Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22856
Título: Representação social de estagiários (as) do curso de pedagogia acerca da docência
Autor(es): Vieira, Antonia Maira Emelly Cabral da Silva
Palavras-chave: Representação social;Docência;Profissão
Data do documento: 16-Fev-2016
Citação: VIEIRA, Antonia Maira Emelly Cabral da Silva. Representação social de estagiários (as) do curso de pedagogia acerca da docência. 2016. 195f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: A docência se vislumbra, na esfera social, como atividade plural que se estabelece por saberes, competências, vivências, trajetórias e estilos de trabalho. Nessa circunstância, os processos formativos de construção profissional se dão em meio à sistematização das aprendizagens na academia e à construção diária de conhecimentos, a partir das práticas sociais e troca de saberes na relação teórico-prática, permitida, principalmente, pela formação inicial. Diante disso, buscamos identificar a representação social de estagiários (as) que cursam disciplinas de Estágio Supervisionado no curso de Pedagogia da UERN, acerca da docência. Propomos ainda, perceber como o curso e, em específico, as disciplinas de Estágio Supervisionado contribuem para construção dessa representação. Para tanto, apoiamo-nos na Teoria da Representação Social (MOSCOVICI, 1978), a fim de desvelar aspectos simbólicos desse processo de construção da imagem sobre docência como um fenômeno social. Como aporte complementar, fizemos uso da Teoria do Núcleo Central (ABRIC, 1998). Para coleta de dados aplicamos a Técnica de Associação Livre de Palavras - TALP, o questionário, a entrevista semiestruturada e a observação in loco. O tratamento dos dados foi realizado através dos softwares EVOC e Excel, bem como a partir da técnica de Análise de Conteúdo. Os resultados contemplam regularidades que nos permitem perceber que os sujeitos da pesquisa constroem uma representação de docência multifacetada, observada de forma intensa por meio dos elementos do núcleo central: amor, dedicação, ensinar e aprender. Esses são, pois, pressupostos necessários à profissão. Diante disso, os resultados revelam, ainda, que o ser e o fazer docente se pautam na representação social de docência em quatro dimensões: técnico-profissional, criativa e sensível, sócio formativa e a dimensão do desafio. Assim, encontramos indícios de que essa imagem simbólica e representacional se constrói a partir de esquemas de percepções gerados pelas trajetórias de vida, amalgamados aos elementos que definem a escolha da profissão, bem como no desvelamento formativo de construção identitária através da práxis e de um possível habitus engendrado nas trajetórias socioculturais.
metadata.dc.description.resumo: A docência se vislumbra, na esfera social, como atividade plural que se estabelece por saberes, competências, vivências, trajetórias e estilos de trabalho. Nessa circunstância, os processos formativos de construção profissional se dão em meio à sistematização das aprendizagens na academia e à construção diária de conhecimentos, a partir das práticas sociais e troca de saberes na relação teórico-prática, permitida, principalmente, pela formação inicial. Diante disso, buscamos identificar a representação social de estagiários (as) que cursam disciplinas de Estágio Supervisionado no curso de Pedagogia da UERN, acerca da docência. Propomos ainda, perceber como o curso e, em específico, as disciplinas de Estágio Supervisionado contribuem para construção dessa representação. Para tanto, apoiamo-nos na Teoria da Representação Social (MOSCOVICI, 1978), a fim de desvelar aspectos simbólicos desse processo de construção da imagem sobre docência como um fenômeno social. Como aporte complementar, fizemos uso da Teoria do Núcleo Central (ABRIC, 1998). Para coleta de dados aplicamos a Técnica de Associação Livre de Palavras - TALP, o questionário, a entrevista semiestruturada e a observação in loco. O tratamento dos dados foi realizado através dos softwares EVOC e Excel, bem como a partir da técnica de Análise de Conteúdo. Os resultados contemplam regularidades que nos permitem perceber que os sujeitos da pesquisa constroem uma representação de docência multifacetada, observada de forma intensa por meio dos elementos do núcleo central: amor, dedicação, ensinar e aprender. Esses são, pois, pressupostos necessários à profissão. Diante disso, os resultados revelam, ainda, que o ser e o fazer docente se pautam na representação social de docência em quatro dimensões: técnico-profissional, criativa e sensível, sócio formativa e a dimensão do desafio. Assim, encontramos indícios de que essa imagem simbólica e representacional se constrói a partir de esquemas de percepções gerados pelas trajetórias de vida, amalgamados aos elementos que definem a escolha da profissão, bem como no desvelamento formativo de construção identitária através da práxis e de um possível habitus engendrado nas trajetórias socioculturais.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/22856
Aparece nas coleções:PPGED - Mestrado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AntoniaMairaEmellyCabralDaSilvaVieira_DISSERT.pdf2,17 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.