Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22880
Título: Entre lembranças, desejos e moralidades - Narrativas de travestis e suas famílias em Natal-RN
Autor(es): Silva, Marcos Mariano Viana da
Palavras-chave: Travestis;Pessoas trans;Família;Moral;Gênero
Data do documento: 22-Fev-2016
Citação: SILVA, Marcos Mariano Viana da. Entre lembranças, desejos e moralidades - Narrativas de travestis e suas famílias em Natal-RN. 2016. 110f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: A dissertação tem como objetivo estudar como se desdobram as experiências trans nos modos de vida de suas famílias a partir das narrativas de vida das colaboradoras de pesquisa em Natal-RN. Para isso, metodologicamente o trabalho constitui-se como uma pesquisa qualitativa ancorada pela realização de entrevistas com questionários semiestruturados com três famílias. Será usado também, como método analítico das narrativas de vida das colaboradoras de pesquisa, a análise do discurso (FOUCAULT, 1996). Almejamos articular as noções de moral em sociologia com os casos relatados no processo de pesquisa, com o intuito de problematizar a transfobia familiar e desvelar as mudanças geracionais das relações familiares das travestis e transexuais relacionando os estudos da pesquisa com as etnografias produzidas sobre o tema no Brasil. A partir da análise das narrativas de vida pôde-se alcançar temas e conceitos que foram problematizados nesta pesquisa, como por exemplo: a imposição do gênero na infância; a moral no ambiente familiar; o uso dos termos cis e trans; o desejo pela manipulação das identidades; a adoção pelo saber médico e por algumas colaboradoras de pesquisa da categoria classificatória disforia de gênero para diagnosticar as experiências trans, a existência de casos de evitação nas relações familiares e a moral nos relacionamentos amorosos das pessoas trans. Pretendemos, com isso, oferecer um trabalho que forneça conteúdo técnico, teórico e metodológico para os campos da sociologia e teoria queer.
metadata.dc.description.resumo: A dissertação tem como objetivo estudar como se desdobram as experiências trans nos modos de vida de suas famílias a partir das narrativas de vida das colaboradoras de pesquisa em Natal-RN. Para isso, metodologicamente o trabalho constitui-se como uma pesquisa qualitativa ancorada pela realização de entrevistas com questionários semiestruturados com três famílias. Será usado também, como método analítico das narrativas de vida das colaboradoras de pesquisa, a análise do discurso (FOUCAULT, 1996). Almejamos articular as noções de moral em sociologia com os casos relatados no processo de pesquisa, com o intuito de problematizar a transfobia familiar e desvelar as mudanças geracionais das relações familiares das travestis e transexuais relacionando os estudos da pesquisa com as etnografias produzidas sobre o tema no Brasil. A partir da análise das narrativas de vida pôde-se alcançar temas e conceitos que foram problematizados nesta pesquisa, como por exemplo: a imposição do gênero na infância; a moral no ambiente familiar; o uso dos termos cis e trans; o desejo pela manipulação das identidades; a adoção pelo saber médico e por algumas colaboradoras de pesquisa da categoria classificatória disforia de gênero para diagnosticar as experiências trans, a existência de casos de evitação nas relações familiares e a moral nos relacionamentos amorosos das pessoas trans. Pretendemos, com isso, oferecer um trabalho que forneça conteúdo técnico, teórico e metodológico para os campos da sociologia e teoria queer.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/22880
Aparece nas coleções:PPGCS - Mestrado em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MarcosMarianoVianaDaSilva_DISSERT.pdf1,21 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.