Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22669
Título: Avaliação do desempenho da estratégia saúde da família no controle da hipertensão arterial sistêmica em municípios do estado da Paraíba
Autor(es): Silva, Christiana Souto
Palavras-chave: Hipertensão arterial;Atenção básica;Avaliação em saúde
Data do documento: 10-Set-2015
Citação: SILVA, Christiana Souto. Avaliação do desempenho da estratégia saúde da família no controle da hipertensão arterial sistêmica em municípios do estado da Paraíba. 2015. 105f. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
metadata.dc.description.resumo: O Ministério da Saúde do Brasil preconiza o controle da Hipertensão Arterial Sistêmica através de ações da Estratégia Saúde da Família. Faz-se, assim, necessário avaliações e análises do desempenho e impacto dessas ações para o controle da doença nos serviços de saúde. Neste contexto teve-se como objetivo avaliar o desempenho dos serviços prestados nas unidades de saúde para o controle da HAS nos municípios de João Pessoa e Campina Grande da Paraíba por meio da percepção dos atores: usuários, gestores e profissionais. A interface multidisciplinar da pesquisa se manifesta pela articulação das áreas de epidemiologia, estatística e saúde pública. Trata-se de um estudo de coorte retrospectiva realizado em 2009, 2010 e 2011, de base populacional, de caráter descritivo e analítico por meio da amostragem aleatória e probabilística, para cada um dos atores das Unidades de Saúde da Família dos municípios estudados. Adotou-se como referencial teórico-metodológico as dimensões essenciais da atenção primária propostas por Starfield: Acesso, Vínculo, Elenco de serviços, Coordenação, Enfoque na família e Orientação para a comunidade, por meio da aplicação de questionários validados para os atores. Os resultados foram apresentados em três artigos que avaliaram, respectivamente: a adesão/vínculo do usuário e o controle pressórico; o grau de satisfação com o serviço dos três atores e uma comparação que procurou medir o grau de satisfação de usuários e profissionais entre os dois municípios estudados. Os resultados principais mostraram: um alto percentual de usuários com graus de satisfação elevados, todavia com níveis pressóricos não controlados; usuários e profissionais com graus de satisfação mais elevados do que os gestores e diferenças significativas nos graus de satisfação entre profissionais e usuários do mesmo município para algumas dimensões e entre os municípios. O estudo enfatizou a importância do acompanhamento e monitoramento rotineiros das ações desenvolvidas nos serviços e atividades pelos profissionais de saúde, bem como reforçou a importância do acompanhamento do hipertenso. Defendeu-se que a importância da avaliação não é somente uma questão localizada, mas que extrapola as fronteiras dos municípios estudados ao aplicar instrumentos que permitiram a medição da percepção dos três atores envolvidos com cuidado dos hipertensos da Estratégia Saúde da Família
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22669
Aparece nas coleções:PPGCSA - Doutorado em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ChristianaSoutoSilva_TESE.pdf5,57 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.