Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23447
Title: Efeitos da incorporação de areia reciclada de resíduos de construção e demolição (RCD) em argamassas mistas de revestimento
Other Titles: Effects of the incorporation of recycled sand of construction and demolition waste (CDW) in mixed coating mortars
Authors: Ferreira, Ruan Landolfo da Silva
Keywords: Resíduos de construção e demolição;Agregado reciclado;Argamassas de revestimento;Composição granulométrica
Issue Date: 31-Mar-2017
Citation: FERREIRA, Ruan Landolfo da Silva. Efeitos da incorporação de areia reciclada de resíduos de construção e demolição (RCD) em argamassas mistas de revestimento. 2017. 149f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: O processo de construção, reforma e demolição, pode ocasionar significativos problemas ao meio ambiente, devido a extração de matérias primas e a destinação inadequada dos resíduos gerados. Em especial os resíduos de construção e demolição (RCD) que, comumente correspondem a mais da metade dos resíduos sólidos urbanos, tem como principais destinos, terrenos baldios, margens de estradas e rios, acarretando sérios impactos ambientais, sociais e econômicos. Atualmente, a reutilização de agregados reciclados (AR), especialmente de composição mista, é estudada em menor grau, quando comparado aos AR de concreto. Com isso, por não possuir alternativas para sua utilização, uma grande quantidade desse tipo de AR é armazenada pelas usinas. Nesse sentido, buscou-se analisar a viabilidade técnica e econômica da utilização de AR com diferentes composições granulométricas e em condição lavada, à níveis de substituição de 25, 50, 75 e 100% do agregado natural (AN), na produção de argamassas mistas de revestimento. Para a produção das argamassas, utilizou-se cimento CP II Z-32, cal CH-I e uma proporção em volume de 1:1:6, cujo teor de água foi determinado para as misturas alcançarem uma consistência de 260 mm. Inicialmente, analisou-se as propriedades físicas, químicas, mineralógicas e microestruturais dos agregados e da fração de finos (<0,15 mm). Buscando avaliar a viabilidade técnica das argamassas foram caracterizadas no estado fresco, por meio dos ensaios de consistência, retenção de água, densidade de massa e teor de ar incorporado. E no estado endurecido, a resistência à compressão, resistência à tração na flexão, módulo de elasticidade dinâmico, absorção por capilaridade, absorção por imersão, resistência de aderência e fissuração. Foi utilizado o custo para produzir 1 m³ de argamassa visando avaliar a viabilidade econômica. Constatou-se, que as argamassas com AR, independentemente de sua composição granulométrica ou condição, apresentaram maior consumo de água, menor densidade de massa e teor de ar incorporado, assim como adequada capacidade de retenção de água. No estado endurecido, as argamassas que possuíam AR com a presença de finos, apresentaram maior resistência, maior módulo de elasticidade e menor porosidade e permeabilidade. No entanto, o desempenho dos revestimentos frente ao potencial de aderência ao substrato e a quantidade de fissuras, foi inferior, confirmando a premissa de que a utilização de AR com finos não é indicada para a produção de argamassas de revestimento. Quanto a viabilidade econômica, ao incorporar o AR, o custo para produzir 1 m³ de argamassa diminui. No entanto, admite-se que é viável a utilização de AR para a produção de argamassas de revestimento, especialmente quando se dispõe de agregados com adequada composição granulométrica, isentos de finos e em condição lavada.
Abstract: The construction, reform and demolition process can cause significant problems to the environment due to the extraction of raw materials and an inadequate disposal of the waste generated. In particular, construction and demolition wastes (CDW), which commonly correspond to more than half of urban solid waste, have as main destinations, vacant lots, roadsides and rivers, causing serious environmental, social and economic impacts. Currently, a recycling of recycled aggregates (RA), especially of mixed composition has been studied to lesser extent when compared to RA of concrete. Therefore, because it does not have alternatives for their use, a large amount of this type of RA is stored by plants. In this sense, the aim of this research is to analyze the technical and economic viability of the use of RA with different grain size and washed condition compositions, at 25, 50, 75 and 100% substitution levels of the natural aggregate (NA), in the production of mixed mortars. For the production of mortars, CP II Z-32 cement, lime CH-I and a volume ratio of 1:1: 6 were used. Water content was adjusted to mixtures with a consistency of 260 mm. Initially, the physical, chemical, mineralogy and microstructural properties of the aggregates and the fines fraction (<0.15 mm) were analyzed. Seeking to assess the technical feasibility of mortars were characterized fresh, through consistency tests, water retention, bulk density and entrained air content. And in the hardened state, the compressive strength, flexural tensile strength, dynamic modulus of elasticity, water absorption by capillarity, immersion absorption, adherence strength and susceptibility to cracking. The cost of production of 1 m³ of mortar was used for an assessment of economic feasibility. It was showed that, as mortars with RA, regardless of their size distribution or condition, presented higher water consumption, lower bulk density and incorporated air content, as well as water retention capacity. In the hardened state the mortars had RA with the presence of thin, had higher resistance, higher modulus and lower porosity and permeability. However, the performance of the mortar coverings to the potential of adhesion to the substrate and a number of cracks has been lower, confirming a premise that the use of RA with fines is not indicated for coating mortars. As for the economic feasibility, to incorporate RA, the cost to produce 1 m³ of mortar decreases. However, it is recognized that the use of RA for the production of coating mortars is feasible, especially when aggregates with adequate size distribution are available, without fines and in washed condition.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23447
Appears in Collections:PPEC - Mestrado em Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RuanLandolfoDaSilvaFerreira_DISSERT.pdf5.25 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.