Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23466
Título: Exercício aquático com dupla-tarefa para pacientes com doença de Parkinson avançada
Autor(es): Assis, Gilmara Gomes de
Palavras-chave: Parkinsonismo;Exercício físico;Controle motor;α-sinucleionopatia
Data do documento: 11-Nov-2016
Citação: ASSIS, Gilmara Gomes de. Exercício aquático com dupla-tarefa para pacientes com doença de Parkinson avançada. 2016. 41f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: Aim: to evaluate the effect of 4 weeks of aquatic walking with dual-motor task on motor function of severe Parkinson Disease patients. Method: Twelve PD patients were divided into exercise (EG=7) and control (CG=5) groups. The EG completed 12 sessions of 30 min walking into deep water while executing dual-task, at moderate intensity, during 4 weeks with motor function (Unified Parkinson Disease’s Rate Scale III and Senior Fitness Test) measures taken before and after this period. Normality and homogeneity of variances were checked by Shapiro-Wilk and Lavene’s test respectively. Data of parametric variable are presented in mean and SD as well as in median and interquartile range for non-parametric variable. Data from the SFT was normalized by logarithmic transformation. Independent t test was used to compare parametric variables of the sample characterization, and Mann-Whitney U test, for non-parametric. ANOVA Split-splot (2x2) with Bonferroni’s post hoc was applied for comparison inter and intra-groups of all dependent variable. Size effect was calculated by Eta squared (η 2 p ) and Cohen’s d, with a significance of p<0,05. Results: PD patients yielded significant improvement of motor function pre-post exercise, with a moderate effect (p>0,001; d=0,44). Bradykinesia (p=0,001), agility (p=0,001) and postural balance (p=0,04) also expressed significant changes individually. Conclusion: Regular aerobic exercise with cognitive-motor interference stimuli may counteract the motor symptoms of PD neurodegeneration.
metadata.dc.description.resumo: Objetivo: Avaliar o efeito do exercício de dupla-tarefa em meio aquático sobre a função motora de pacientes com doença de Parkinson avançada (2-3 H&Y). Método: Em um ensaio clínico controlado, 12 pacientes da Neuroclínica do Hospital Universitário Onofre Lopes - UFRN foram distribuídos nos grupos exercício (GE; n=7) e controle (GC; n=5). Os participantes do GE foram expostos à 12 sessões com 30 min de caminhada em água funda com dupla-tarefa, durante 4 semanas. O GC permaneceu em rotina sedentária. A função motora foi avaliada a partir da Escala Unificada da DP – Motor (UPDRS-III), e dos testes de força de membros superiores e inferiores, e de agilidade da bateria Senior Fitness Test (SFT), antes e após a intervenção. A normalidade e a homogeneidade das variâncias foram verificadas através dos testes de Shapiro-Wilk e de Levene, respectivamente. Os dados de capacidade física foram normalizados por transformação logarítmica. As variáveis paramétricas e não paramétricas foram comparadas através do Teste t independente, e do Teste U de Mann-Whitney, também utilizados para a caracterização da amostra. ANOVA mista de medidas repetidas, com post hoc de Bonferroni para comparações entre e intra-grupos das variáveis dependentes. O tamanho do efeito foi calculado pelo eta quadrado parcial (η2p) e pelo d de Cohen. Foi utilizado nível de significância de p<0,05. Resultados: Houve diferença significativa pré pós-intervenção na função motora geral, com um efeito moderado sobre GE em relação ao GC (p>0,001; d=0,44). Uma melhora significativa também foi observada na agilidade e equilíbrio dinâmico (p=0,001), assim como na estabilidade postural (p=0,04) no parametro individual de bradicinesia (p=0,001) dos pacientes expostos ao exercício. Conclusão: O exercício promoveu efeito positivo no desempenho de capacidades neuromotoras envolvidas nos processos degenerativos da DP, importante para a melhor execução de tarefas funcionais como a marcha, precocemente comprometida pela doença.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23466
Aparece nas coleções:PPGEF - Mestrado em Educação Física

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
GilmaraGomesDeAssis_DISSERT.pdf1,64 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.