Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23103
Título: Índice de vulnerabilidade costeira e risco à inundação em cenários de mudanças climáticas no estuário do Rio Piranhas-Açu com utilização de imagens de sensores orbitais e de LiDAR aeroportado
Autor(es): Alcoforado, Alex Vinicius Capistrano
Palavras-chave: Dinâmica costeira;Geotecnologias;Inundação;Mudanças climáticas;Erosão marinha;Uso e ocupação
Data do documento: 9-Mar-2017
Citação: ALCOFORADO, Alex Vinicius Capistrano. Índice de vulnerabilidade costeira e risco à inundação em cenários de mudanças climáticas no estuário do Rio Piranhas-Açu com utilização de imagens de sensores orbitais e de LiDAR aeroportado. 2017. 121f. Dissertação (Mestrado em Geodinâmica e Geofísica) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Resumo: Coastal zones worldwide present intense environmental dynamics associated to the interaction among atmosphere/lithosphere and hydrosphere. These places are rich in natural resources and have been intensely occupied by socioeconomic activities. Therefore, populations nearby are exposed to risks of change in natural processes related to climate change. In this setting, the estuary of Piranhas-Açu River is a case study for The Coastal Vulnerability Index (CVI) in different climate change scenarios. This index accounts physical and dynamics features of the environment and was calculated using Geotechnology tools, Digital Image Processing, Landsat 8-OLI multispectral imagery and airborne LiDAR altimetry data controlled using precision geodesy kinematic and static ground control points. The resultant thematic mapping was integrated in Geographic Information System in order to simulate inundation risk of the estuary with different projections of sea level rise in extreme events conditions, according to the International Panel on Climate Change (IPCC). The results for best and the worst scenarios show 17% - 42% of the coast in high and very high coastal erosion vulnerability and 274- 291km2 of estuary at flood risk.
metadata.dc.description.resumo: As zonas costeiras e estuarinas em todo mundo são caracterizadas por intensa dinâmica ambiental, decorrente das interações entre atmosfera, litosfera, biosfera e hidrosfera. Nesses locais, concentram-se recursos naturais que têm sofrido forte ocupação por atividades socioeconômicas, provocando riscos de que a população em seu entorno seja afetada por alterações nesses processos de dinâmica ambiental diante das mudanças climáticas globais. Diante disso, estabeleceu-se para o caso do Estuário do Rio Piranhas-Açu, no Estado do Rio Grande do Norte (RN) a aplicação do o método de Índice de Vulnerabilidade Costeira à Erosão (IVC) para diferentes cenários de mudanças climáticas, em que são ponderadas variáveis físicas e dinâmicas do ambiente, empregando geotecnologias como o processamento digital e imagens multiespectrais do Landsat 8-OLI e dados altimétricos de levantamento aeroportado de LiDAR, controlados por métodos geodésicos de precisão e estatísticos. Os mapas temáticos obtidos foram integrados em sistema de informações geográficas onde efetivou-se a simulação do risco à inundação do estuário baseado em diferentes cenários de projeções da elevação do nível médio do mar em condições de eventos extremos, segundo o Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC). Os resultados da melhor e da pior projeção mostraram entre 17% 42% da LC está sob condições de alta e muito alta vulnerabilidade à erosão e entre 274- 291 km² da planície estuarina está em risco de inundação.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/23103
Aparece nas coleções:PPGG - Mestrado em Geodinâmica e Geofísica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AlexViniciusCapistranoAlcoforado_DISSERT.pdf11,29 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.