi como ferramenta para seleção de indicadores de sustentabilidade; propor uma metodologia participativa de seleção de indicadores de sustentabilidade pautada na relação da percepção dos atores sociais integrada ao parecer científico de uma rede de especialistas; propor a validação, priorização e sistematização de um conjunto de indicadores para avaliação de sustentabilidade de campos petrolíferos em terra. Foram realizadas entrevistas padronizadas ou estruturadas a fim de agregar a percepção dos moradores dos diferentes campos petrolíferos. Para análise dos dados, foi utilizada a análise de correspondência que consiste em técnica estatística multivariada, que fornece ferramentas para analisar a associação entre as linhas e colunas de uma tabela de contingência. A análise dos dados quantitativos procedeu-se com a técnica estatística multivaridada de correspondência (AC) através da construção de tabelas de contingência com as determinadas variáveis descritas, bem como utilizou-se do teste de proporções multinomiais para a categorização da influência dos grupos analisados sobre cada indicador. Neste teste são avaliadas proporções par a par nos dois níveis da tabela de contingência de dados entre as multinomiais. Foi necessária a proposição de uma metodologia consistente cientificamente e que permitisse o cruzamento da percepção das comunidades com o posicionamento científico dos especialistas, logo foram estabelecidos e sistematizados os critérios de inclusão e exclusão dos indicadores. Após a adaptação dos indicadores com base na participação dos especialistas e da população, procedeu-se à análise de componentes principais (ACP) que é uma das mais utilizadas análises estatísticas para descrever padrões de variações dos dados em um conjunto multivariado. Foram realizadas duas etapas distintas para a seleção das variáveis relevantes para a construção dos índices de sustentabilidade dos Campos de Petróleo e Gás do Rio Grande do Norte: (1) uma ACP inicial foi realizada para inspeção dos dados de ponderação do Processo Analítico Hierárquico (AHP) e para indicar quali-quantitativamente quais os indicadores de sustentabilidade adequados para as suas respectivas dimensões e, (2) a posteriori, ACPs para cada dimensão, separadamente, para selecionar os indicadores mais relevantes. Foram selecionados 23 indicadores que foram analisados conforme a discrepância informada pelos especialistas quanto às dimensões da sustentabilidade e ficaram reordenados em indicadores da dimensão econômica E1, E2, E12, E13, E17 e S15; indicadores da dimensão social S4, S5, S14, S17 e, S19; indicadores da dimensão ambiental E3, A1, A7, A8, A10, A19 e A28; indicadores da dimensão institucional E19, E20, S20 e A29. Conclui-se que a sustentabilidade pode ser mensurada por um conjunto de indicadores definidos como prioritários capazes de indicar a situação da sustentabilidade de campos petrolíferos em terra podendo ser acrescentados os indicadores complementares com a finalidade de refinamento da avaliação. Apontam-se como o estado de sustentabilidade mais favorável os campos petrolíferos com menor interface com as comunidades e que não apresentaram Áreas de Proteção Permanente próximas às suas instalações.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22240
Appears in Collections:PRODEMA - Doutorado em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LeonardoPivottoNicodemo_TESE.pdf9,01 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.