Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22526
Título: Formação de professores alfabetizadores em cursos de pedagogia: sentidos de professores formadores
Autor(es): Vituriano, Hercília Maria de Moura
Palavras-chave: Formação de professores;Alfabetização;Curso de Pedagogia
Data do documento: 29-Fev-2016
Citação: VITURIANO, Hercília Maria de Moura. Formação de professores alfabetizadores em cursos de pedagogia: sentidos de professores formadores. 2016. 1f. Tese (Doutorado em Educação) - Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: This thesis aims to analyze the training of literacy teachers in pedagogy courses, from meanings attributed to this process by teacher-trainers who work with specific disciplines of literacy in these courses. I assume that the training of literacy teachers in pedagogy courses consists of multiple processes and is marked by several factors, among them the ways teachers-trainers, who work in these courses with literacy courses, give meaning to teacher training and its objects or specific focus, such as literacy. These senses, drawn up in their stories of personal and professional life are, although not exclusively and directly, constitutive of its educational actions, relations and developments in the learning of students, trainees in these courses. The study took as theoretical and methodological support the perspective of qualitative research, linking it with the principles of cultural-historical approach LS Vygotsky and dialogism M. Bakhtin for research on human processes that focus on those studies, the centrality language and interactions as constitutive of the object and its understanding of processes. Empirical research was carried out through semi-structured interviews with four teachers-trainers working in higher education institutions Pedagogy four courses of public and private networks of Sao Luis, MA. Analysis of expressed senses was built taking two major structural areas: teacher training and literacy to analyze the constituent sense bases for the training of literacy teachers in teaching courses in study. As for Teacher Training, the statements showed its significance as a link between theory and practice; as a relationship between performance contexts; as a relation between practices - teaching, research and extension; as a relationship between teacher knowledge. As for literacy, the senses expressed by trainers teachers emerged as appropriation practices of reading and writing; of action / training field; relationship with literacy and as a subject of initial training. The relationship between these axes - teacher training and literacy - grasp the following statements as an expression of their meanings in relation to training literacy teachers in pedagogy courses: limitations of the actions of the Course (unequal relationship time training x specific curriculum demands); difficulty of theory-practice articulation; need for extrapolation to the requirements of the curriculum; At the same time, the teacher educators emphasized possibilities of ongoing actions in this training process - outputs produced by them: The relationship between the theoretical and practical activities; Linkage between university-school contexts; Articulation between teaching and research activities; Articulation between education and extension activities; Articulation between different knowledge. The evidence that we can produce in our exercise of interpretation point to the need to intensify discussions and actions that contribute to an expansion of training opportunities for literacy teachers in pedagogy courses, considering the importance of this process for the teachers who are responsible for this process at school.
metadata.dc.description.resumo: A presente tese tem como objetivo analisar a formação de professores alfabetizadores em Cursos de Pedagogia, a partir de sentidos atribuídos a esse processo por professores-formadores que atuam com disciplinas específicas de alfabetização nesses cursos. Partimos do pressuposto de que a formação de professores alfabetizadores em Cursos de Pedagogia constitui-se de múltiplos processos e é marcada por diversos fatores, dentre eles, os modos como os professores-formadores, que atuam nesses cursos com disciplinas de alfabetização, dão significado à formação docente e seus objetos ou focos específicos, tal como a alfabetização. Esses sentidos, elaborados em suas histórias de vida pessoal e profissional, são, ainda que não exclusiva e diretamente, constitutivos de suas ações-relações de ensino e de desdobramentos nas aprendizagens dos discentes-formandos nos referidos cursos. O estudo assumiu como aporte teórico-metodológico a perspectiva da abordagem qualitativa de pesquisa, articulando-a com princípios da abordagem histórico-cultural de L. S. Vigotski e do dialogismo de M. Bakhtin para a pesquisa sobre processos humanos que privilegiam, nesses estudos, a centralidade da linguagem e das interações como constitutivas do objeto e de seus processos de compreensão. A pesquisa empírica realizou-se por meio de entrevistas semiestruturadas com quatro professores-formadores que atuam em Cursos de Pedagogia de quatro instituições de ensino superior das redes pública e privada de São Luís, MA. A análise dos sentidos expressos foi construída tomando dois grandes eixos estruturantes: formação de professores e alfabetização para analisar as bases constituintes dos sentidos relativos a formação de professores alfabetizadores nos cursos de Pedagogia em estudo. Quanto à Formação Docente, os enunciados evidenciaram sua significação como relação entre teoria e prática; como relação entre contextos de atuação; como relação entre práticas – ensino, pesquisa e extensão; como relação entre saberes da docência. Quanto à alfabetização, os sentidos expressos pelos professores formadores emergiram como: apropriação de práticas de ler e escrever; campo de atuação/formação; relação com Letramento e como objeto da formação inicial. Da relação entre esses eixos – formação docente e alfabetização - apreendemos os seguintes enunciados como expressão de seus sentidos em relação a formação de professores alfabetizadores em cursos de Pedagogia: limites das ações do Curso (relação desigual tempo da formação x demandas curriculares específicas); dificuldade de articulação teoria-prática; necessidade de extrapolação do previsto no currículo; Ao mesmo tempo, os professores formadores ressaltaram possibilidades das ações do curso nesse processo formativo – saídas produzidas por eles: Articulação entre as atividades teóricas e as práticas; Articulação entre contextos universidade-escola; Articulação entre atividades de ensino e pesquisa; Articulação entre atividades de ensino e extensão; Articulação entre diferentes saberes. As evidências que conseguimos produzir em nosso exercício de interpretação apontam para a necessidade de intensificação das discussões e ações que contribuam para uma ampliação das possibilidades de formação de professores alfabetizadores em cursos de Pedagogia, considerando a relevância desse processo para os professores, que respondem por esse processo na escola.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22526
Aparece nas coleções:PPGED - Doutorado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
HerciliaMariaDeMouraVituriano_TESE.pdf1,14 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.