Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23458
Título: Sensoriamento remoto e análise de conteúdo no estudo da ocupação humana, dados de precipitação e morfodinâmica costeira na praia de Ponta Negra, Natal/RN
Título(s) alternativo(s): Remote sensing and content analysis applied to the study of human occupation, precipitation data and morphodynamics on the beach of Ponta Negra, Natal/RN
Autor(es): Silva, Rafael Victor de Melo
Palavras-chave: Ciências climáticas;Análise espaço-temporal;Análise de correspondência;Erosão costeira;Tribuna do Norte
Data do documento: 24-Fev-2017
Referência: SILVA, Rafael Victor de Melo. Sensoriamento remoto e análise de conteúdo no estudo da ocupação humana, dados de precipitação e morfodinâmica costeira na praia de Ponta Negra, Natal/RN. 2017. 151f. Dissertação (Mestrado em Ciências Climáticas) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Abstract: Man has always sought to install his infrastructure of occupation, defense and survival near the Coastal Zones. Ponta Negra Beach, located in the south of the city of Natal, Rio Grande do Norte, illustrates well the process practiced by the man of land occupation, through the exploitation of natural resources, often causing changes in the landscape with deforestation, the practice of cuts and landfills for urbanization, speculation of the price of land and the installation of numerous economic activities along the beach. The dynamics of the occupation of Ponta Negra caused favorable conditions to the growing erosive process that generated physical damages to the boardwalk of this beach. This research aims to build an integrated analysis of the coastal zone of the beach of Ponta Negra, Natal. In this sense, the present study is composed of two distinct articles, in which the first one is dedicated to identify the morphological changes of the beach of Ponta Negra from 1969 to 2016. The values of sedimentary volume of the morphological profile used were collected locally in the period of 12 months (2012/2013). In the identification of the previous features were considered aerial photographs by the Cruzeiro do Sul Air Service in 1969. In addition, the most recent features were exported from the software Google Earth PRO. We used the technique of remote sensing, digital image processing in Geographic Information System (GIS). The second article seeks to draw a profile on human occupation and coastal events on the beach of Ponta Negra, based on the reports published in the journalistic collection of the Tribuna do Norte from 1950 to 2016. It is considered that the collection from the journal can be an informational source that portray, albeit partially, an overview of the important events that have occurred over time in a region of a city where information is often non-existent. Furthermore, to construct this profile, the content analysis technique was used to classify five categories of integrated coastal analysis: human occupation, meteorological events, uses, public policies and socioeconomic pressures. The correspondence analysis was also performed in order to associate the categories considered in the study. Additionally, the news classified as "meteorological events" reported by the Journal were qualitatively related to the rainfall accumulation observed according to the Meteorological Station records of the National Meteorological Institute located at the Federal University of Rio Grande do Norte. The result of erosion monitoring in the beach profile and the accumulated monthly rainfall has a negative correlation. As for the main results of the first article, it is pointed out that the process of evaluation of the coastal features showedthat in 1969 the urban spot represented 16.4% of the total space cut and in 2016 more than 60%. This asserts the hypothesis that the destruction of environmental protection features has potentiated the erosive process. The other classes showed a decrease of area as opposed to the urban spot. In the vegetation class, there is a decrease from 37.2% to 13.6% and this composition is responsible for the fixation of the unconsolidated sediments. The results of the second article showed that throughout the analyzed period, there was an increase in the number of news stories published by the Journal. This increase in news about Ponta Negra Beach is initially noticed from the 70s, when the beach is always included in the media considered in the study. Differences in the subject of publications are also seen when comparing the first moment of the study (Years 50 and 60) and the end of the study (Years 2000). The initial focus of the media was primarily on "use and form of occupation". In contrast, the focus of the news in the most recent years (Years 2000) have come to highlight the so-called "meteorological events". This change in the focus of the news is possibly related to the increasing importance of discussion on climate change in the world and that over the years has strongly influenced journalistic content.Finally, in addition, there have been erosive events that have destroyed vast parts of the boardwalk from the beach of Ponta Negra.
Resumo: O homem sempre buscou instalar sua infraestrutura de ocupação, defesa e sobrevivência próxima das Zonas Costeiras. A Praia de Ponta Negra, localizada ao Sul da cidade de Natal/RN, ilustra bem o processo praticado pelo homem de ocupação das terras por meio da exploração de recursos naturais, muitas vezes causando alterações na paisagem mediante o desmatamento, a prática de cortes e aterros para urbanização, especulação do preço da terra e da instalação de numerosas atividades econômicas ao longo da praia. A dinâmica da ocupação de Ponta Negra causou condições favoráveis ao crescente processo erosivo que gerou danos físicos ao calçadão desta praia. Esta pesquisa tem como objetivo construir uma análise integrada da zona costeira da praia de Ponta Negra em Natal/RN. Nesse sentido, o presente estudo é composto por dois artigos distintos, em que o primeiro se dedica a identificar as modificações morfológicas da praia de Ponta Negra, no período de 1969 a 2016. Os valores de volume sedimentar do perfil morfológico utilizados foram coletados in loco no período de 12 meses (2012/2013). Na identificação das feições pretéritas foram consideradas fotografias aéreas obtidas pelo Serviço Aéreo Cruzeiro do Sul, em 1969 e imagens recentes do Google Earth Pro. No processamento das imagens empregou-se técnicas de processamento digital de imagens e Sistemas de Informações Geográfica (SIG). O segundo artigo busca traçar um perfil sobre a ocupação humana e eventos costeiros na praia de Ponta Negra, tomando como base as notícias veiculadas no acervo jornalístico da Tribuna do Norte, no período de 1950 a 2016. Considera-se que o acervo de um jornal pode ser uma fonte informacional que retrata, ainda que parcialmente, um panorama dos importantes eventos ocorridos ao longo do tempo. Isto numa região de uma cidade onde informações são, muitas vezes, inexistentes. Na construção do perfil utilizou-se a técnica da análise de conteúdo, classificando em cinco grandes categorias a análise costeira integrada: ocupação humana, eventos meteorológicos, usos, políticas públicas e pressões socioeconômicas. Também realizou-se a análise de correspondência com intuito de associar os anos considerados no estudo das categorias de classificação. Adicionalmente, as notícias classificadas como “eventos meteorológicos” noticiados pelo Jornal foram relacionados qualitativamente ao acumulado de precipitação conforme os registros da Estação Meteorológica do Instituto Nacional de Meteorologia, localizada na Universidade Federal do Rio Grande do Norte. O resultado do monitoramento da erosão no perfil praial e a precipitação mensal acumulada traz uma correlação negativa. Quanto aos principais resultados do primeiro artigo, ressalta-se que o processo de avaliação das feições costeiras resultou que em 1969 a mancha urbana representava 16,4% da área de e mais de 60% em 2016. Esse dado corrobora com a hipótese de que a destruição das feições de proteção do ambiente potencializou o processo erosivo. As demais classes apresentaram diminuição de área, ao contrário da mancha urbana. Na classe vegetação ocorre diminuição de 37,2% para 13,6% de cobertura vegetal e esse quadro seria responsável pela não fixação de sedimentos inconsolidados. Os resultados do segundo artigo demonstraram que durante todo o período analisado, houve um aumento no número de notícias veiculados pelo Jornal. Esse acréscimo de notícias sobre a Praia de Ponta Negra é, inicialmente, notado a partir dos anos 70, momento a partir do qual a praia em tela passa a despontar no noticiário da mídia impressa. Percebe-se também diferenças nos temas das publicações ao se compara o primeiro momento do estudo (Anos 50 e 60) e o final do estudo (Anos 2000). no primeiro momento o foco da mídia era primordialmente quanto ao “uso e forma de ocupação”. Nos anos mais recentes (Anos 2000) o foco passou a evidenciar os “eventos meteorológicos”. Essa mudança de foco deve, possivelmente, ter relação com o crescimento das discussões em torno da mudanças climáticas no mundo, que, com o passar dos anos, tem influenciado fortemente o conteúdo jornalístico. Finalmente, ainda verificou-se eventos erosivos que vieram a destruir partes extensas do calçadão da praia de Ponta Negra.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23458
Aparece nas coleções:PPGCC - Mestrado em Ciências Climáticas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
SensoriamentoRemotoAnálise_Silva_2017.pdf11,46 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.