Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23006
Título: Aspectos operacionais e custos de dois sistemas de exploração de lenha na caatinga
Título(s) alternativo(s): Operational aspects and costs of two logging systems for firewood in the caating, Brazil
Autor(es): Lopes, Eduardo de Almeida
Palavras-chave: Energia;Região Nordeste;Transporte florestal;Custo da lenha
Data do documento: 17-Dez-2015
Citação: LOPES, Eduardo de Almeida. Aspectos operacionais e custos de dois sistemas de exploração de lenha na caatinga. 2015. 57f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: Sustainable forest management in the Caatinga has great importance, especially to meet the main demand of energy inputs used in the Northeast. However, there are few studies to support the planning and the technical and economic design of firewood logging activities in Caatinga. In this context, this study aimed to analyze and estimate the costs of two logging systems, one manual (with ax and sickle), located in the municipality of João Câmara, Agreste Region, and other semi-mechanized (with chainsaw), located in the municipality of Santa Cruz, Agreste Region, in areas with Sustainable Forest Management in the state of Rio Grande do Norte, Brazil. Data collection was based on observation and timing of operating activities (time and motion study). They were considered effective work the following activities: cutting of trees (felling and bucking), piling, firewood organization, and opening truck trail. On average, the total working journey was 10.17 hours in the manual system, with operational efficiency of 60.5%, and 7.22 hours in semi-mechanized system with operational efficiency of 67.2%. The average productivity was higher in semi-mechanized system, 6.4 stereos per man per day, or the equivalent of 1.32 stereos per effective hour. In manual system, were produced, on average, 4.8 stereos per man per day, and equivalent to 0.78 stereos per effective hour. The cost of the manual operating system was R$ 11.17 per stereo (R$ 8.71/h) while the semi-mechanized system was R$ 14.44 per stereo (R$ 19.06/h). The cost of the transport related to the manual system was R$ 5.47 per stereo for the average distance of 75 Km. Regarding to the semi-mechanized system, the cost was lower (R$ 2.54 per stereo) due to the shorter distance transported (20 Km). Logging was the principal component of the total cost of firewood, representing 66% in the manual system and 83% in semi-mechanized system.
metadata.dc.description.resumo: O manejo florestal sustentável na Caatinga é de grande importância, sobretudo para atender à principal demanda de insumos energéticos utilizados na região Nordeste. Porém, há poucos estudos para subsidiar o planejamento e o dimensionamento técnico e econômico das atividades de exploração de lenha na Caatinga. Neste contexto, este trabalho objetivou analisar e estimar os custos de dois sistemas de exploração de lenha, um manual (com machado e foice) localizada no município de João Câmara, Região Agreste e outro semimecanizado (com motosserra), localizada no município de Santa Cruz, Região Agreste, ambos no Estado do Rio grande do Norte, onde as áreas estavam submetidas ao Plano de Manejo Florestal Sustentável (PMFS). A coleta de dados foi realizada por meio de observações e cronometragem das atividades operacionais (estudo de tempos e movimentos). Foram consideradas como trabalho efetivo as seguintes atividades: corte das árvores (derrubada e traçamento), emetramento da lenha, organização da lenha, abertura de boca de rodagem e carregamento. Em média, a jornada total de trabalho foi de 10,17 horas no sistema manual, com eficiência operacional de 60,5%, e de 7,22 horas no sistema semimecanizado, com eficiência operacional de 67,2%. A produtividade média foi maior no sistema semimecanizado, 6,4 st/homem.dia, ou o equivalente a 1,32 estéreos por hora efetiva (st/he). No sistema manual, foram produzidos, em média, 4,8 st/homem.dia, equivalente a 0,78 st/he. O custo do sistema de exploração manual foi de R$ 11,17/st (R$ 8,71/he) enquanto que o do sistema semimecanizado foi de R$ 14,44/st (R$ 19,06/he). O custo de transporte referente ao sistema manual foi de R$ 5,47/st para a distância média de 75 Km. Em relação ao sistema semimecanizado, o custo de transporte foi menor (R$ 2,54/st) devido à menor distância transportada (20 Km). A exploração foi o componente de maior incidência sobre o custo total da lenha, 66% no sistema manual e 83% no sistema semimecanizado.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/23006
Aparece nas coleções:PPGCF - Mestrado em Ciências Florestais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EduardoDeAlmeidaLopes_DISSERT..pdf2,52 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.