Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23494
Título: O portfólio como gênero discursivo desvelador das vozes de professoras tecelãs
Autor(es): Lima, Maria José Cavalcante de
Palavras-chave: Portfólio;Formação docente continuada;Gênero discursivo;Elaboração didática do GESTAR II
Data do documento: 22-Fev-2017
Citação: LIMA, Maria José Cavalcante de. O portfólio como gênero discursivo desvelador das vozes de professoras tecelãs. 2017. 153f. Tese (Doutorado em Estudos da Linguagem) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Resumo: From the language conception produced by the Bakhtin Circle, this doctoral research aims to analyze utterances produced by teachers in continuing education in the Gestar II, having the portfolio discursive genre as a catalyst for unveiling process of weavering female teachers. It was held with participants of the School Learning Education Programme – GESTAR II, Continuing Teacher Education Program, offered by the Ministry of Education- MEC, the semipresent mode which is intended for teachers of 6th to 9th grade of elementary school, in Portuguese language. It is intended to understand, from the selected utterances to the corpus, as the teacher underwent by the process of continuing teaching Education Gestar II has didactically mobilized, updated, built and prepared knowledge in everyday situations in the classroom, especially in regard the teaching, writing and language conception. Further, the aim is to realize which impacts the GESTAR II can provide to the pedagogical practices of Portuguese teaching in the classroom. In thesis, we analyze the discursive practices on the portfolio genre from Bakhtinian concepts, dialogism and social voices, present in utterances that embody the knowledge of teachers. In addition to having as reference the dialogic theory of language, the utterance and discursive genre concepts by Bakhtin and his circle (1992), Villas Boas’ portfolio approach (2005) and Halté (1998) on the phenomenon of the Didactic Preparation. In a broader view, we approach the Continuing Teaching Education based on Nóvoa (2009). In the analysis, we interpret five portfolios, trying to understand how the positions of the teachers appear in the texts. From this research, we have understood that there is a fragility in the didactic preparation of teachers and some gaps in the ownership of the portfolio genre, because in writing the teachers there is little reflection and dialogue between what was seen in the course of continuing education or initial training and their practices in the classroom.
metadata.dc.description.resumo: Partindo da concepção de linguagem produzida pelo Círculo de Bakhtin, esta pesquisa de doutorado tem como objetivo analisar enunciados produzidos por professoras em formação continuada no âmbito do Gestar II, tendo o gênero discursivo portfólio como catalisador do processo de desvelamento das vozes de professoras tecelãs. Realizada com participantes do Programa Gestar da Aprendizagem Escolar – GESTAR II, Programa de Formação Docente Continuada, oferecido pelo Ministério da Educação - MEC, na modalidade semipresencial, destinado aos professores do 6º ao 9º ano, do Ensino Fundamental, em Língua Portuguesa. Pretende-se compreender, a partir dos enunciados selecionados para o corpus, como a professora que passou pelo processo de formação docente continuada do Gestar II mobiliza, atualiza, constrói e elabora didaticamente conhecimentos em situações cotidianas de sala de aula, principalmente, no que concerne à concepção de linguagem, de ensino e de escrita. Busca-se, também, perceber no portfólio, como esse curso de formação continuada, o GESTAR II, influencia às práticas pedagógicas do ensino de Língua Portuguesa em sala de aula. Na tese, analisam-se as práticas discursivas, sobre o gênero portfólio a partir dos conceitos bakhtinianos de dialogismo e vozes sociais presentes em enunciados que materializam o conhecimento das professoras. Além de ter como referência a teoria dialógica da linguagem, as concepções de enunciado e de gênero discursivo de Bakhtin e seu círculo (1992), a abordagem de Villas Boas (2005) sobre portfólio e de Halté (1998) sobre o fenômeno da Elaboração Didática e numa visão mais ampliada, abordamos a Formação Docente Continuada com base em Nóvoa (2009). Na análise, interpretamos cinco portfólios, procurando entender a forma como os posicionamentos das professoras aparecem nos textos. Apreende-se dessa pesquisa que, tornar-se professora tecelã é saber elaborar didaticamente os conteúdos em sala de aula, reconhecer que o erro faz parte do processo de formação inicial e continuada do professor; que o registro escrito, tanto das vivências pessoais como das práticas profissionais, é essencial para se adquirir maior consciência do seu trabalho e de sua identidade como professor; e que a teoria é indissociável da prática.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23494
Aparece nas coleções:PPGEL - Doutorado em Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MariaJoseCavalcanteDeLima_TESE.pdf8,04 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.