Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23170
Título: Trabalho como princípio educativo: uma possibilidade de superação da dualidade educacional no ensino médio integrado.
Autor(es): Medeiros Neta, Olivia Morais de
Assis, Sandra Maria
Lima, Aline Cristina Silva
Palavras-chave: Trabalho como princípio educativo;Ensino médio integrado;Currículo integrado;Educação profissional
Data do documento: Jul-2016
Citação: MEDEIROS NETA, Olivia Morais de; ASSIS, Sandra Maria; LIMA, Aline Cristina Silva. O trabalho como princípio educativo: uma possibilidade de superação da dualidade educacional no ensino médio integrado. Revista Eletrônica Científica Ensino Interdisciplinar, v. 2, p. 106-120, 2016. Disponível em: <http://periodicos.uern.br/index.php/RECEI/article/view/1957>. Acesso em: 24 abr. 2017.
Resumo: In this article, to examine the work as an educational principle in the context of the Integrated High School (EMI), reflecting on the current capitalist society and its emerging need for skilled labor, and at the same time alienated. So we ask: we train students only to meet the needs of capital? Against this conception, we think the EMI as a coping mechanism of educational duality by overcoming class differences, and work as an educational principle integrating human dimensions. We report the first decades of the XXI century in Brazil, when it issued Decree 5.154 / 04 (signaled the possibility of articulation between High School and Professional Education). Finally, we reaffirm the need for an integrated and flexible curriculum that allows a more comprehensive understanding of reality, and the dialogue between the dimensions of work, culture, science, the arts and technology
metadata.dc.description.resumo: Neste artigo, analisamos o trabalho como princípio educativo no contexto do Ensino Médio Integrado (EMI), refletindo sobre a sociedade capitalista atual e sua emergente necessidade de mão-de-obra especializada, e ao mesmo tempo alienada. Por isso questionamos: formamos os educandos apenas para atender as necessidades do capital? Na contramão de tal concepção pensamos o EMI como um mecanismo de superação da dualidade educacional pela superação das diferenças de classes, tendo o trabalho como princípio educativo integrando as dimensões humanas. Reportar-nos-emos às primeiras décadas do século XXI no Brasil, momento em que se promulgou o Decreto 5.154/04 (sinalizou a possibilidade de articulação entre Ensino Médio e Educação Profissional). Enfim, reafirmamos a necessidade de um currículo integrado e flexível que possibilite uma compreensão mais abrangente da realidade, que prime pelo diálogo entre as dimensões do trabalho, a cultura, a ciência, as artes e da tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/123456789/23170
ISSN: 2447-0783
Aparece nas coleções:CE - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
OTrabalhoComoPríncipio_2016.pdf232,5 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.