Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22822
Título: Características da carcaça de ovinos confinados alimentados com palma forrageira e fenos de leguminosas
Título(s) alternativo(s): Carcass characteristics of sheep fed with confined cactus pear of pulses hay
Autor(es): Medeiros, Mariana Campelo
Palavras-chave: Biometria;Cordeiros;Escore corporal;Rendimento;Composição tecidual
Data do documento: 29-Ago-2014
Citação: MEDEIROS, Mariana Campelo. Características da carcaça de ovinos confinados alimentados com palma forrageira e fenos de leguminosas. 2014. 63f. Dissertação (Mestrado em Produção Animal) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: Containment is a sustainable system when used in combination with alternative foods that meet the nutritional needs of animals and become economically viable for the producer. Foods that have the characteristics of resistance to periods of drought in the semiarid northeast, as cactus pear and legumes are used and evaluated in animals. Thus, the objective of this study was to evaluate carcass characteristics and tissue composition of sheep meat in confinement. Was used cactus pear with four different types of legumes hay: Catanduva, sabiá, catingueira and gliricídia. We used 24 sheep half SPRD (without defined breed) x 1/2 Soinga intact male, with an average body weight of 21.4 kg. When they reach 60 days of the experiment the animals were submitted to the slaughter. The use of palm associated with legume hays provided changes (P <0.05) for the variables thigh circumference (43.50 cm), empty body weight (24.45 cm), TGI content (6.65 kg ), chest circumference (68.50 cm), weight and yield of the palette (17.30 kg and 1.22%) and loin (18.67 kg and 1.39%) and leg weight (31.10 kg ), bone percentage (18.98%), muscle: bone (4.17 %) and omental fat (0.97 kg). Cactus pear associated with hay forage legumes can be noted in sheep feeding in confinement for maintaining desirable carcass characteristics of animals.
metadata.dc.description.resumo: O confinamento é um sistema sustentável quando utilizado associado a alternativas alimentares que supram as necessidades nutricionais dos animais e torne-se viável economicamente para o produtor. Alimentos que apresentem características de resistência aos períodos de estiagem no semiárido nordestino, como a palma forrageira e as leguminosas, devem ser utilizados e avaliados nos animais. Assim, objetivou-se com esse estudo avaliar as características de carcaça e composição tecidual da carne de ovinos em confinamento. Foi utilizada a palma forrageira associada a fenos de quatro diferentes tipos de leguminosas: Catanduva, sabiá, catingueira e gliricídia. Utilizou-se 24 ovinos 1/2 SPRD (sem padrão racial definido) x 1/2 Soinga, machos não castrados, com peso vivo médio de 21,4 kg. Ao atingirem 60 dias de experimento os animais foram submetidos ao abate. A utilização de palma associada aos fenos de leguminosas proporcionou alterações (P<0,05) para as variáveis perímetro da coxa (43,50 cm), peso do corpo vazio (24,45 cm), conteúdo do TGI (6,65 kg), perímetro do tórax (68,50 cm), pesos e rendimentos da paleta (17,30 kg e 1,22%) e lombo (18,67 kg e 1,39 %) e peso da perna (31,10 kg), porcentagem de osso (18,98 %), relação músculo:osso (4,17 % ) e para gordura omental (0,97 kg). Palma forrageira associada a fenos de leguminosas pode ser indicada na alimentação de ovinos em confinamento por manter características de carcaça desejáveis nos animais.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22822
Aparece nas coleções:PPGPA - Mestrado em Produção Animal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MarianaCampeloMedeiros_DISSERT..pdf1,51 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.