Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22297
Título: Governança no setor público: uma análise das práticas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Autor(es): Batista, Edimilson Monteiro
Palavras-chave: Governança pública;Gerencialismo;Transparência;Participação social
Data do documento: 14-Dez-2016
Citação: BATISTA, Edimilson Monteiro. Governança no setor público: uma análise das práticas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. 2016. 128f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão Pública) - Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: The brazilian public administration search over time a more responsive and efficient with performance results that best meet the needs of society. Beyond the New public management in Brazil, held from 1995, whose central focus is the reduction of bureaucracy and costs, increasing the efficiency of public services and the control of economic results, the research discusses the emergence of governance in the public sector, with the practices of transparency, social participation, ethical relationships, commitment to accountability (accountability) , evaluation and risk management and the integration of stakeholders in the implementation of public policies. Using as data collection instrument the semi-structured interview held with 7 leaders of the Federal University of Rio Grande do Norte (UFRN), the research, classified as exploratory, descriptive and qualitative aims to examine governance practices in the public sector, its concepts, principles and propositions are being adopted by the senior management of the institution. The results of the work show that, among the surveyed, 10 practices are being adopted by the institution and 18 have not been deployed in the municipality, showing that the largest number of public governance concepts and principles linked to practices adopted are: efficiency, risk management; transparency; and responsibility. Among the practices adopted are: the lack of a formal and transparent process to ensure that appointments to the Board of Directors comply with the criteria of competence and merit; the assessment of members of senior management based on performance indicators and targets; the lack of a risk management plan; and the absence of institutional guidelines for social participation and involvement of organized civil society in the planning and participatory budgeting. The findings of the survey, more than point practices adopted by the Organization, signaling to the opportunities for improvement of governance, to the extent that such practices will be implemented in the institution research.
metadata.dc.description.resumo: A administração pública brasileira busca ao longo dos tempos uma atuação mais ágil e eficiente com resultados que melhor satisfaçam as necessidades da sociedade. Para além da Nova Gestão Pública no Brasil, realizada a partir de 1995, cujo foco central é a redução da burocracia e dos custos, o aumento da eficiência dos serviços públicos e o controle dos resultados econômicos, a pesquisa aborda o surgimento da governança no setor público, com as práticas da transparência, da participação social, das relações éticas, do compromisso de prestação de contas (accountability), da avaliação e gestão de riscos e da integração entre as partes interessadas na execução das políticas públicas. Utilizando-se como instrumento de coleta de dados o formulário de entrevista semiestruturada realizada com 7 dirigentes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), a pesquisa, classificada como exploratória, descritiva e qualitativa, objetiva analisar se práticas de governança no setor público, seus conceitos, princípios e proposições estão sendo adotadas pela alta gestão da instituição. Os resultados do trabalho demonstram que, entre as práticas pesquisadas, 10 estão sendo adotadas pela instituição e 18 ainda não foram implantadas na autarquia, evidenciando-se que o maior número de princípios e conceitos de governança pública vinculados às práticas não adotadas são: eficiência, gestão de riscos, transparência e responsabilidade. Entre as práticas não adotadas estão: a inexistência de processo formal e transparente para garantir que nomeações ao corpo diretivo obedeçam aos critérios da competência e do mérito; a não avaliação dos membros da alta administração com base em indicadores e metas de desempenho; a inexistência de plano de gestão de riscos; e a ausência de diretrizes institucionais, para a participação social e envolvimento da sociedade civil organizada no planejamento e orçamento participativo. As constatações da pesquisa, mais que apontar práticas não adotadas pela organização, sinalizam para as oportunidades de melhoria da governança, na medida em que tais práticas vierem a ser implementadas na instituição pesquisada.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22297
Aparece nas coleções:PPGGP - Mestrado em Gestão Pública

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EdimilsonMonteiroBatista_DISSERT.pdf1,39 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.