Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23486
Título: Argumentação e ensino de escrita no ensino fundamental: uma proposta de intervenção
Autor(es): Oliveira, Juciana Soares de
Palavras-chave: Competência argumentativa;Sequência argumentativa;Artigo de opinião
Data do documento: 16-Dez-2016
Citação: OLIVEIRA, Juciana Soares de. Argumentação e ensino de escrita no ensino fundamental: uma proposta de intervenção. 2016. 163f. Dissertação (Mestrado Profissional em Letras - Profletras/CN) - Centro de Ensino Superior do Seridó, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: The aim of this research is to look into the linguistic-discursive traces from the argumentative competence in an opinion article written text of 9th grade students in Ensino Fundamental of a public school in the city of Fortaleza/ Ceará. As for the specific aims, this research intends firstly to make an comparative analysis of two versions from ten opinion article texts written by these students, indentifying difficulties related to the lack of one or more steps from the argumentative prototype proposed by Adam (2011) and, secondly, to perform an pedagogic mediation with the aim of making the students to follow that argumentative prototype in their texts, assisting them to develop their writing skills. In theory, this research is based in five key areas: first in the sociodiscursive approach, in which the discursive gender is understood in the Bakhthin’s dialogical perspective of language (1992). Second in the Theoretical-Methodological proposal of the didactic sequence proposed by Dolz and Schneuwly (2004). Third in the Rhetoric notion stablished since the Classical Antiquity up to the appearance of the New Rhetoric present in Perelman’s and Olbrechst-Tyteca’s studies (1996), that, nowadays, are studied by the Pragmatic and also connected to the central thesis of Ducrot’s thought (1977, 1980, 1987). Fourth, in the concept of textual sequences implemented by Adam (2011), and finally in the assumption that conceives the writing ability as a processual practice, according to Flower and Hayes (1980), Serafini (2004) and Passarelli (2001). For the methodology, this is a action-research (Thiollent, 1996) according to the approach of qualitative data as established by Bodgan and Bikten (1996). The use of the didactic sequence gave us the opportunity to observe the students developing their writing skills and producing articles with much more confidence, in which were used higher levels of arguments that were more significant in the social problem solving. Beside that, the didactic sequence also gave them the ability of being more proactive and ethical in their texts.
metadata.dc.description.resumo: O objetivo desta pesquisa é investigar a competência argumentativa de alunos de uma turma de 9º ano do Ensino Fundamental de uma escola municipal de Fortaleza/ Ceará, a partir da produção escrita de artigos de opinião. Quanto aos objetivos específicos, este trabalho propõe-se a realizar uma análise comparativa de duas versões de dez artigos de opinião produzidos por esses alunos, identificar dificuldades relacionadas à ausência de uma ou mais fases da sequência argumentativa prototípica proposta por Adam (2011) e aplicar uma intervenção pedagógica com a finalidade de que essa sequência prototípica se efetive nos textos dos alunos, contribuindo, assim, para a melhoria da escrita argumentativa. Teoricamente, o trabalho fundamenta-se em uma abordagem sociodiscursiva, os gêneros do discurso são compreendidos na perspectiva dialógica da linguagem de Bakhtin (1992) e na execução da proposta teórico-metodológica de sequência didática proposta por Dolz e Schneuwly (2004). Além disso, recorremos à noção de Retórica, desde a antiguidade clássica até o surgimento da Nova Retórica presentificada nos estudos de Perelman e Olbrechts-Tyteca (1996), que, na atualidade, foi assimilada pelos estudos da Pragmática e conectada às teses centrais do pensamento de Ducrot (1977, 1980, 1987). Também ancoramo-nos no conceito de sequências textuais proposto por Adam (2011), assim como nos pressupostos que concebem a produção escrita como prática processual, conforme Flower e Hayes (1980), Serafini (2004) e Passarelli (2001). Em termos metodológicos, trata-se de uma pesquisa-ação segundo Thiollent (1996), com abordagem de dados de natureza qualitativa, conforme estabelecem Bodgan e Biklen (1996). A aplicação da sequência didática possibilitou-nos observar que os alunos passaram a escrever artigos de opinião mais elaborados, com níveis de argumentação mais significativos, conseguindo, inclusive, posicionarem-se de forma mais reflexiva e crítica diante de questões sociais discutíveis. Além disso, ao defendermos o argumentar como ação linguística de maior importância, acreditamos que, por meio da intervenção proposta, conseguimos contribuir para que os alunos envolvidos tivessem a oportunidade de exercer os papéis sociais do argumentar e contra-argumentar por meio da adoção de uma postura pró-ativa e ética em seus textos.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23486
Aparece nas coleções:PROFLETRAS - CN - Mestrado Profissional em Letras

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JucianaSoaresDeOliveira_DISSERT.pdf5,06 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.