Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22507
Título: Implicações discursivas das expressões idiomáticas sob a ótica da análise construcional do discurso
Autor(es): Silva, Vanilton Pereira da
Palavras-chave: Discurso;Linguística cognitiva;Semântica de Frames;Metáfora;Expressões idiomáticas
Data do documento: 1-Dez-2016
Citação: SILVA, Vanilton Pereira da. Implicações discursivas das expressões idiomáticas sob a ótica da análise construcional do discurso. 2016. 76f. Tese (Doutorado em Estudos da Linguagem) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: In this thesis, we investigate the role of idiomatic expressions in the process of meaning construction and its implications for speech. To that end, we assume that the application of the Grammar Model for Embodied Construction in the analysis of idiomatisms, in specific contexts of use, provides subsidies for the understanding of the studied phenomenon, since it highlights the way in which frames, schemes and metaphorical projections are integrated in the production semantic specifications (semspec); the way in which these “semspec” are addressed in the scope of the situational and discursive contexts; and the way in which the inferences are produced throughout the discursive processing. In this work, we rely on the notions of categorization (LAKOFF, 1987; FELDMAN, 2006), constructions (BERGEN, CHANG, 2003, 2005), frames (LAKOFF, 2004; DUQUE, 2015), framing (LAKOFF, 2004), schemes (LAKOFF, 1987; JOHNSON, 1987; DUQUE, 2015), metaphors (LAKOFF, JOHNSON, 1980, 1999; LAKOFF, 2008), context (VAN DIJK, 2012), corporeality (LAKOFF, JOHNSON, 1999; BERGEN, 2005, 2010), affordances (GIBSON, 1977, 1979) and idiomaticity (FILLMORE, KAY, O’CONNOR, 1988; SILVA, 2012). The advocated hypothesis claims that idiomatic expressions organize a set of metaphorical mappings based on framing, i.e., the framework modeling process, through which the speech is structured. The corpus of this work is made up of the Portuguese idiomatic expressions “abandonar o barco”, “chutar o balde”, “agarrar com unhas e dentes” and “filho de peixe peixinho é”, which are distributed in 15 texts extracted from the internet by means of the Google search engine. The employed methodology has a qualitative nature, as it enables the accomplishment of an empirical analysis of data, without the worry about relying on quantitative information, and is underpinned by the Model of Constructional Analysis, which has a formalism of linguistic analysis specifically made to compose a simulation-based modeling of meaning construction. The information obtained in the analysis points out that idiomatic expressions not only associate conventionalized and schematic meanings, but also integrate elements such as actions, inferences and abstractions, thereby influencing the discursive organization and the processes of meaning construction of texts.
metadata.dc.description.resumo: Nesta tese, investigo o papel das expressões idiomáticas no processo de construção de sentido e suas implicações no discurso. Para isso, parto do pressuposto de que a aplicação do Modelo de Gramática de Construção Corporificada na análise de idiomatismos, em contextos específicos de uso, fornece subsídios à compreensão do fenômeno estudado, pois evidencia: como frames, esquemas e projeções metafóricas se integram na produção de especificações semânticas (semspec); como essas semspec são resolvidas no âmbito dos contextos situacional e discursivo; e de que maneira as inferências são produzidas durante o processamento discursivo. Nessa empreitada, recorro às noções de categorização (LAKOFF, 1987; FELDMAN, 2006), construções (BERGEN, CHANG, 2003, 2005), frames (LAKOFF, 2004; DUQUE, 2015), framing (LAKOFF, 2004), esquemas (LAKOFF, 1987; JOHNSON, 1987; DUQUE, 2015), metáforas (LAKOFF, JOHNSON, 1980, 1999; LAKOFF, 2008), contexto (VAN DIJK, 2012), corporalidade (LAKOFF, JOHNSON, 1999; BERGEN, 2005, 2010), affordances (GIBSON, 1977, 1979) e idiomaticidade (FILLMORE, KAY, O’CONNOR, 1988; SILVA, 2012). A hipótese defendida é a de que as expressões idiomáticas ajustam um conjunto de mapeamentos metafóricos com base no framing, processo de modelagem de frames, por meio do qual o discurso é estruturado. O corpus deste trabalho é constituído pelas expressões idiomáticas “abandonar o barco”, “chutar o balde”, “agarrar com unhas e dentes” e “filho de peixe peixinho é” distribuídas em 15 textos retirados da internet por meio do mecanismo de busca Google. A metodologia utilizada é de cunho qualitativo, uma vez que permite a realização de uma análise empírica dos dados, sem a preocupação de recorrer a informações quantitativas, e se alicerça no Modelo de Análise Construcional, que apresenta um formalismo de análise linguística feito especificamente para compor uma modelagem de construção de sentido baseada em simulação. As informações obtidas na análise indicam que as expressões idiomáticas não só associam significados convencionalizados e esquemáticos, mas também integram elementos como ações, inferências e abstrações, influenciando a organização discursiva e os processos de construção de sentido dos textos.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22507
Aparece nas coleções:PPGEL - Doutorado em Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
VaniltonPereiraDaSilva_TESE.pdf1,48 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.