Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22370
Título: Agregação de fatores de risco para doenças cardiometabólicas entre adolescentes de baixa renda do sexo feminino
Autor(es): Melo, Elza Maria Fernandes Seabra de
Palavras-chave: Adolescentes;Fatores de risco;Doença cardiovascular;Obesidade
Data do documento: 3-Jul-2015
Citação: MELO, Elza Maria Fernandes Seabra de. Agregação de fatores de risco para doenças cardiometabólicas entre adolescentes de baixa renda do sexo feminino. 2015. 58f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: Objectives: To assess the prevalence and clustering pattern of risk factors for cardiometabolic diseases among low-income female adolescents. Methods: A crosssectional study involving 196 students of public schools (11-19 years). The following risk factors were considered for analysis: weight excess, central obesity, dyslipidemia, high blood pressure, and high fasting glucose. The ratio between observed and expected prevalence and its confidence interval were used to identify combinations of risk factors that exceed the expected prevalence in the population. Results: The most prevalent risk factors were dyslipidemia (70.9%), and central obesity (39.8%), followed by weight excess (29.6%), and high blood pressure (12.8%). A total of 42.9% of adolescents had two or more risk factors and 24% three or more. Weight excess, central obesity, and dyslipidemia were common risk factors among the clustering patterns that had observed prevalence higher than expected. Conclusions: The clustering of risk factors (≥ two factors) among the adolescents had a considerable prevalence, as well as a not casual coexistence of weight excess, central obesity, and dyslipidemia (mainly low HDL-cholesterol).
metadata.dc.description.resumo: Objetivos: avaliar a prevalência e o padrão de agregação de fatores de risco para doenças cardiometabólicas entre adolescentes de baixa renda do sexo feminino. Métodos: foi realizado estudo transversal envolvendo 196 estudantes de escola pública (11-19 anos). Os seguintes fatores de risco foram considerados para análise: excesso de peso, obesidade central, dislipidemia, pressão arterial elevada e glicemia de jejum elevada. A razão entre a prevalência observada e esperada e os respectivos intervalos de confiança foram utilizados para identificar combinações de fatores de risco que excediam o esperado para a população. Resultados: os fatores de risco mais prevalentes foram dislipidemia (70,9%) e obesidade central (39,8%), seguidos do excesso de peso (29,6%) e pressão arterial elevada (12,8%). Do total, 42,9% apresentaram dois ou mais fatores de risco e 24% três fatores ou mais. Excesso de peso, obesidade central e dislipidemia foram fatores de risco comuns entre os padrões de agregação que apresentaram prevalência observada maior que esperada. Conclusões: a agregação de fatores de risco (≥ dois fatores) nas adolescentes apresentou considerável prevalência, assim como a coexistência não casual do excesso de peso, obesidade central e dislipidemia (principalmente HDL - colesterol baixo).
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22370
Aparece nas coleções:PPGCSA - Mestrado em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ElzaMariaFernandesSeabraDeMelo_DISSERT.pdf1,88 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.