Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23235
Título: Levantamento florístico e potencial ornamental de plantas da restinga do Rio Grande do Norte, Brasil: subsídios para um paisagismo sustentável
Autor(es): Sousa, Valdeci Fontes de
Palavras-chave: APA Bonfim-Guarairas;Composição florística;Espécies nativas;Flora potiguar
Data do documento: 15-Dez-2016
Citação: SOUSA, Valdeci Fontes de. Levantamento florístico e potencial ornamental de plantas da restinga do Rio Grande do Norte, Brasil: subsídios para um paisagismo sustentável. 2016. 101f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: The dissertation includes the floristic survey of vascular plants in fragments of restinga of the Bonfim-Guarairas Environmental Protection Area, in the state of Rio Grande do Norte, Brazil, as well as the analysis and indication of native plants with ornamental potential and possibilities of its use in landscape projects. Initially, we present a general characterization of the Brazilian „restingas‟, the objectives and justification of the dissertation, which is structured in chapters. The chapter I provide a floristic survey of vascular plants occurring in Bonfim-Guarairas Environmental Protection Area, based on field collections, herbarium and bibliography. The results of this chapter include the recognition of 58 families, 131 genera and 169 species of which 23 are new occurrences for Rio Grande do Norte. The angiosperms were responsible for 166 species (98.2% of total), 125 genera (97.6%) and 55 families (94.8%) and three families (5.1%) were composed of monilophytes. Cyperaceae (11.8% of species), Poaceae (10.6%), Fabaceae (8.8%), Rubiaceae and Orchidaceae (4.7%) were the richest families in number of species. Also, the occurrence of the Orobanchaceae represented by Agalinis hispidula and Buchnera palustris is the first record for the family in the Rio Grande do Norte flora‟s. A broad distribution pattern was confirmed for most species, which also occur in adjacent biogeographic provinces, reinforcing the mixed origin of restinga flora. Aditionally, we found a predominantly autochoric dispersion pattern, followed by zoocoric. In chapter II we discuss the ornamental potential of native plants from restinga of Rio Grande do Norte, based on the analysis of their aesthetic characteristics. A list of plants with their scientific name family, habit, aesthetic characteristics, and possible use in landscaping is provided. The results show a total of 25 species grouped in 22 genera and 16 families with ornamental potential. Convolvulaceae (3 spp.), Apocynaceae, Araceae, Cactaceae, Chrysobalanaceae and Rubiaceae (2 each) are highlighted for their aesthetic characteristics. Most of the species (17; 81%) are endemic to Brazil and two (Aspilia procumbens and Melocactus violaceus) are endangered. In chapter III we present and discuss the ornamental potential of the genus Justicia (Acanthaceae) for the Paraíba flora. Dichotomous key for identification of species found in that state, in addition to a new occurrence, Justicia thunbergioides, followed by taxonomic commentaries, are also presented.
metadata.dc.description.resumo: A dissertação compreende o levantamento florístico de plantas vasculares em fragmentos de restinga da Área de Proteção Ambiental Bonfim-Guarairas, no estado do Rio Grande do Norte, Brasil, na análise e indicação de plantas nativas com potencial ornamental e possibilidades de uso em projetos paisagísticos. Apresenta-se inicialmente uma caracterização geral das restingas brasileiras, do objetivo e da justificativa da dissertação, que segue estruturada em capítulos. O capítulo I apresenta um levantamento florístico das plantas vasculares ocorrentes em um trecho da APA Bonfim-Guarairas, com base em coletas de campo, consulta de herbário e literatura e discussão de aspectos fitogeográficos e ecológicos, na tentativa de se compreender melhor a composição de tais comunidades. Como resultados deste capítulo destaca-se o reconhecimento de 58 famílias, 131 gêneros e 169 espécies das quais 23 são novas ocorrências para o Rio Grande do Norte. As angiospermas foram responsáveis por 166 espécies (98,2% do total), 125 gêneros (97,6%) e 55 famílias (94,8%) enquanto que as monilófitas incluíram três famílias (5,1%). Registrou-se pela primeira vez a ocorrência da família Orobanchaceae para a flora Potiguar, representada por Agalinis hispidula e Buchnera palustris. A maioria das espécies tem padrão de distribuição amplo, uma vez que ocorrem em províncias biogeográficas adjacentes, confirmando uma origem diversificada e generalista para a flora das restingas, e um padrão de dispersão predominantemente autocórico, seguido pelo zoocórico. No capítulo II, é apresentado o potencial ornamental de plantas nativas de restinga do Rio Grande do Norte, com base na análise de características estéticas. É apresentada uma lista de plantas com nome científico, família, hábito, características estéticas e possibilidade de uso em paisagismo. Os resultados mostram um total de 25 espécies com potencial ornamental, distribuídas em 22 gêneros e 16 famílias. Convolvulaceae (3 spp.), Apocynaceae, Araceae, Cactaceae, Chrysobalanaceae e Rubiaceae (2 cada) foram as que mais de destacaram. A maioria das espécies indicadas, 17 (81%), é endêmica do Brasil e duas (Aspilia procumbens e Melocactus violaceus) são consideradas ameaçadas de extinção segundo o Ministério do Meio Ambiente. No capítulo III é apresentado o potencial ornamental das espécies do gênero Justicia (Acanthaceae) para a flora da Paraíba. Uma chave dicotômica para identificação das espécies encontrada no referido estado, além de uma nova ocorrência, (Justicia thunbergioides) e comentários taxonômicos.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/23235
Aparece nas coleções:PPGCF - Mestrado em Ciências Florestais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ValdeciFontesDeSousa_DISSERT.pdf2,63 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.