Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22833
Title: Andanças entre currais, dádivas e políticas públicas: o Programa Brasil Quilombola na comunidade Negros do Riacho em Currais Novos-RN
Authors: Vieira, Flávia Maria Silva
Keywords: Políticas públicas; dádivas; reciprocidade; quilombolas.
Issue Date: 25-May-2015
Citation: VIEIRA, Flávia Maria Silva. Andanças entre currais, dádivas e políticas públicas: o Programa Brasil Quilombola na comunidade Negros do Riacho em Currais Novos-RN. 2015. 165f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: Neste trabalho são discutidas questões que dizem respeito às políticas públicas voltadas para quilombolas a partir da avaliação do Programa Brasil Quilombola na Comunidade Negros do Riacho, localizada na zona rural do município de Currais Novos-RN. A comunidade é conhecida pelas dificuldades sócio-econômicas que enfrenta ao longo de pelo menos cem anos de permanência no território. Observaremos as relações de troca, reciprocidade e hierarquia que se revelam nas práticas sociais nos microespaços locais e em nível mais amplo da política nacional para quilombolas. Com o objetivo de compreender de que forma as ações são efetivadas localmente, procuraremos responder por que algumas demandas são atendidas em detrimento de outras e como se estruturam estas prioridades na agenda política do município. A precariedade ainda se faz presente no cotidiano dos moradores do Riacho e o acesso às ações do Programa não tem sido completamente viabilizado apesar da existência de demandas históricas. Assim, através da observação das práticas cotidianas dos quilombolas e dos agentes implementadores, iremos descrever o processo que envolve a efetivação de políticas públicas nesta comunidade e questionar o modelo de intervenção da administração pública municipal na promoção de políticas para quilombos.
Abstract: Neste trabalho são discutidas questões que dizem respeito às políticas públicas voltadas para quilombolas a partir da avaliação do Programa Brasil Quilombola na Comunidade Negros do Riacho, localizada na zona rural do município de Currais Novos-RN. A comunidade é conhecida pelas dificuldades sócio-econômicas que enfrenta ao longo de pelo menos cem anos de permanência no território. Observaremos as relações de troca, reciprocidade e hierarquia que se revelam nas práticas sociais nos microespaços locais e em nível mais amplo da política nacional para quilombolas. Com o objetivo de compreender de que forma as ações são efetivadas localmente, procuraremos responder por que algumas demandas são atendidas em detrimento de outras e como se estruturam estas prioridades na agenda política do município. A precariedade ainda se faz presente no cotidiano dos moradores do Riacho e o acesso às ações do Programa não tem sido completamente viabilizado apesar da existência de demandas históricas. Assim, através da observação das práticas cotidianas dos quilombolas e dos agentes implementadores, iremos descrever o processo que envolve a efetivação de políticas públicas nesta comunidade e questionar o modelo de intervenção da administração pública municipal na promoção de políticas para quilombos.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22833
Appears in Collections:PPGCS - Mestrado em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AndançasEntreCurrais_Vieira_2015.pdf7,82 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.